Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Psicologia - Antes de mim: o cérebro e a capacidade de adaptação e autonomia do ser humano

No description
by

Duarte Caixado

on 3 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Psicologia - Antes de mim: o cérebro e a capacidade de adaptação e autonomia do ser humano

Antes de mim:

O cérebro e a capacidade de adaptação e autonomia do ser humano

Lentificação do desenvolvimento humano
O sistema nervoso central dos humanos desenvolve-se mais lentamente relativamente a outros mamíferos.
O ser humano possui um cérebro inacabado aquando do nascimento, o que constitui uma vantagem, uma vez que possibilita uma maior capacidade de aprendizagem permitindo a influência do meio em que o indivíduo se insere.
Esta adaptação biológica estende-se até ao momento da morte do ser humano.

As pessoas distinguem-se pela estrutura das suas aptidões mentais porque, entre outros fatores, os seus cérebros têm configurações diversas.
A diferente expressão genética não chega para explicar as diferenças individuais: os efeitos do meio intrauterino e as experiências ao longo da vida são elementos fundamentais para explicar o processo de individualização.
Individuação cerebral
Antigamente

Atualmente

- Definido geneticamente;
- Atingia o seu auge no fim da puberdade;
- Depois da puberdade, degradava-se progressivamente.



- Muito maleável;
- Relação com o meio estabelece modificações;
- Capacidade de se alterar em função da experiência.

Plasticidade e aprendizagem
Perspetivas acerca do cérebro

Plasticidade e aprendizagem
Normalmente, quando determinadas áreas do cérebro são afectadas e estas influenciam as capacidades do individuo, outros neurónios vizinhos desenvolvem as aptidões das áreas danificadas.

Este caráter de plasticidade permite, durante toda a vida, uma aprendizagem que é a principal forma de adaptação do ser humano.

Casos de estudo
Cada ser tem a sua experiência de vida, e por isso o seu cérebro modifica-se.

- Uma pessoa que perde a visão desenvolve outras capacidades, como a leitura de braille.

- Uma criança que foi sequestrada não aprende na altura que devia algumas atividades, como ler, escrever ou até mesmo andar. Assim, mais tarde, terá mais dificuldade que o cérebro desenvolva estruturas próprias.

Amala e Kamala
Em 1920, numa aldeia a sudoeste de Calcutá, foram descobretas duas raparigas, Amala e Kamala, que dormiam, comiam e viviam com um grupo de lobos.
A mais velha, Kamala, teria cerca de oito anos enquanto que Amala teria apenas um ano e meio.
Andavam apoiadas nos pés e nas mãos, comiam carne crua, alimentavam-se acocoradas, uivavam como os lobos e eram particularmente ativas durante a noite.

Não exprimiam sentimentos nem mostravam curiosidade.
Integradas na sociedade humana e apoiadas pelo casal Singh só adoptaram a posição vertical seis anos depois. Kamala chorou pela primeira vez quando a irmã morreu. Progressivamente começou a recorrer a gestos mas não tinha qualquer iniciativa para contactar com os outros, mostrando-se indiferente se não fosse solicitada pelas pessoas.
Amala e Kamala
A Inteligência dos animais

Durante muito tempo, afirmava-se que os animais não tinham inteligência, pois pensava-se que existia uma separação total entre os seres humanos e os animais.

Defendia-se que o comportamento do ser humano era orientado pela inteligência, pensamento e consciência, enquanto o comportamento animal se regia somente por instintos inatos e reflexos apreendidos.

A Inteligência dos animais

A inteligência animal está relacionada com o desenvolvimento do sistema nervoso central, particularmente com o tamanho e a complexidade do cérebro. Há animais que apresentam alguns processos cognitivos semelhantes aos dos seres humanos, que resolvem problemas recorrendo a estratégias semelhantes à do homem.

Os animais considerados mais inteligentes são os papagaios, os golfinhos, as baleias, os cães, os macacos e os cavalos.

Alguns destes animais também têm a capacidade de transmitir as suas descobertas aos seus descendentes e vizinhos, por vezes apenas por observação e imitação dos seres da mesma espécie. Como é o caso dos chimpanzés e dos golfinhos.

A Inteligência dos animais

Assim existe uma verdadeira cultura transmitida de geração em geração.

A Inteligência dos animais

É possível estabelecer uma diferença notória entre a inteligência animal e a humana: enquanto que no Homem se encontram “igualmente” desenvolvidas a inteligência conceptual e a inteligência prática, nos animais é mais frequente o desenvolvimento da capacidade de resolver problemas mediante actos motores, criação e adaptação de instrumentos, ou seja, da inteligência prática.

A inteligência não é um atributo único do Homem, mas também do animal. O que domina na maioria dos animais é o instinto mas eles também são inteligentes, contudo essa inteligência é limitada. Vários animais possuem ações intencionais nos seus comportamentos sociais.
Nos animais é mais frequente o desenvolvimento da capacidade de resolver  problemas mediante atos motores,  criação e adaptação de instrumentos. Apesar de, tanto os animais como os humanos, estarem sujeitos a diversos tipos de aprendizagem, este processo está condicionado por outros fatores, nomeadamente ambientais e culturais a que cada ser está sujeito.
Síntese
Trabalho elaborado por:

- Carolina Varejão nº4
- Duarte Caixado nº7
12ºA

Psicologia B
Professor José Veríssimo
Full transcript