Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

ESTUDO DE CASO DA PESSOA DA PESSOA INTERNADA

No description
by

Mariana Paiva

on 7 January 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ESTUDO DE CASO DA PESSOA DA PESSOA INTERNADA

ESTUDO DE CASO DA PESSOA INTERNADA
14 NECESSIDADES HUMANAS FUNDAMENTAIS, SEGUNDO VIRGINIA HENDERSON
PLANO DE CUIDADOS
COLHEITA DE DADOS
RESUMO DO INTERNAMENTO
ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA
CUSRSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM
2º Bloco de Ensino Clínico de Fundamentos e Procedimentos de Enfermagem
Cardiologia A - Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC)
Mariana Paiva (a21201238)
Janeiro, 2014

PROMOÇÃO PARA A SAÚDE
Identificação da pessoa
Nome:
O.P.
Género:
Feminino
Data de nascimento:
25/06/1935
Idade:
78 anos
Raça:
Caucasiana
Estado Civil:
Casada
Nacionalidade:
Portuguesa
Naturalidade:
Bragança
Residência atual:
Coimbra
Habitações literárias:
Curso de Educação Básica
Profissão:
Reformada
Religião:
Católica
Antecedentes pessoais e familiares
Genograma da Sr.ª O.P.
De realçar que a Srª O.P. com cerca de seis anos foi submetida a uma amigdalectomia (ablação das amígdalas), posteriormente todos os seus filhos foram submetidos à mesma intervenção com excepção da filha M.P.
Ecomapa da Sr.ª O.P.
A 23 de dezembro de 2013, a Sr.ª O.P. dirigiu-se ao Serviço de Urgência do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

Foi internada, no mesmo dia, no serviço de Cardiologia A.

Diagnosticada
Insuficiência Cardíaca
e
Fibrilhação Auricular
. Posteriormente, foi-lhe também diagnosticada
Infeção Respiratória
.

Teve alta clínica a 8 de janeiro de 2014.
É
dependente
nesta necessidade, devido ao
cateterismo urinário
(inserção a 26 de dezembro de 2013, tipo Foley, nº14). Contudo, apresentou bons débitos urinários e urina de cor amarela clara e sem sedimentos.
Necessidade de eliminar
É
dependente
nesta necessidade, pois necessitou de ser assistida aquando do
autocuidado: higiene
e conforto por não conseguir lavar e secar as costas. Inicialmente, realizava esta ação apenas com a utilização da cadeira de banho, mas com a evolução favorável do seu estado de saúde deixou de ser necessário este material de apoio.
Necessidade de manter-se limpo e proteger os tegumentos
Apresentou ainda
cateter venoso periférico
no membro superior direito, o que interferiu com a sua integridade cutânea.

Sem feridas, mas com
edemas
reduzidos nos membros inferiores, aos quais foi realizada massagem diariamente para facilitar retorno venoso.
A Sr.ª O.P. necessita de um
prestador de cuidados
que:
a assista no
autocuidado: higiene
, uma vez que é dependente em grau moderado;
vigie e incentive na ingestão de alimentos, pelo seu
apetite diminuído
;
massaje os membros inferiores para facilitar o retorno venoso (
evitar edemas
).

Deve exercer
hábitos de vida saudáveis
devido aos seus problemas de saúde, como uma alimentação rica e equilibrada e prática de exercício físico (ainda que de forma moderada devido a eventuais crises de dispneia).
OBJETIVOS
CONCLUSÃO
BIBLIOGRAFIA
Compreender, analisar e avaliar o estado de saúde/doença da pessoa, vista como um todo;

Desenvolver a capacidade de seleção e sistematização de informação;

Realizar colheita de dados e plano de cuidados de forma clara e estruturada;

Treinar comunicação.
ABECASSIS, Leonor [et al] –
Classificação Internacional Para a Prática de Enfermagem (CIPE/ICNP): versão Beta 2
. Lisboa: Janeiro, 2005. 3ª ed. 227p. ISBN 972-98149-4-3.

CHAVES, Sonia M. C. [et al] – Avaliação e Prevenção do Risco de Queda dos Pacientes Atendidos no Hospital dos Servidores do Estado [Em linha]. [Consult. 11 de janeiro de 2014]. Disponível em WWW:<URL:http://www.hse.rj.saude.gov.br/profissional/gerencia_risco/cartaz_queda.pdf>.

FERNANDES, Maria do Carmo

-
Ensino Clínico Fundamentos de Enfermagem - Orientações
. Coimbra: ESEnfC, 2013.

Conclui que a Sr.ª O.P. é dependente em grau moderado no autocuidado: higiene e independente nos restantes autocuidados.

Considero que os objetivos, por mim impostos, foram alcançados, apesar de surgirem algumas dificuldades (como organização e estrutura do trabalho e seleção pertinente de informação), tendo-as solucionado com pesquisas e questões colocadas às docentes e colegas.

Em suma, é importante mostrar compreensão para com a pessoa nesta fase da sua vida - o internamento.

Necessidade de evitar perigos
Full transcript