Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

PARADIGMA:

No description
by

Caroline Müller Wallauer

on 10 April 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of PARADIGMA:

PARADIGMA:
Consiste em um modelo, um padrão estabelecido influenciando nossa forma de ser e estar no mundo
Educação pública
Crianças estão sendo educadas para tomarem lugar na economia, e não mais para a vida. Com isso, não vêem o propósito de ir à escola. Há uma sobrecarga de informações passadas para elas com o objetivo de torna-las consumistas
Devemos pensar de forma diferente sobre a capacidade humana. Não somos uma indústria na qual o governo acha que pode nos separar devido às nossas atividades ou até mesmo devido à nossa habilidade acadêmica. Somos todos iguais, e sabemos que juntos somos melhores e podemos mudar as coisas, deixando um futuro melhor para todos que estão chegando ao mundo.
Em meio à tudo isso, surge a pergunta:

Para que educar os jovens?

No sistema em que estamos os jovens estão
sendo educados com ênfase para o trabalho, e isso pode ser
percebido na forma em que a escola está estruturada,
como por exemplo, cada idade em uma série, em cada série
tarefas diferentes, e assim por diante.
Há graves falhas institucionais.
Não há solução dos problemas da crise e mesmo assim
esse sistema interage com tudo e com todos.
Aquele que deveria nos proteger (o governo) acaba
servindo às coorporações, e estes têm como principal
objetivo o consumismo. Devido à isso, os recursos
naturais estão ficando escassos e as pessoas são
julgadas pela quantidade que compram e quanto
possuem de bens.
CAPITALISMO

Há a preocupação com a preservação
da natureza, na qual consiste o desenvolvimento
solidário (produção respeitando a natureza sem
ignorar nem rejeitar os avanços científicos e
tecnológicos, visando o bem estar do consumidor).
Neste sistema ocorre a valorização da AJUDA.
Desenvolvimento econômico e científico:
MUDANDO PARADIGMAS
Desenvolvimento capitalista e desenvolvimento solidário
O desenvolvimento capitalista envolve o grande capital
dos proprietários. Estes tomam decisões que
consequentemente afetam os trabalhadores. Esse
desenvolvimento não é para todos, ele é seletivo, e
portanto, o trabalhador acaba sendo excluído. As
virtudes de competição e individualismo estão neste desenvolvimento. Ao contrário do desenvolvimento
capitalista, o desenvolvimento solidário prega pela
cooperaçãoe ajuda mútua entre pessoas e firmas,
mesmo que estejam competindo no mercado. A ênfase
está em um desenvolvimento mais justo, repartindo
os benefícios e prejuízos de forma mais igual.
Desenvolvimento semicapitalista e semisolidário

Uma maior flexibilidade possibilita o desenvolvimento
solidário nas empresas, e assim, os trabalhadores podem
ter a oportunidade de participar de sua condução.
O principal segredo para isso é a cooperação entre
as empresas.
No sistema capitalista quem mais sofre é o trabalhador, principalmente em tempos de desemprego ou corte de
salários.
CONTINUANDO A TRILHA...

DESBRAVAMENTO 2

Qual são as principais características da sociedade atual, na qual vivemos e convivemos? Ela é perpassada principalmente por qual paradigma de desenvolvimento? De que forma os diferentes conceitos e paradigmas de desenvolvimento contribuem para a constituição de determinadas sociedades? (Industrial, da Informação, do conhecimento, em Rede)?

Características das sociedades
* a sociedade de produção se voltou para a sociedade de CONSUMO
* as sociedades se individualizaram, mas, mesmo assim, todos dependem de todos
* é necessária a criação de sua própria identidade...

O mundo pós-moderno: a condição social
* chegamos muito perto do que agora entendemos ser os limites da suportabilidade do planeta
* o Estado não tem poderes suficientes para manter as promessas que fizeram aos cidadãos, oferecendo cada vez menos a todos, e, com isso, as pessoas estão com dúvidas em relação à democracia, se ela realmente é boa.
O mundo pós-moderno: a condição do indivíduo
* comunidade: precede você; você nasce em uma
* rede: feita e mantida viva por duas atividades diferentes (CONECTAR e DESCONECTAR)
* consequência: as redes minam os laços humanos
* organização da escola e sua estrutura localizada em um paradigma de sociedade industrial
* há grandes expectativas na sociedade da informação, porém, não se sabe como transformar essas informações em conhecimento
* informações mais acessíveis porém não há aumento da qualidade da educação
"falar da sociedade da informação não é falar da sociedade do conhecimento"
* a sociedade em rede pode, ou não, possibilitar se chegar em uma sociedade do conhecimento
GLOBALIZAÇÃO

