Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Teorias da Administração

No description
by

Sarah Viana

on 4 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Teorias da Administração

Teorias Administrativas
Administração Científica
( Frederick Taylor – 1903)
Corrente iniciada por Taylor; considera a administração
uma ciência aplicada na racionalização e no planejamento
das atividades operacionais;
Teoria Clássica
(Henri Fayol – 1916)
Luis Felipe
Luiz Felipe
Sarah Corrêa

nas tarefas
na estrutura
nas pessoas
no ambiente
na tecnologia
“Os trabalhadores e seus supervisores imediatos deveriam ocupar-se exclusivamente da produção. Toda atividade cerebral deve ser removida da fábrica e centralizada no departamento de planejamento [...]” (MAXIMIANO, 2006, p.41).
Administração Científica
( Frederick Taylor – 1903)
“A questão não é trabalhar duro,
nem depressa, mas trabalhar de forma inteligente.” (MAXIMIANO, 2006, p.41-42)
Administração Científica
( Frederick Taylor – 1903)
Enquanto Ford e Taylor cuidaram da empresa de baixo pra cima, Fayol cuidou da empresa de cima pra baixo.
Teoria das Relações Humanas
(Elton Mayo e Chester Barnard - 1932)
As três principais caraterísticas desses modelos são:

1. O ser humano não pode ser reduzido a um ser cujo corportamento é simples e mecânico.
2. O homem é, ao mesmo tempo, guiado pelo sistema social e pelas demandas de ordem biológica.
3. Todos os homens possuem necessidades de segurança, afeto, aprovação social, prestígio, e autorrealização.
Teoria Neoclássica
(1954)
- Ênfase na prática da administração: busca resultados concretos;
- Reestruturação dos postulados clássicos;
- Ênfase dos princípios gerais da administração;
- Ênfase nos objetivos e nos resultados;
- Ecletismo.
Teoria da Burocracia
(Max Weber – 1947)
- Caráter legal e normativo
- Formalidade das comunicações
- Racionalismo e divisão do trabalho
- Impessoalidade e hierarquia
- Rotinas e procedimentos padronizados
- Meritocracia
- Profissionalização
- Especialização da administração
- Previsibilidade

Teoria Estruturalista
(Levi-Strauss; Karl Marx; Max Weber1947)
Advém da relação entre a teoria clássica e a teoria das relações humanas;
A organização formal e a informal, e suas inter-relações;
O objetivo e o alcance dos grupos informais e as relações de tais grupos dentro e fora da organização;
A interação da organização com o seu ambiente.
Teoria do
Comportamento Organizacional (1957)
- A grande ênfase nas pessoas;
- A preocupação com o comportamento organizacional e os processos de trabalho;
- O estudo do comportamento humano.

- Maslow e Herzberg
- Hierarquia das necessidades
- Teoria X e Teoria Y
Teoria do
Desenvolvimento Organizacional (Leland Bradford - 1962)
É uma mudança planejada em qualquer parte do sistemas, sistema concreto (linha de produção) ou sistema de valores (cultura) de uma organização.
Considera basicamente quatro variáveis:
1) o meio ambiente
2) a organização
3) o grupo social
4) o indivíduo
Teoria da Contingência
(1972)

As características das organizações dependem das características do ambiente que estão inseridas. Nesse sentido, o ambiente molda as organizações.
"As empresas bem sucedidas são aquelas que conseguem adaptar-se adequadamente às demandas ambientais." (Chiavenato, Idalberto; Administração: Teoria, Processo e Prática, 3ª Edição, pág. 22).
Teoria da Contingência
(1972)
Para a empresa alcançar os seus objetivos deve contar com o conhecimento humano onde o homem conduz para um resultado satisfatório, isto é, a tecnologia pode ser avaliada por critérios instrumental (conduzido à resultados desejados) e critérios econômicos (resultados desejados com poucas despesas).
Teoria da Contingência
(1972)
A tecnologia, seja ela qual for, está presente no dia a dia das empresas, transformando as matérias-primas em produtos consumíveis e produtivos para a humanidade.
Teoria da Contingência
(1972)
A Cibernética está levando a uma substituição do cérebro humano. O computador tende a substituir o homem em uma gama crescente de atividades, e com grande vantagem. As principais conseqüências da Cibernética na administração são duas: a automação e a informática.
HOMEM
COMPLEXO
Hierarquia das Necessidades
Full transcript