Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Estrutura das Comunidades - Níveis Tróficos

No description
by

monica paelo

on 9 May 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Estrutura das Comunidades - Níveis Tróficos

Estrutura das Comunidades - Níveis Tróficos
Estrutura - Comunidades
Compreender como as comunidade variam de lugar para lugar é o primeiro passo para compreender os processos que influenciam a estrutura e o funcionamento dos sistema ecológicos
Estrutura - Comunidades
O número de espécies que uma comunidade possui revela sua estrutura
Profª Mônica Paêlo
Teia Alimentar
Teia Alimentar
Complexidade da teia alimentar
Relações de alimentação
Riqueza
Maior riqueza = mais níves tróficos
Uma riqueza de espécie crescente, associa-se a uma crescente complexidade da teia alimentar
Consumidor-Chave
O nº de espécies em um nível trófico pode depender do consumo pela espécie que se encontra em níveis tróficos mais altos.
Consumidor-Chave
Consumidores capazes de manter a diversidade entre as espécies de recurso, influenciando a estrutura da comunidade
Teia Alimentar
As relações de alimentação descrevem a estrutura de uma comunidade e tem efeitos profundos na riqueza de espécies, produtividade e estabilidade da comunidade
Relação
Riqueza
Relações de alimentação na teia
?
O número de conexões por espécie independe da riqueza da comunidade
Consumidor-Chave
As relações de alimentação podem afetar a riqueza de espécies na comunidade
A riqueza de espécies aumenta a complexidade da teia
Consumidor-Chave
Consumidores capazes de manter a diversidade entre as espécies de recurso, influenciando a estrutura da comunidade
moluscos
cracas
mexilhões
lapas
Pisaster
Estudo conduzido por Robert Paine
Remoção da estrela-do-mar
Diminuição da quantidade de presas de 15 para 8 espécies
Perda de diversidade
Domínio pela presa primária da estrela do mar (mexilhão Mytilus)
Diminuição da complexidade da comunidade
Várias ilhas florestais de pequeno tamanho
Macacos
Iguanas
Espaço insuficiente para predadores de grandes herbívoros
Macacos: de 20 - 40/ km2 para 1000/km2
Formigas: 1 colônia/4ha para 7 colônias/ha
Regenaração de árvores
200 - 400 plântulas/500m2 para 39 caules/500m2
Algas
Caracóis
Vermes
Aumento na densidade de algas
Mudança na composição
Aves marinhas
Raposa
Material fecal
Mudança na fertilidade do solo
Mudança na paisagem
Mudança na comunidade de plantas
Aves gramíneas
Efeitos na Teia
As relações consumidor-recurso são determinantes na organização das comunidades
Efeitos diretos
Os efeitos de um predador sobre os indivíduos ou mesmo populações de suas presas são relativamente lineares
Efeitos indiretos
Efeito de um predador sobre espécies ligada mais remotamente na teia alimentar
Cascata Trófica
Os efeitos indiretos da interaçao consumidor-recurso avançam para níveis tróficos adicionais de uma comunidade
Controle top-down: níveis tróficos mais altos determinam os tamanhos dos níveis abaixo
Controle bottom-up: o tamanho do nível trófico é determinado pela taxa de produção de seu recurso
A adição de um quarto nível trófico resulta numa cascata trófica conectando todos os níveis numa comunidade

Efeito Top-Down
Os níveis tróficos mais altos determinam os tamanhos dos níveis abaixo deles
Efeito Bottom-up
O tamanho do nível trófico é determinado pela taxa de produção de seu recurso alimentar
Full transcript