1ª globalização: se caracterizou pela ocupação territorial
2ª globalização: marcada pela fragmentação dos continentes
Século XX: marcado pelas revoluções (tecnológicas)
3 mundos em um só
1º: o mundo tal como nos fazem ver ( a globalização como fábula)
2º o mundo tal como ele é (a globalização
como perversidade)
3º o mundo como ele pode ser (uma outra globalização)
Humanidade dividida em dois grupos
* o grupo dos que não comem;
* o grupo dos que não dormem com receio dos que não comem.

Há aumento das revoltas contra aqueles que não cumprem com as promessas que fazem ao povo.
Consequências da Globalização
exploração da mão de obra
desemprego
aumento da pobreza
classes médias perdendo em qualidade de vida
baixa do salário médio
fome
desabrigo
Centro do mundo :
DINHEIRO
DESBRAVAMENTO 3:
Que diferenciações você estabelece entre o conceito de Técnica e Tecnologia? E entre Tecnologia Convencional e Tecnologia Social? Como esses conceitos estariam, de certa forma, vinculados com os paradigmas de desenvolvimento, com as sociedades e com a Educação?
Tecnologias sociais e convencionais: uma aproximação conceitual
- é imprescindível incorporar a tecnologia como um aspecto fundamental de nossos sistemas de convivência democrática
- a crescente absorção da ciência e tecnologia para as finalidades do lucro capitalista negou, na prática, a sua finalidade social

Uma aproximação ao conceito de Tecnologias Sociais (TSs)
* Em meio aos processos contraditórios decorrentes da globalização do mercado dirigido por poderosas corporações, ressalta-se o amplo leque das tecnologias de informação e comunicação (TICs)
* Vivemos hoje o desafio de passarmos da sua compreensão como ferramenta, para uma análise que consiga perceber que elas, além de meios, determinam novos modos de ser, de se relacionar, de se organizar.
* os empreendentos solidários passaram a ser vistos como motor das tecnologias sociais, inclusive por serem participantes da geração das mesmas


* Um critério para avaliar se a tecnologia é social ou não, é o resultado que gera em termos de sentido e transformação social
“Tecnologia Social compreende produtos, técnicas e/ou metodologias reaplicáveis, desenvolvidas na interação com a comunidade e que represente efetivas soluções de transformação social”.
Algumas características ou tendências das Tecnologias Convencionais (TCs)
Uma das suas principais características é o direcionamento da inovação pelos princípios do lucro a ser apropriado pelos empresários, acirrar a competição intercapitalista.

Em síntese, a TC tende a ser:
* poupadora de mão-de-obra, possui elevada escala de produção numa visão de
progresso ilimitado;

* tende a ser ambientalmente insustentável; utiliza intensivamente insumos sintéticos produzidos por grandes empresas cada vez mais oligopolizadas e concentradas nos
países ricos;

* cresce pela cadência progressiva na ampliação do consumo de alta renda
estimulando o consumismo exacerbado de uma parcela da população.

* desestimula a renovação ou o desenvolvimento de tecnologias inclusivas que poderiam satisfazer necessidades básicas da maioria da população.

* exerce pressão sobre os governos para barganhar investimentos em benefício privado inibindo o investimento em infra-estrutura capaz de beneficiar a sociedade como um todo.
Tecnologias socias, desenvolvimento e educação
Na construção de uma econômia solidária, a TS abre um caminho para a ciência assuma os problemas vinculados à pobreza e à exclusão como um desafio científico e tecnológico
As TSs propõe-se a resgatar o sentido original e universal de economia: o suprimento e a gestão da “casa” com o essencial para o bem viver (ACOSTA, 2010).
Um desenvolvimento justo, solidário e sustentável
centra-se nas pessoas e no seu ambiente, apoiando-se numa democracia participativa, também econômica, que prioriza processos de inclusão solidária (DOWBOR, 2008).

Rede de Tecnologia Social
Estamos sentados sobre paradigmas falidos e, portanto, condenados a criar novos paradigmas
Precisamos de um Estado enxuto porém proativo (na econômia, no social, consciente dos perigos)
Deve-se ter acesso :
* à terra;
* à capacitação;
* à assistência técnica permanente;
* à créditos preferênciais;
* organizado aos mercados;
* às tecnologias apropriadas para o caso.

