Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Paleobio Aula 8 Bach

No description
by

Paulo Asfora

on 22 June 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Paleobio Aula 8 Bach

Amniota
Diapsida
Relembrando...
Era Mesozóica
Triássico
Jurássico
Cretáceo
251 a 65 m.a.,
Limite inferior: extinção em massa do Permiano,
Limite superior: extinção em massa do Cretáceo.
Fragmentação da Pangeia
Surgimento das angiospermas
Domínio dos dinossauros
Presença de aves
Presença de mamíferos
Formação do Mar de Tétis,
Diversificação das gimnospermas,
Diversificação dos Diapsida.
Fragmentação da Gondwana
Diversidade de angiospermas
Grande diversidade de répteis terrestres e marinhos.
Disciplina de Paleobiologia
Aula 8

Prof. Paulo Asfora
paulo.asfora@gmail.com
Aviale (Aves)
Primeiras aves retinham muitas características ancestrais:
Presença de dentes,
Braços/asas tão longos quanto as pernas,
Caudas longas, com até 25 vértebras

E algumas novidades:
Voo batido e penas assimétricas,
Hálux opositor que permite agarrar,
Cérebro aumentado em relação aos demais Theropodes,

Ex.
Archaeopteryx lithographica, Rahonavis ostromii
Evolução de Crocodilomorfos e Aves
Origem e evolução
Crurotarsi
Crocodilos gigantes persistiram muito tempo depois dos dinossauros,
Purussaurus brasilienses,
do Mioceno, teria medido de 11 a 12 metros de comprimento e altura de 2,5 metros.
Pescoço alongado e móvel em forma de S.
Pé com três dedos voltados para frente e um para trás,
Postura digitígrada (dedos suportanto o peso do corpo).
A junta do tornozelo forma-se entre os ossos tarsais (uma junta intertarsal) no lugar de uma junta entre os tarsos e a tíbia+fíbula,
Ossos ocos, pneumáticos.
• Fúrcula (osso da sorte) formada pela fusão das clavículas,
• Fusão do osso esterno.
Aves e Dromeosauros
Estrutura do punho permitia flexões laterais e giros,
Permitiu usar as mãos para agarrar a presa,
Maniraptora
: Dromeosaurus + Aves
Aves: movimento do punho para gerar ascenção durante o vôo,
Dromeosauros mais derivados: articulação do ombro com maior liberdade de movimento,
Fossa glenóide orientada lateralmente em vez de ventralmente,
Permite movimentar os membros peitorais para cima e para baixo,
Origem dos movimentos que as aves utilizam para bater suas asas
Penas presentes em praticamente todos os Dromeosauros
Aves e Theropoda
Penas
Filamentos simples de 1 a 5 centímetros de comprimento em
Sinosauropteryx
e
Sinornithosaurus
.

Caudipteryx
e
Protoarcheopteryx
apresentam filamentos aglomerados em tufos,
Caudipteryx
e
Photoarchaeopteryx
também apresentam penas com vexilo (penas de contorno):
Caudipteryx:
penas de contorno no segundo dedo da mão, (remiges nas aves modernas) e em tufo na cauda,
Protoarchaeopteryx:
plúmulas no corpo e na cauda e um leque de penas de contorno simétricas na cauda.
Origens das penas:
Como os ancestrais das aves mudaram a função de seus membros peitorais e penas para asas?
Quais as forças seletivas envolvidas?
Como foi a transição dos dinossauros emplumados terrestres para os voadores?

Origens do Voo
Evolução das penas
Therizinosauro:
Beipiaosaurus
,
Dromaeosauro:
Sinornithosaurus
e
Microraptor
Alvarezsauro:
Shuvuuia
Cinco tipos de penas nas aves atuais:
Cerdas
: formados apenas pela ráquis
Plúmulas
: tufos de estruturas finas semelhantes a pelos, irradiando de uma raiz basal,
Filoplumas
: uma ráquis longa com um tufo de barbas na ponta,
Semiplumas
: Ráquis+barbas flexíveis
Penas de contorno
: Penas típicas, com uma ráquis e barbas rígidas em ambos os lados
Archaeopteryx lithographica
Árvores pra baixo
Ancestrais de
Archaeopteryx
eram trepadores arborícolas saltadores,
Estruturas que aumentassem a precisão e distância seriam favorecidas,
Evolução: Saltador - planador - estágios intermediários - voadores plenos
Dromeosauro Chinês:
Microraptor gui
, com penas nos membros dianteiros e traseiros e um tufo de penas na extremidade da cauda
Chão pra cima
Dromeossauros eram predadores terrestres bípedes,
Então o vôo batido evoluiu a partir de corredores bípedes,
O braço e o ombro mostram que
Archaeopteryx
e Dromeosauros usavam os membros dianteiros para capturar as presas,
As asas teriam evoluído como redes para capturar insetos
Ou auxiliado nos saltos sobre a presa e nos pousos.
Proporções do esqueleto semelhantes às de aves voadoras
Mesmo número de rêmiges primárias e secundárias das aves atuais
Rêmiges assimétricas = nas aves voadoras atais
Fúrcula grande e esterno desenvolvido
Aves Primitivas
Os Aviale habitavam os Hemisférios Norte e Sul, já no Cretáceo Inferior,
Em conjunto com a diversidade de formas, sugere-se que muito da evolução das aves ocorreu ainda no Jurássico.
Aves Modernas (Ornithurae)
Ichthyornithiformes:
voadoras, quilha bem desenvolvida no esterno, cauda e dorso curtos, com dentes

