Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Teoria de comunicação de massas - Denis McQuail

Pós Graduação em Jornalismo Multiplataforma UFJF
by

Daiana Sigiliano

on 11 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Teoria de comunicação de massas - Denis McQuail

Teoria da comunicação de massas
Denis McQuail

A força do mass media
A TV não matou o rádio, assim como a convergência não é uma sentença de morte para o mass media, e sim uma oportunidade de se atualizar e de melhorar relação com o espectador.

Porém, as novas mídias tiveram, até agora um pequeno impacto império do mass media.

Um estudo da Accenture revela que os jovens estão muito mais ligados na TV do que se supõe. Mesmo na faixa dos 25 aos 34 anos, eles assistem, em média, 140 horas de programação “tradicional” , mais de 20 vezes a quantidade de horas gastas com vídeos na Internet ou em celulares.

As múltiplas lógicas da comunicação de massas
A lógica refere-se a um quadro de sentido onde os elementos de um fenômeno são coerentemente relacionados uns com os outros e se pode identificar um padrão consistente e ação e pensamento. (MCQUAIL, Denis)
Identificam, a nível muito geral, os tópicos e os domínios de significado onde os media de massas operam para indivíduos e para a coletividade. (MCQUAIL, Denis)


Vida longa ao mass media
A comunicação de massas está viva e de boa saúde, quer apreciemos ou não, e o aparecimento de novos media só aumenta a quantidade de trabalho na oficina da teoria. (MCQUAIL, Denis)
O mass media ainda
é o meio dominte
Só a comunicação de massa pode se adequar aos requisitos coletivos da vida social, política e econômica. (MCQUAIL, Denis)
Um novo Ecossistema
de Conectividade
Os novos media estão a fazer algo mais do que iniciar um caminho de desmassificação e fragmentação das audiências (MCQUAIL, Denis)
Há pouco tempo éramos espectadores, consumidores passivos da mídia em massa. Agora, no YouTube, nos blogs, no Facebook e no Twitter, nós somos a mídia. E numa época em que assistimos mais televisão do que nunca, a forma como assistimos está mudando. Filmes, séries e comerciais de TV são hoje convites para participar – são experiências para imergir.
(ROSE, Frank)

Mas ainda é um processo cheio de dúvidas,
incertezas e possibilidades.
Lógica comercial
Lógica industrial
Logica organizacional
Lógica tecnológica
Lógica cultural
Lógica politíca
Lógica informativa
Embora possam ser analiticamente separadas, estas lógicas operam na verdade em concorrência e em combinação umas com as outras. (MCQUAIL, Denis)
Domínios de significado
Significação
Realidade e contextos da vida real
Espaço público versus espaço privado
Identidade
Espaço e localização
Tempo
É muito claro que, em toda parte, os media são dependentes da sociedade, reagem a impulsos mais fundamentais e estão subordinados a fontes de poder real, econômico e político. (MCQUAIL, Denis)
Full transcript