Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Psicologia Cognitiva

Slides da aula sobre Psicologia Cognitiva da disciplina Historia e Sistemas em Psicologia II
by

Frederico Guerreiro

on 19 January 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Psicologia Cognitiva

Psicologia Cognitiva
Como a Psicologia Cognitiva surgiu?
Principais áreas de interesse
Métodos e Técnicas da
Psicologia Cognitiva
Psicologia
Cognitiva
Percepção
Atenção
Através da atenção é possível que a mente selecione os estímulos recebidos, dando prioridade a uns enquanto outros são minimizados ou mesmo excluídos do processamento
Memória
Linguagem
Behaviorismo (séc. XX)
Estímulo
observado
Cérebro era uma caixa-preta, inacessivel.
Psicologia Cognitiva
Resposta
observada
Codificação
processo de entrada e registro inicial da informação
Evocação
capacidade de recuperar a informação registrada e armazenada, para posterior utilização por outros processos cognitivos (pensamento, linguagem, afeto, etc.).
Armazenamento
capacidade de manter a informação pelo tempo necessário para que, posteriormente, ela possa ser recuperada e utilizada

Hipocampo e Córtex

A codificação diz respeito à capacidade que o aparato cognitivo possui de captar a informação e mantê-la ativa por tempo suficiente para que ocorra o processo de armazenamento, segunda etapa da memória
Objeto de estudo: Comportamento.

Não reconheciam a importância dos
processos cognitivos
mediando o comportamento
Estímulo
Resposta
Organismo
O modelo se baseia em inferências.

Não possui capacidade preditiva.

Surgimento: Década de 1950 - 1970
Objeto de estudo
Estímulo
Resposta
Pesquisas do Laboratório de Processos Cognitivos
Método Experimental
Estudos de Casos
Diferenças em relação à idade em testes de recuperação livre: efeitos da metamemória e solidão
Porque o desempenho da memória decai com a idade?
Mudanças fisiológicas?
volume de massa cinzenta
fluxo sanguíneo
capacidade de ativação

Fatores subjetivos?
metamemória

Aspectos sociais?
rede de apoio social -> auto avaliações negativas
Hipóteses
Solidão
Experimentos controlados em laboratórios.
Simulações Computadorizadas

Idade
Metamemória
Idade
Solidão
Recuperação
Metamemória
Recuperação
Variáveis
Independentes
Variáveis
Dependentes
VI: Barulho
VD: Aprendizado
Coleta com jovens (18 a 28 anos) e adultos mais velhos (55 a 65 anos)
1ª etapa:
Mini Exame de Estado Mental (escores < 23)
Questionário de Metamemória
Inventário de Depressão de Beck (escores >30)
Contribuições da psicologia cognitiva na elaboração de Retratos Falados
Aplicações da Psicologia Cognitiva
2ª etapa
Teste de Recuperação
Escala de Solidão
Memória e Testemunhas Oculares
- O relato testemunhal sempre é sujeito a falhas, devido a inúmeros fatores relacionados à memória.

- Somente nos EUA estima-se que cerca de 75% das prisões injustas ocorrem devido a erros de testemunhas.


Diferenças individuais

Que fatores afetam a memória de testemunhas oculares?

Traumas

Sugestionabilidade

Estereótipos

Transitoriedade

Contribuições da Psicologia Cognitiva
Codificação
Evocação
Terapia Cognitiva
Aaron Beck
Publicidade e Marketing
Situação
Cognição
Reação
Psicologia Escolar
Investigações
Estudo 1
Tempo de retenção
Tipo de Crime
Porte de Arma
Tempo de Exposição
Estudo 2
Tempo de retenção
Carga emocional
Especificidade de codificação
Refere-se à capacidade de receber, interpretar e emitir informações para o ambiente.
Dentre as habilidades que caracterizam a espécie humana, a linguagem tem sido aquela mais apontada pela maioria dos autores

A rejeição dos modelos psicodinâmicos e ao questionamento de sua eficácia.

