Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Barroco

No description
by

Jessica de Castro

on 12 August 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Barroco

Expressões artísticas
Contexto histórico
photo credit Nasa / Goddard Space Flight Center / Reto Stöckli
BARROCO
Teocentrismo
Antropocentrismo
DEUS COMO CENTRO
O homem como centro
Deus como centro
O homem como centro
- Contrarreforma
- Unificação da península Ibérica-Portugal sob domínio da Espanha por 60 anos
-Desaparecimento de Rei Sebastião: mito do Sebastianismo
Contraste entre claro e escuro
- Luz e trevas
- Grande expressividade do rosto das pessoas
- sem auréolas, ainda que o tema fosse religioso
PINTURA
Rembrandt

Caravaggio

Velázquez

Manoel da Costa Ataíde
Pintores
Intensidade dramática
- dualidade entre a fé e o antropocentrismo
Escultura
preenchimento com detalhes
luxo
abundância
ouro, gesso, mármore, madeira
Arquitetura
Muitos ornamentos, forte apelo à emoção
Música
Vivaldi
Haendel
Bach
angústia espiritual: dualismo entre a fé católica e o antropocentrismo
Literatura
Céu
espírito
religiosidade
místico
terra
carne
erotismo
sensualidade
Cultismo X Conceptismo


Gongorismo raciocínio lógico
Preocupação com a forma retórica
linguagem rebuscada arte do bem falar
culta
jogo de palavras
figura de linguagem
metáfora antíteses
Estilos
Antítese
Paradoxo
Metáfora
Hipérbola
Prosopopéia
Metonímia
Figuras de Linguagem
Se és fogo, como passas brandamente?
Se és neve, como queimas com porfia?

Vista por fora é pouco apetecida
Porque aos olhos por feia é parecida;
Porém, dentro habitada
É muito bela, muito desejada,
É como a concha tosca e deslustrosa,
Que dentro cria a pérola formosa.

incêndio em mares de água disfarçado;
rio de neve em fogo convertido.

É a vaidade, Fábio, nesta vida,
Rosa, que da manhã lisonjeada,
Púrpuras mil, com ambição dourada,
Airosa rompe, arrasta presumida.

No diamante agradou-me o forte, no cedro o incorruptível, na águia o sublime, no Leão o generoso, no Sol o excesso de Luz.
Barroco em Portugal

Full transcript