Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O OLHAR DE PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL SOBRE A ESCOLA NA ERA DIGITAL

No description
by

Laís Venâncio

on 25 February 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O OLHAR DE PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL SOBRE A ESCOLA NA ERA DIGITAL

O OLHAR DE PROFESSORES EM FORMAÇÃO INICIAL SOBRE A ESCOLA NA ERA DIGITAL
Rossana Delmar de Lima ARCOVERDE (POSLE/UFCG)
Laís Venâncio de MELO (UFCG)

Objetivos
Objetivo geral:

·    Refletir sobre os posicionamentos que os docentes em processo de formação inicial revelam sobre a escola na era digital, buscando entender a função social da escola nesse cenário.

Especificamente objetivamos:

·      Identificar o ponto de vista de professores em formação inicial sobre a escola na era digital.
·      Discutir a função social da escola nessa nova realidade que se impõe, com base no olhar desses alunos.

ANÁLISE DOS DADOS
Visão Precisa
Adaptativa
Crítica


VISÃO IMPRECISA
Depoimento
FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA
Breve Discussão
(citações)
Considerações
Função social da escola na era digital
Desafio pedagógico
Formação docente

O olhar de professores em formação inicial sobre a escola
na era digital
Rossana Delmar de Lima ARCOVERDE (POSLE/UFCG)
Laís Venâncio de MELO (UFCG)
Delineamento Metodológico
Pesquisa qualitativa
Abordagem etnográfica
Pesquisa de intervenção

Aplicação de 27 questionários
- Questão sobre a escola na era digital



Contextualizando o estudo
Reflexões

1. O papel da escola:

“É preciso insistir que tudo quanto fazemos em aula, por menor que seja, incide em maior em menor grau na
formação de nossos alunos
” (ZABALLA, 1998, p. 29)

A  “[...] função precípua do professor é
cuidar da aprendizagem do aluno
.” (DEMO, 2009, p. 24).
2. O papel da escola na contemporaneidade:

2.1 Formação de sujeitos críticos  e criativos
           
2.2. Desenvolvimento da capacidade de lidar com as múltiplas linguagens e a diversidade de ambientes digitais
3. Uma nova narrativa

É preciso elaborar uma nova narrativa, voltar a escrever o discurso acerca da educação (Sacristán, 2007) considerando a sociedade e a cultura digital.

Refletindo sobre essa temática, o questionamento que nos inquieta é:
qual o olhar de professores em formação inicial sobre a escola na era digital?

Fundamentação teórica
ATIVA CRÍTICA
Depoimento

“Assim como a sociedade vem sofrendo transformações com a inserção das novas tecnologias em seu contexto, a escola também, já que faz parte dessa sociedade, vem incorporando essas novas tecnologias e tentando redefinir seu papel social nessa nova era digital. [...] hoje não podemos ensinar apenas as crianças a ler e escrever,
é necessário fazê-las compreender e atuar nessa nova era digital
. Isto é, o desafio hoje é tornar a escola um espaço onde os conhecimentos adquiridos tenham uma função social de proporcionar aos sujeitos sua
independência e autonomia frente à era digital
, e isso pode ser feito através do
uso crítico
e racional das tecnologias mediados por
práticas cooperativas
de ensino-aprendizagem.”
(Depoimento 13).

ATIVA ADAPTATIVA
Depoimento
Referências
Visão Imprecisa

Sujeitos da pesquisa
Internet: a maioria acessa frequentemente (mais de uma vez por semana ou mais de uma vez por dia).
“As redes sociais, os celulares, as mensagens, chats encontram-se presentes no contexto de nossas salas de aula, muitas vezes esses meios acabam
‘atrapalhando’
o ensino. O grande desafio de nossos educadores, das escolas e de todos que fazem parte da comunidade escolar é
tentar aproveitar
aquilo que de início
não parecia ser tão útil
no contexto escolar e utilizar ao nosso favor.”
(Depoimento 21).
“[...] devido as diversas transformações enfrentadas pela sociedade, principalmente pautando-se nas inovações tecnológicas, a educação acaba ficando muito atrasada, ou seja,
precisa se redefinir para ser tão atrativa quanto as tecnologias
. Neste sentido,
a escola deve atualizar sua função social de acordo com a era digital
, [...] modificar sua forma arcaica de disseminação dos conhecimentos, utilizando-se das tecnologias a seu favor. [...] Hoje são múltiplas as
exigências do mercado
, se exige um sujeito polivalente, que possa ser mudado de função sempre que haja necessidade, que detenha conhecimento técnico, científico e sejam quais forem necessários, ou seja, a escola tem que suprir essa demanda, sair da zona de conforto de quando surgiu e
adequar-se a essa realidade
.”
(Depoimento 16).
Sociedade contemporânea

