Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A importância da Informática na Educação

No description
by

Fatima Weber Rosas

on 24 August 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A importância da Informática na Educação

Qual o papel da escola na preparação dos alunos para enfrentarem um mundo cada vez mais informado e informatizado?
Como escapar do uso do computador e dos recursos da informática na educação como meros transmissores de informações, sem modificações no processo de ensino?
Redes sociais- novas formas de pensar: pensamento complexo , em rede
trabalho em equipe
Qual o papel do professor? Transmitir informações ou mediar o processo de construção do conhecimento?
Qual o papel do aluno? Ser passivo para
receber as informações ou ser ativo na
construção do conhecimento?
professor e aluno como ativos no processo de ensino e de aprendizagem...
O professor acompanha, facilita, é mediador, intervém, propondo situações desafiadoras e não é mero transmissor, detentor único do saber.
...construindo juntos o conhecimento
através das Tecnologias
da Informação e Comunicação (TIC's)
aprender a conhecer
aprender a fazer
aprender a ser
aprender a conviver
"Nessa sociedade global baseada na informação, é necessário considerar seriamente o papel das novas ferramentas e plataformas pelas quais a informação transita, porque sem dúvida alguma elas constituem O FATOR CENTRAL DA MUDANÇA." (Sacristán, 2011, p.67).
Vivemos na Era da Informação caracterizada pela primazia do valor da INFORMAÇÃO sobre a matéria-prima. (Riegel, 2007 citado por Sacristán, 2011).
A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO

NUTED/UFRGS
Créditos:
Produção de Fátima Weber Rosas
NUTED/UFRGS
"Como deveríamos chamar estes “novos”
alunos de hoje? Alguns se referem a eles
como N-gen
[Net] ou D-gen [Digital]. Porém a
denominação mais utilizada que eu
encontrei para eles é Nativos
Digitais". (PRENSKY, 2001)
Na Era Digital, com o uso da internet, surgem novas formas de arte, como o sampling, o remix e outros. (PALFREY E GASSER, 2011)
Com a criatividade digital, será que as novas formas de criar irão substituir as antigas, como escrever um conto, uma poesia utilizando lápis e papel ou pintar um quadro numa tela? (PALFREY e GASSER,2011)
Referências:

.
ASSUMPÇÃO, Cristina Mattos. O público infantil e juvenil e a EAD. In.: LITTO, Frederic e FORMIGA, Marcos. Educação a Distância: o estado da arte. Vol.2. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012.
DELORS, Jacques. Educação: um tesouro a descobrir. UNESCO, 1996.
FECHINE, Joseana Macêdo e QUEIROZ, José Eustáquio Rangel de. Informática na Educação. Evolução e Tendências. Apresentação Power Point. (s/d).
PALFREY, John e GASSER, Urs. Nascidos na era digital: entendendo a primeira geração de nativos digitais. Tradução de Magda França Lopes. Porto Alegre: Artmed, 2011.
PRENSKY, Marc. Nativos Digitais, Imigrantes Digitais. Tradução de Roberta de Moraes Jesus de Souza. In.: De On the Horizon. NBC University Press, Vol.9, Nº 5, Outubro 2001.
SACRISTÁN, José Gimeno [et al.]. Educar por Competências.
O que há de novo? Tradução de Henrique Lucas Lima. Porto Alegre: Artmed, 2011.
[...] a era digital transformou o modo como as pessoas vivem e se relacionam [...]. Algumas pessoas mais velhas estavam ali no início,
os Colonizadores Digitais [...]
(PALFREY e GASSER, 2011)
Como orientar os jovens a respeito da sobrecarga e da qualidade das informações?
Cuidados: Com a violência virtual; com a pirataria e o plágio;
Segundo Palfrey e Gasser (2011) pais e educadores podem e devem se esforçar mais para canalizar o interesse dos Nativos Digitais pela mídia interativa.
Na Era da Informação a principal atividade econômica consiste na aquisição, na análise e na comunicação de informação. Nesse contexto, ocorre o advento das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC).
Os Nativos Digitais:
(ASSUMPÇÃO, 2012)







- Aprender a automotivar-se: cuidar com softwares que oferecem recompensa - não aprendem o valor do esforço em si.
Preocupações sobre a
influência da tecnologia
no ensino fundamental apontados
por Jane Healy, Alan November,
Sherry Turkle e Larry Cuban:
(ASSUMPÇÃO, 2012)
- Aprendizagem social: Maior confiança no computador, substituindo a ajuda humana;
- Aprender a usar todos os sentidos (o uso exclusivo ou em demasia do computador restringe e descontextualiza experiências de integração sensorial);
- Aprender a prestar a atenção: problemas com a atenção seletiva - o foco muda toda a vez que a tela muda;
- Deficiências de memorização e visualização: o computador assume o papel da visualização e memorização;
- Aprendizagem lógica deficiente quando o computador é usado de maneira errada: raciocínio a partir de ações físicas que elas mesmas podem controlar;
- gostam de receber informações
rapidamente e não passo a passo;
- preferem as imagens antes
ou junto com textos;
- sua aprendizagem é
não linear (hipertextual);

- gostam de trabalhar
conectados;

- adoram jogar;
- preferem gratificações
instantâneas;
http://lstn.to/2Kke
Carga Horária: 6 horas

Evolução e Tendências

Profs.: Joseana Macêdo Fechine
José Eustáquio Rangel de Queiroz

{joseana, rangel}@dsc.ufcg.edu.br

Informática na Educação

Informática na Educação

Instrucionismo x Construcionismo
(PAPERT, 1986)
O aluno constrói algo usando o computador
(o computador como máquina para ser ensinada)
"[...] não deve ser desvinculado de valores, aproveitando-se o próprio ambiente para ensinar a lidar bem com a convivência no meio virtual" (ASSUMPÇÃO, 2012, p.157)
Full transcript