Hesperomithiformes:
Não voadoras, nadadoras e mergulhadoras com pés propulsores.

Neornithes:
Aves modernas, começam a diversificar no final do Cretáceo
Ave mais primitiva que se conhece,
Aviale= Archaeopteryx mais as aves atuais (Neornithes)
Descoberta em 1860, um ano após "A Origem das Espécies"
Cauda óssea longa, mão com três dedos com garras e dentes,
Penas assimétricas, fúrcula, esterno ossificado e asas bem desenvolvidas,
Penas da asa: rêmiges primárias (mão) e rêmiges secundárias (antebraço)
Penas assimétricas nas asas,
Vértebras cervicais e toráxicas e ossos do púbis com regiões ocas,
Pelo menos dois conjuntos de sacos aéreos (dos cinco das aves atuais),
Hálux curto voltado para trás.
Longa cauda óssea,
Narinas posicionadas mais para trás
Confuciusornis
e
Changchengornis









Sem dentes e com bico córneo,
Cauda com pigóstilo (vertebras caudais fusionadas),
Asa com três dedos com garras,
Corpo coberto de penas, com longas penas de voo nas asas,
Penas da cauda extendendo-se a partir do pigóstilo,
Alguns espécimes com duas longas penas na cauda
Cretáceo da Mongólia e América do Norte,
Pequenos (1.8 m), com membros alongados e mãos preensoras,
Crânio curto e profundo, sem dentes, poderosos músculos mandibulares,
Crista proeminete com uma grande cavidade nasal,
Provavelmente comia moluscos
Oviraptorsauros
A posição dos Oviraptores dentro de aves é muito controversa,
Apesar de já terem sido considerados aves, atualmente são tratados como Therópodes,
Porém, Maryanska et al.(2002), os recolocam entre as aves,
Eles compartilham diversas características com as aves:
Pré-maxila fusionada, articulação móvel no quadrado-jugal, 13 vértebras cervicais, mais de 8 vértebras sacrais e um pigóstilo,
Tem o crânio alto e cheio de forames, com um rostro muito curto e sem dentes.
Ichthyornithiformes
Hesperomithiformes
Neornithes
Phytosauria
Primeiros Crurotarsi,
Mandíbulas compridas, com as narinas em uma elevação óssea em frente aos olhos,
Parasuchus
, da Índia, tinha 2.5 m de comprimento e algumas adaptações para piscivoria
Suas mandíbulas eram repletas de dentes afiados entrelaçados
Rauisuchia
Grandes carnívoros do Triássico Superior,
Quadrupedes, alguns possivelmente bípedes,
Postosuchus
, do Texas, atingia 2-5m, e tinha um crânio alto e mandíbulas profundas, com dentes longos e curvos
Saurosuchus
, da Argentina, foi um dos maiores Rauisuchia, alcançando 6 ou 7m.
Crocodylomorpha
Os "verdadeiros" crocodilianos surgem no início do Jurássico,
Porém, alguns parentes próximos já apareciam no Triássico Superior,
Alguns destes parentes tinham formas que não pareciam crocodilos,
Desde o Triássico a maioria dos crocodilianos tem sido semiaquática,
No Terciário (Paleogeno) alguns grupos se tornaram completamente terrestres,
Na América do Sul, foram predadores de topo e competiram com aves e mamíferos
220 Myr
Crocodylia
Inclui os crocodilos marinhos e formas altamente terrestres,
Na América do Sul e África, algumas linhagens diminuiram de tamanho,
Os primeiros crocodilianos surgem no Jurássico Inferior,
Animais quadrupeddes de aprox. 1m
Membros anteriores menores que posteriores
Eusuchia
Surgem no Cretáceo Superior,
Distinguem-se por um palato secundário completo, formado pelos ossos maxilares, palatinos e pterigóides
Aves
Narinas localizadas na extremidade do focinho,
Palato secundário separando as passagens nasais da cavidade oral,
Envolvimento progressivo dos pré-maxilares, maxilares e pterigóides, no palato secundário, desde os Crocodylia da Era Mesozóica até as formas atuais,
Dobra de tecido na base da língua que veda a garganta
