Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Gestalt: identifica o fenômeno mas não explica como e porque

No description
by

Rodrigo Caron

on 12 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Gestalt: identifica o fenômeno mas não explica como e porque

Gestalt: identifica o fenômeno mas não explica como e porque acontecem.
Sistema de reconhecimento de padrões:
1) reconhecimento de partes: características
2) reconhecimento de configurações : global
Prosopagnosia – danos em um sistema de configurações

A arvore que caiu na floresta: James Gibson (1979)
Objeto distal: objeto
Meio informacional: propagação reflexa
Estimulação proximal: recepção nos sentidos
Percepção: reflexo do mundo externo

Estudo dos movimentos sacadicos – adaptação sensorial necessária a formação perceptual
Variação de estímulos e essencial para a percepção, o que a torna algo complexo.

Daltonismo – vermelho e verde (sensorial)
Protanotopia: vermelho – ondas comp longas
Protanomalia: forma menos severa
Deuteronopia: verde – ondas medias
Tritanopia: ondas curtas – azuis e amarelos
Monocromatismo de bastonetes: Daltonismo puro

Aquinetopsia: perda seletiva da percepção do movimento.

Teoria computacional: Três passos:
Recepção sensorial – 2d
Conversão primaria em esboço 2 1/2D
Elaboração em 3D (relações interespaciais).

Em geral as teoria explicam parcialmente fenômenos da percepção de formas e padrões. Não há teoria abrangente.

De baixo para cima (dados ou estímulos) .
Teoria da percepção direta: a configuração
em nossos receptores
sensoriais, incluindo o contexto sensorial,
e tudo o que precisamos para
perceber. Não e necessário processos
cognitivos superiores.
Teoria baseada em moldes: memória de p
adrões – reconhecemos um
padrão comparando-o com nosso conjunto
de moldes.
Teoria dos protótipos: representativo de um
modelo, mas não se pretende
uma correspondencia precisa ou identica.corr
espondenciareconhecimento
de faces (identikits), melhor explicação sobre
percepção das configurações
.

Profundidade
: Distancia de uma superfície, em geral, usando seu
próprio
como superfície de referencia.
Pistas monoculares: 2D – 1 olho: gradientes de textura, tamanho relativo, interposição, perspectiva linear, perspectiva de área, localização do plano da figura, paralaxe de movimento.
Pistas binoculares: 3D, convergência binocular, disparidade binocular – objeto menor + afastado.

conjunto de processos pelos quais reconhecemos, organizamos e entendemos as sensações e recebemos dos estímulos ambientais.(Sternberg 2008)
Não percebemos o que esta la
Percebemos o que não esta la
Percebemos o que não pode estar la
Aquilo que sentimos(sentidos), não e necessariamente o que percebemos (mente)

Psicologia Cognitiva
Rodrigo Luiz Caron

Teoria da descrição
estrutural: (reconhecimento por componentes-RPC);
reconhecemos
rapidamente objetos ao observar suas cunhas e depois decompor esses objetos em geons




Teoria das características: tentamos estabelecer características de um padrão e características armazenadas na memória, em lugar de associar um padrão inteiro a um padrão ou a um protótipo

Gestalt: estruturalista x holística – percepção da forma: o todo difere da soma das partes.
Lei da Gestalt de Pragnanz: concisão: tendemos a perceber uma figura focal e as outras sensações como se formassem um fundo para a figura em foco.
Figura- fundo: o que destaca x o que esta recuado no fundo.
Proximidade: grupos próximos
Semelhança: agrupamento por semelhança
Continuidade: formas que fluem x formas interrompidas
Fechamento: fechamento de objetos incompletos
Simetria: imagem especular


Representação centrada no observador (ponto de vista): individuo armazena a forma como o objeto lhe parece. (diferenciação de categorias)
Representação centrada no objeto:individuo armazena uma representação do objeto, independente de sua aparência ao observador.(decomposição do objeto)


Constancia de Forma: percepção de que um objeto mantém a mesma forma, apesar das mudanças na forma do estimulo proximal. NΨ – cortex extraestriado


Top - Bottom

Teorias com base em percepção inicial de cima para baixo (processos cognitivos complexos, experiência previa).
Teoria da percepção construtiva: (percepção inteligente – teste de hipóteses) quem percebe, constrói uma representação(percepção) do estimulo, usando informações sensoriais como base para a estrutura, alem de usar outras fontes de informação para construir a percepção.
Tres fatores:
o que recebemos pelos sentidos, o que conhecemos
o que inferimos.

Quando a percepção de um objeto permanece igual, mesmo que a sensação proximal do objeto mude (Gillam, 2000).
A Constancia de tamanho: o objeto mantêm o mesmo tamanho, apesar das mudanças no tamanho do estimulo proximal.
Ponzo Muller-Lyer

3M UM D14 D3 V3R40, 3574V4 3U N4 PR414, 0853RV4ND0 DU45 CR14NC45 8R1NC4ND0 N4 4R314. 3L45 7R484LH4V4M MU170, C0N57RU1ND0 UM C4573L0 D3 4R314 C0M 70RR35, P4554R3L45 3 P4554G3NS 1N73RN45. QU4ND0 3575V4M QU453 4C484ND0, V310 UM4 0ND4 3 D357RU1U 7UD0, R3DU21ND0 0 C4573L0 4 UM M0N73 D3 4R314 3 35PUM4. 4CH31 QU3, D3P015 D3 74N70 35F0RC0 3 CU1D4D0, 45 CR14NC45 C41R14M N0 CH0R0, M45 40 CON7R4R10, C0RR3R4M P3L4 PR414 D3 M405 D4D45, FUG1ND0 D4 4GU4, 3 R1ND0 C0M3C4R4M 4 C0N57RU1R 0U7R0 C4573L0.
C0MPR33ND1 QU3 H4V14 4PR3ND1D0 UM4 GR4ND3 L1C40: G4574M05 MU170 73MP0 D4 N0554 V1D4 C0N57RU1ND0 4LGUM4 C0154 3 M415 C3D0 0U M415 74RD3, UM4 0ND4 P0D3R4 V1R 3 D357RU1R 7UD0 0 QU3 L3V4M05 74N70 73MP0 P4R4 C0N57RU1R, E QU3 QU4ND0 1550 4C0N73C3R, 50M3N73 4QU3L3 QU3 73M 45 M405 D3 4LGU3M P4R4 53GUR4R, 53R4 C4P42 D3 50RR1R!
S0 0 QU3 P3RM4N3C3 3 4 4M124D3, 0 4M0R 3 0 C4R1NH0. 0 R3570 3 F3170 D3 4R314 !

Compreendi
Em um dia de verão, estava eu na praia, observando duas crianças brincando na areia. Elas trabalhavam muito, construindo um castelo de areia com torres, passarelas e passagens internas. Quando estavam quase acabando, veio uma onda e destruiu tudo, reduzindo o castelo a um monte de areia e espuma. Acuei que depois de tanto esforço e cuidado, as crianças cairiam no choro, mas ao contrário, correram pela praia de mãos dadas, fugindo da água, e rindo começaram a construir outro castelo.

que havia aprendido uma grande lição: gastamos muito tempo da nossa vida construindo alguma coisa e mais cedo ou mais tarde, uma onda poderá vir e destruir tudo o que levamos tanto tempo para construir, e que quando isso acontecer, somente aquele que tem as mãos de alguém para segurar, será capaz de sorrir!

Só o que permanece é a amizade, o amor e o carinho. O resto é feito de areia!


Sensação e Percepção
Full transcript