Aaron Beck questionou o modelo psicanalitico ao tentar verificar a hipótese da raiva retrofletida.
A psicologia cognitiva é aquele que estuda os processos de pensamento, a elaboração de idéias de informação, chamando essas elaborações, percepções e processamento de cognição.
Filosofia
que procura compreender a natureza geral de muitos aspectos do mundo, principalmente através da introspecção (intro-, “interno”, “dentro”; -specção, “observação”; exame das idéias e experiências internas);

o estudo científico das funções vitais mantenedoras da matéria viva, principalmente através de métodos empíricos (baseados na observação). Mesmo agora, os problemas levantados nesses dois campos de origem continuam a influenciar a maneira pela qual a psicologia cognitiva se desenvolveu.
Fisiologia.
Estruturalismo
Funcionalismo
Associacionismo: síntese integradora ( Pavlov, Ebbinghaus, Thorndike)
Behaviorismo: priorizar comportamento, evitar a mente
Behavioristas atrevem-se a espiar a caixa preta (Tolman (1932): E-O-R versus E-R), Bandura (1977).
Gestalt: compreendemos melhor quando olhamos o todo organizado e não as partes
Psicologia
Em 1959, o lingüista Noam Chomsky escreveu uma contundente revisão das idéias de Skinner. Em seu artigo, ele enfatizou o potencial criativo da linguagem - o número infinito de sentenças que podemos produzir com facilidade - , desafiando, ao mesmo tempo, as noções behavioristas segundo as quais aprendemos a linguagem por reforço.
Linguistica
Inteligência Artificial
Fundanda por John McCarthy, principal referência para hegemonia do chamado "modelo da representação".
Duas vertentes:
Teórica: a mente humana e o computador são sistemas símbolicos, ou seja, entidades que processam, transferem e manipulam símbolos.
Tecnológica: A atividade cognitiva consiste na solução de problemas, e que haveria um mecanismo geral para solução dos mesmos.
Vygotsky verificou que crianças eram bem sucedidas na aprendizagem de regras gramaticais, independente de reforçamento
Educação
Neurociência
Neuroplasticidade do cérebro e seu papel significativo na compreensão do comportamento humano.
Drogas, hormonios, ambiente, idade, nutrição, entre outros
Falta-lhe uma data precisa, mas 11 de setembro de 1956, quando foi realizada a Segunda Simpósio sobre "Teoria da Informação", realizado no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT); onde figuras como relevantes para a Psicologia Cognitiva contemporânea como Chomsky, Newell, Simon e GA Miller, que é a origem propõe essa data como o novo movimento se reuniram
Deixei o simpósio com forte convicção, mais intuitivo do que racional, que a psicologia experimental humana, lingüística teórica e simulação de processos cognitivos em computadores faziam parte de um todo maior, e no futuro vai participar de um desenvolvimento progressivo e coordenação das suas preocupações comuns ... Por quase 20 anos, eu tinha vindo a trabalhar no sentido de uma ciência cognitiva antes de saber como chamá-lo. (Gardner, l987, p. 44-45).
Ele enfatizava a influência dos esquemas de reforço externo dos processo de pensamento, tais como crenças, expectativas e instrução
Para ele não é necessário receber sempre um reforço para aprender algo, a aprendizagem ocorre por meio do
reforço vicário
o aprendizado pode ocorrer por observação dos comportamentos de outras pessoas e das consequências deles decorrentes e não apenas experimento o reforço diretamente.
Reforço vicário:
Dentre os conceitos mais importantes da teoria da aprendizagem social de Bandura, que contraria a explicação operante sobre o poder da contigência, encontra-se o de auto-eficácia, que se refere à crença que uma pessoa tem de que será capaz de realizar um determinado comportamento.
Modelo ABC
Propõe que os sintomas ou consequências neuróticas
(C – consequências)
são determinadas pelos sistemas de crenças do individuo
(B – believes)
com relação as experiências ou fatos ativadores
(A – activatics).

Os indivíduos tendem a preservar vigorosamente os seus padrões de pensamentos irracionais, formados a partir de tendências inatas e adquiridas.
A intervenção baseada nesse modelo teórico visa identificar e contestar as crenças irracionais através de um auto monitoramento, em que a pessoa contesta o seu próprio sistema de crenças para manter um estado de saúde emocional.