Cocodilianos modernos são semi-aquáticos, mas os Crurotarsi do Triássico incluíram muitas formas terrestres,
Eram animais alongados e esguios, do tamanho de um gato grande, e podem ter sido caçadores ativos
Phytosauria, do Triássico Superior, eram abundantes na fauna litorânea,
Crocodylia surge apenas no Jurássico,
O Cretáceo representou o clímax da evolução dos Crocodylia.
Proterosuchus
Arcossauro basal do início do Triássico
Parasuchus
Postosuchus
Saurosuchus
Saltaposuchus
Animal delgado,
50cm de comprimento
Crânio com dentes delgados e pontudos,
Mambros anteriores compridos, sugerindo bidedalismo
Sphenosuchus
Maior que Saltaposuchus,
1,5m comprimento
Corredor quadrupede ágil
Protosuchia
Protosuchus
Mesoeucrocodylia
Mesoeucrocodylia
Apresentam modificações no palato, caixa craniana e teto craniano
Metasuchia
Langstonia
Sebecus
Kaprosuchus
Neptunidraco ammoniticus
Metryorinchus
Sarcosuchus
Armadillosuchus
Deinosuchus
Purussaurus
Aves e Coelurosauros
Estágio 1
Estágio 2
Estágio 3
Estágio 4
Aves = Dinossauros
Ou seja...
As penas apareceram
antes do vôo
!
Regulação térmica,
Auxiliar na predação,
Comportamento sexual,
Comportamentos agonísticos,
Proteger os ovos no ninho
Aves incluem um grande número de vertebrados voadores, aprox. 9000 espécies viventes,
Archaeopteryx
, do Jurássico Superior, é tradicionalmente considerada a ave mais antiga,
Das 153 famílias de aves viventes, 134 tem representantes fósseis,
Ainda, há registro de 77 famílias extintas
As aves eram aparentemente raras durante o Cretáceo e passaram por grande diversificação durante o Cenozóico
Capacidade de voo
Podia voar 1,5 quilômetros, a 40 km/h
Provavelmente decolava correndo e batendo as asas,
Não podia pousar em árvores, nem executar voo lento
Não era muito ágil ou manobrável
Pousar podia ser um problema
Archaeopteryx
era uma
ave voadora
!
Rahonavis, Jeholornis:
Confuciusornithidae
Enantiornithes
Maioria das aves do Cretáceo,
Linhagem divergente das aves modernas.
40 ou mais espécies, distribuídas em todo o mundo,
Ocorrem principalmente em sedimentos de água doce,
Tronco e a cauda curtos = centro de massa anterior,
Punho curvava-se para trás,
Quilha desenvolvida no externo
Voo ativo, capazes de pousar em galhos,
Eoalulavis
possuia uma
álula
Maioria com dentes,
Gobipteryx
não tinha dentes
a) Enantiornis, b) Iberomesornis, c) Eoaluavis, d) Cratoavis
a
b
c
d
Corpo e pescoço alongados, cauda reduzida, pernas robustas,
Pés com dedos longos, provavelmente ligados por membrana,
Esterno sem quilha, asas extremamente reduzidas,
Sem ossos pneumáticos
Dentes no maxilar e dentário
Hesperornis
atingia mais de 1m de altura
Asas completamente desenvolvidas,
Quilha profunda no esterno,
Grandes mandíbulas com dentes,
Provavelmente mergulhavam para capturar peixes
Não apresentam dentes e podem ser identificados por caracteristicas do palato,
Tradicionalmente, irradiaram inteiramente no Triássico (Paleógeno),
Contudo,
Polarornis
, foi encontrado no Cretáceo Tardio, logo abaixo do limite superior,
Então...
Chão pra cima II
Aves atuais batem as asas em subidas íngremes,
Proto-aves podem ter feito isso para subir em locais protegidos ou ultrapassar obstáculos
Asas também ajudariam na descida
Resumo
Os
crocodilos
descendem de uma linhagem de
Arcossauros
, tendo surgido antes dos dinossauros e continuado a viver até bem depois deles,

Aves
são um
clado dentro de Dinosauria
e características como
penas, ossos ocos, sacos aéreos
e até mesmo o
voo planado

não são exclusivos do grupo
, tendo surgido também em outras linhagens de
Theropodas
.

Próxima aula:
Evolução dos Mamíferos
Como eram os dinos com penas?
Quem são as aves?
Full transcript