É preciso que a instituição escolar prepare a população para um funcionamento da
sociedade cada vez mais digital
e também para buscar no ciberespaço um lugar para se encontrar, de maneira crítica, com diferenças e identidades múltiplas (ROJO, 2013, p. 7).
Ensino

O ensino, que sempre
deve ser orientado para o aprendizado do aluno
, deve estar à altura das necessidades que a sociedade manifesta para que possa oferecer o aprendizado mais adequado a cada época e fazê-lo da melhor maneira possível. (DEL POZO, 2012, p. 139).
Nativos digitais
As ferramentas do contexto digital podem ser usadas em situações de ensino e devem ser exploradas como um recurso que pode satisfazer as necessidades de aprendizagem dos alunos, seja para “criar algo novo ou para melhorar algo antigo” (PALFREY e GASSER, 2011, p. 278).

AGUIAR, K. F. e ROCHA, M. L. Práticas Universitárias e a Formação Sócio-política. Anuário do Laboratório de Subjetividade e Política, nº 3/4, 1997, p. 87-102.
BELL, J. Projeto de pesquisa: guia para pesquisadores iniciantes em educação, saúde e ciências sociais. Porto Alegre: Artmed, 2008.
CAPELLA, Carme Barba Sebastiá. (Org.) Computadores em sala de aula: métodos e usos. Porto Alegre: Penso, 2012.
COSCARELLI, Carla Viana. Alfabetização e letramento digital. In: COSCARELLI, Carla Viana e RIBEIRO, Ana Elisa. (Orgs.) Letramento digital: aspectos sociais e possibilidades pedagógicas. Belo Horizonte: Autêntica, 2007, p. 25-40.
DEL POZO, Montserrat. Como trabalhar com notebooks em sala de aula: o aprendizado baseado em problemas e projetos de compreensão. In: CAPELLA, Carme Barba Sebastiá. (Org.) Computadores em sala de aula: métodos e usos. Porto Alegre: Penso, 2012, p. 139-151.
DEMO, Pedro. Educação Hoje: “Novas” tecnologias, pressões e oportunidades. São paulo: Atlas, 2009.
GABRIEL, Martha. Educ@r: a (r)evolução digital na educação. São Paulo: Saraiva, 2013.








GATTI, Bernadete e ANDRÉ, Marli. A relevância dos métodos de pesquisa qualitativa em educação no Brasil. In: WELLER, Wivian e PFAFF, Nicole. Metodologia da pesquisa qualitativa em educação: teoria e prática. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.
MOREIRA, Herivelto e CALEFFE, Luiz Gonzaga. Metodologia da pesquisa para o professor pesquisador. Rio de janeiro: Lamparina, 2008.
PALFREY, John e GASSER, Urs. Nascidos na era digital: entendendo a primeira geração de nativos digitais. Porto Alegre: Artmed, 2011.
PETARNELLA, Leandro. Escola análogica, cabeças digitais: o cotidiano escolar frente às tecnologias midiáticas e digitais de informação e comunicação. Campinas, SP: Alínea, 2008.
POZO, J. I. Aprendizes e mestres: a nova cultura da aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 2002.
ROJO, Roxane H. Rodrigues (Org.). Escol@ conectada, os multiletramentos e as tics. São Paulo: Parábola, 2013.
_____. Letramentos múltiplos, escola e inclusão social. São Paulo, Parábola, 2009.
SACRISTÁN, José Gimeno. A educação que ainda é possível: ensaios sobre uma cultura para a educação. Porto Alegre: Artmed, 2007.
SILVA, Silvana Pimentel. A função social da escola. In: ALMEIDA, ana Maria Bezerra de, LIMA, Maria do Socorro Lucena e SILVA, Silvana Pimentel (Orgs.) Dialogando com a escola. Fortaleza: Ed. UECE, Edições Demócrito, 2002, p. 34-44.







A escola na era digital
ADAPTATIVA
NEGATIVA
PROSPECTIVA
"As novas tecnologias não afetam apenas o modo como fazemos as coisas, mas afetam principalmente nossos modelos e paradigmas - as regras intrínsecas de como as coisas deveriam ser -, e é de se esperar que, nesta nova estrutura sociotecnológica, as expectativas e os relacionamentos educacionais sofram as mesmas modificações significativas e perspectivas que têm ocorrido em nossas vidas cotidianas."
(GABRIEL, 2013, p. 7).
Full transcript