Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Pinho.TRDV

No description
by

Ana Pinho

on 11 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Pinho.TRDV

pinho.aoliveira@gmail.com Transplantação Renal de Dador Vivo:
Relato de Um Caso Avaliação Pré-transplante Transplante Seguimento Pós - Transplante Discussão Conteúdos Ana Pinho Dr. Belmiro Parada Mestre Pedro Nunes Urologia e Transplantação Renal Hospitais da Universidade de Coimbra Olá Ana Pinho Objectivo
Considerações introdutórias
Apresentação do caso:
Avaliação Pré-Transplante;
Transplante;
Seguimento Pós-Transplante.
Discussão
Conclusão Seguimento de um caso de Transplantação Renal de Dador Vivo Aprofundar conhecimento relativamente a esta temática IRC Doença Renal Crónica Terminal Terapêutica Substitutiva
da Função Renal Hemodiálise Transplantação
Renal Diálise
Peritoneal Crescente
número
de
IRC Transplantação Renal de Dador Vivo Terapêuticamais efectiva Crescente
número de
orgãos de
cadáver Escassez
de
orgãos pinho.aoliveira@gmail.com Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, EPE Sobrevivência Qualidade de vida Custo - efectividade KALBLE T et al 2009
LEVEY AS et al 2011
KANELLIS J 2010
MCDONALD SP et al 2002 ASST - Colheita e transplantação (http://www.portaldasaude.pt/) SPNefrologia
(Relatório anual 2011) Caso De Estudo História Pregressa Dador Vivo Mãe, 48 anos
HLA "mismatches": 2
Imunossupressão de indução

Rim esquerdo na fossa ilíaca direita Disfunção crónica do enxerto Setembro de 2011 Hemodiálise Março de 2012 DPCA 36 anos
84 Kg
172 cm
IMC 28.39 Kg/cm2 DADORA RECEPTOR Transplantação Renal de Dador Vivo Superiores taxas de sucesso Menor período em programa dialítico Selecção dos dadores Imunossupressão pré-transplante Programação e optimização do procedimento cirúrgico Menor tempo de isquémia fria Aspecto emocional KALBLE t et al 2009
CAMERON JI et al 2000
ANDREONI KA et al 2007 Elegibilidade do candidato Despiste de doença maligna Serologia vírus e bactérias Avaliação da função cardíaca Causa cardíaca frequentemente implicada na morte de doentes com enxerto funcionante; CHANG SH et al 2007
REGISTO PORTUGUÊS DE TRANSPLANTAÇÃO RENAL 1980-2011, SPNEFRO Risco peri-operatório;

Doente com longa história de doença renal e tempo acumulado em diálise. KALBLE T et al 2009 Estudo arterial periférico Avaliação da Dadora Cintigrafia Renal Angio - TC Renal Compatibilidade do par Tipagem "HLA" com total de 5 "mismatches" "Cross-match" de linfócitos por CDC e Citometria de Fluxo Nefrectomia Laparoscópica Técnica de eleição Esclarecimento da vascularização renal Escolhido rim com anatomia vascular mais favorável Rim esquerdo
por maior cumprimento da veia GIBBONS N et al 2012 Procedimento dificultado na presença de artérias renais múltiplas HSU TH et al 2003 Analgesia necessária Tempo de hospitalização Cicatriz mínima Retorno precoce às actividades laborais Imunossupressão NICHOLSON ML et al 2012
SEGEV DL 2012 Dose suficientemente alta para evitar eventos de rejeição Dose suficientemente baixa
para evitar
toxicidade Balanço
da
Sobrevivência Escassez de estudos de acompanhamento a longo prazo dos dadores Curto período de seguimento do caso de estudo Compatibilidade Biópsia Renal Março 2009 Fibrose Intersticial
e
Atrofia Tubular IF/TA
Grau II/III Banff 2007 Investigação Analítica Hemograma
Hemostase

Bioquímica sangue
Ionograma
Provas Função Renal
Provas de Função Hepática
Fórmula Lipídica

Sumária da Urina
Sedimento Urinário
Doseamentos Urina 24h
Bacteriologia Urina

Electroforese de proteínas

Serologia: Vírus/ Bactérias/
Parasitas Angio- TC Renal Radiografia do Tórax Cintigrafia Renal Electro e ecocardiograma Ecografias Abdominal/Renal/Vesical 34 anos
67 Kg
164 cm
24,91 kg/cm2
1,73m2 36 anos
84 Kg
172 cm
28,39 Kg/cm2
1,97m2 Sistema AB0 Rh Fenotipagem antigénios "HLA" Cross-match de linfócitos: negativo Quatro de Dezembro de 2012 NEFRECTOMIA LAPAROSCÓPICA Iconografica recolhida no dia do transplante Iconografica recolhida no dia do transplante TRANSPLANTE TACROLIMUS 17MG

ÁCIDO MICOFENÓLICO 360 MG

PREDNISOLONA 20MG IMUNOSSUPRESSÃO ESQUEMA DE INDUÇÃO Timoglobulina (ATG) - 5dias

Ácido Micofenólico

Tacrolimus

Corticosteroide Consideravel número de recursos

Vasta equipa multidisciplinar em articulação permanente Minimizar a acção dos que podem ser modificáveis TRANSPLANTAÇÃO RENAL DE DADOR VIVO:
RELATO DE UM CASO GRATA PELA ATENÇÃO "Trabalhar na transplantação é quase sempre um acto de paixão, recompensado pelos frequentes sucessos clínicos(...)" Fernando Macário
Presidente da Sociedade Portuguesa de Transplantação "Quando soube que havia a possibilidade de contribuir para que o meu marido tivesse melhor qualidade de vida, logo me disponibilizei a doar o rim. Emocionalmente sinto-me feliz e fisicamente muito bem" Testemunho da dadora "Após o transplante tenho melhor qualidade de vida tanto a nível familiar como social e profissional. Sinto-me mais activo e dinâmico no meu dia-a-dia" Testemunho do receptor KALBLE T et al 2009
SUA X et al 2004
GEBELA HM et al 2003 KALBLE T et al 2009
ALEXANDRE S et al 2006
TORAISHI T et al 2012
Full transcript