Tecnologias devem :
ser intensivas no conhecimento e na mão de obra
ser poupadoras dos recursos escassos e financeiros
ajudar a população
Quando as tecnologias mostram seu valor, elas consequentemente vão aumentar de preço
Devemos ter a ambição de estimular a INVENÇÃO
A cultura digital possibilita a maior democratização em termos das informações e, por esse caminho, a educação pode se valorizar, partilhando conhecimentos e divulgando novas experiências em questões inovadoras
DESBRAVAMENTO 4...
Quais as influências e mudanças ocasionadas pelo uso das TD (tecnologias digitais) no mundo contemporâneo, em especial na educação?
As tecnologias ocasionam mudanças na vida social e natural (espaço); ela mudou nosso modo de comunicação, nosso pensamento, nossas percepções, memória, etc.



Os conhecimentos se renovam a cada dia e logo depois já estão fora de uso em uma velocidade incrível;

Os setores de trabalho estão mais conectados com a
tecnologia.
O que antes era feito por mãos humanas, hoje é
feito através de máquinas computadorizadas.


MUDANÇAS OCASIONADAS PELO USO DAS TD NA EDUCAÇÃO
As transformações se deram na forma de ensinar, de aprender e na estrutura física da escola.
A tecnologia digital permite que haja uma "quebra" com relação ao ambiente escolar, assim podemos ter acesso ao ensino através de outros meios.
Isso ocorre devido a facilidade
de acesso à tecnologia.
Os computadores mudaram a forma de fazer
pesquisa e o pensamento do pesquisador...
CIBERCULTURA
* possibilidade de ampliar a leitura e produzir conteúdo, publicando-os e "juntando" opiniões semelhantes aquelas que foram escritas
DESBRAVAMENTO 5
Quais são as questões éticas implicadas no contexto das TD na relação com a Sociedade e a Educação? Quais as implicações éticas em relação à delegação de poder para as tecnologias digitais de automatização?
VAMOS AOS CONCEITOS...
* ÉTICA :
é um conjunto de valores morais e princípios que norteiam a conduta humana na sociedade. A ética serve para que haja um equilíbrio e bom funcionamento social, possibilitando que ninguém saia prejudicado.
(Fonte:http://www.suapesquisa.com/o_que_e/etica_conceito.htm)
* IINTERNET DAS COISAS:
se refere a uma revolução tecnológica que tem como objetivo conectar os itens usados do dia a dia à rede mundial de computadores. Cada vez mais surgem eletrodomésticos, meios de transporte e até mesmo tênis, roupas e maçanetas conectadas à Internet e a outros dispositivos, como computadores e smartphones.
(Fonte:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2014/08/internet-das-coisas-entenda-o-conceito-e-o-que-muda-com-tecnologia.html)
* SUSTENTABILIDADE:
capacidade do ser humano interagir com o mundo, preservando o meio ambiente para não comprometer os recursos naturais das gerações futuras.
(Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Sustentabilidade)
* AUTOMATIZAÇÃO:
Processo ao qual o homem deixa de executar as suas tarefas, passando a utilizar máquinas.
(Fonte:http://www.dicionarioinformal.com.br/automatiza%C3%A7%C3%A3o/)
* UBIQUIDADE:
dom de estar ao mesmo tempo em vários lugares
(Fonte:http://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/ubiquidade)
* UBIQUIDADE NA WEB:
se refere à presença direta e constante da informática e tecnologia no dia a dia das pessoas.
(Fonte:http://www.internetinnovation.com.br/blog/glossario/ubiquidade-na-web-entenda-esse-conceito/)
Educação tradicional e educação ubíqua
A aprendizagem ubíqua é aquela que está disponível em qualquer momento, e que melhor ainda, pode ser coletiva e compartilhada.
Com a chegada dos novos meios de comunicação e o acesso fácil aos aparelhos móveis, por parte das crianças, a escola acabou perdendo sua comunicação em massa.

A escola deve aproveitar ao máximo as mídiasisponíveis, para assim complementar suas finalidades.
Haverá uma época em que tudo em nossa vida estará conectado; nossa própria casa se organizará para cumprir tarefas designadas por nós, e assim, não vamos precisar colocar a "mão na massa".
Full transcript