Técnicas cognitivas, de imagem, de relaxamento e desenvolvimento de habilidades são empregadas para atingir esse objetivo.
O modelo cognitivo de Beck enfatiza que os pensamentos influenciam as nossas emoções e comportamentos.
Os pensamentos ocorrem em três diferentes níveis.
Em um nível mais superficial, encontram-se os pensamentos automativos, que correspodenm as avaliações de eventos específicos (por exemplo: acho que vou me ferrar na prova hoje). Embora não estejamos conscientes desses pensamentos, eles podem ser facilmente acessíveis mediante treinamento
Em um segundo nível estão as suposições e regras, que são mais globais, menos diretamente associadas a um evento especifico e menos acessíveis a nossa consciência (exemplo: para ser competente eu não posso falhar, ou se cometer um erro, significa que sou incapaz).
Finalmente as crenças centrais constituem o nivel mais global da cognição. São construídas no inicio do desenvolvimento e fortalecidas com as experiências da vida.
As crenças centrais, as suposições e regras, e o pensamentos automáticos estão interligados no processamento cognitivo dos transtornos psicológicos. Se um individuo possui uma crença central (por ex: sou incompetente), ele criara suposições para enfrentar essa crença central ( por ex: se eu der o melhor de mim e me esforçar ao máximo serei aceito pelos outros; se eu demonstrar ansiedade, significa que sou incapaz)
Tais crenças predispõem esse individuo a desenvolver estratégias (por ex: estabelecer padrões irrealistas de desempenho, monitorar exageradamente as próprias ações pessoais) que provavelmente o tornarão predisposto a confirmar a crença central, através de uma forma tendenciosa de interpretar os acontecimentos.
Ao estabelecer padrões irrealistas de desempenho por exemplo, ele tenderá a supervalorizar as próprias falhas, a ignorar os seus sucessos e a prestar atenção excessiva em suas manifestações de ansiedade, levando a confirmação de que é incompetente.
A percepção refere-se às funções que permitem captar os estímulos do ambiente, para posterior processamento de informação.
Existe uma grande quantidade de pesquisas sobre os processos perceptivos na psicologia cognitiva que são utilizadas para compreender o comportamento. Um exemplo disso são os estudos sobre as ilusões, especialmente as ilusões de óptica.
É a capacidade de registrar, armazenar e evocar as informações recebidas e processadas pelo organismo
Pensamento
O pensamento é a capacidade de compreender, formar e organizar conceitos, representando-os na mente
Diz respeito à habilidade em manipular conceitos mentalmente, estabelecendo relações entre eles ligando-os e confrontando-os com elementos oriundos de outras funções mentais e criando outras representações.
Os estudos de caso são descrições altamente detalhadas de um único indivíduo ou evento. O próprio sujeito estudado pode ser intensamente entrevistado, bem como seus amigos, familiares e colegas de trabalho. Os registros psicológicos, médicos ou escolares podem também ser analisados, se necessário.
Esse tipo de estudo é utilizado para desenvolver o perfil de uma pessoa em tratamento psicoterápico, e também pode ser utilizado para compreensão de condições raras, incomuns ou extremas, fornecendo inclusive informações para ajudar a entender o comportamento normal.
os pesquisadores programam os computadores para imitar uma dada função ou um processo humano,
como o desempenho em tarefas cognitivas específicas ( ex., manipular objetos num espaço tridimensional) ou o desempenho de processos cognitivos especiais (p. ex., o reconhecimento de padrões)
Inteligência Artificial
envolve a tentativa de criar sistemas que processem a informação de maneira inteligente e eficiente, sem levar
em conta se esses sistemas simula a cognição humana ou
demonstram inteligência, via processos que diferem dos processos cognitivos humanos
Auto-relatos
Para obter informações sobre o modo como determinados indivíduos pensam em uma ampla gama de contextos, os investigadores podem usar autorelatos (uma narrativa dos processos cognitivos do próprio indivíduo)
Observação Naturalista
é utilizado para observar sistematicamente e registrar comportamentos, à medida que ocorrem no ambiente natural dos sujeitos observados
Contribuições das diversas ciências
Albert Bandura 1925 -
Albert Ellis 1913 - 2007
Aaron Beck
1921 -
Controvérsias: são psicólogo cognitivo e psicólogo piagetiano sinônimos?

Psicologia Cognitiva
Full transcript