Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Aula 4 - Componentes de um computador

No description
by

Diego Berti Bagestan

on 22 September 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Aula 4 - Componentes de um computador

Componentes de um computador.
Introdução
Neste trabalho vamos falar sobre os componentes e os periféricos necessários e suficientes que constituem um computador.
Motherboard
Motherboard, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador, como o processador, memória RAM, os circuitos de apoio, as placas controladoras, os slots do barramento e o chipset.
Processador
O processador é a unidade central de processamento (UCP) do computador.
O processador é um circuito integrado que executa instruções de máquina, realizando diversos cálculos e tomadas de decisão.
Cooler
É o nome dado a um objecto de metal sendo geralmente feito de cobre ou alumínio, que pelo fenomeno da condução térmica e uma maior área por onde um fluxo térmico pode se difundir, maximiza o nível de dissipação térmica de qualquer superfície que gere calor.

Sendo assim, o dissipador de calor tem o objetivo de garantir a integridade de equipamentos que podem se danificar com o calor gerado por seu funcionamento.
Os coolers podem ser divididos em coolers ativos ou passivos.
Coolers Ativos:
Coolers ativos tem uma capacidade de refrigeração muito melhor que o Cooler passivo, já que combinando uma maior área de dissipação e uma corrente de ar passando por essa área, é possível dispersar muito mais calor, por que além da condução.

Há o fenomeno da convicção térmica, que ocorre quando o ar passa pela superfície do dissipador. Tem seu uso destinado a componentes que geram grande quantidade de calor, como os processadores.
Coolers Passivos:
Os Coolers passivos não são dotados de ventoinhas e por isso não tem a capacidade de resfriar superfícies que gerem grande quantidade de calor.

Em equipamentos de hardware são usados em chips que geram pouco calor, como chipsets e controladoras. Os mesmos possuem vantagens como não gerar ruído e não consumir electricidade.
Placa de vídeo
Placa de vídeo, é um componente de um computador que envia sinais deste para o monitor, de forma que possam ser apresentadas imagens no monitor. Normalmente possui memória própria, com capacidade medida em octetos.
Placa de som
Placa de som é um dispositivo de hardware que envia e recebe sinais sonoros entre equipamentos de som e um computador executando um processo de conversão com um mínimo de qualidade e também para gravação e edição.
Placa de rede
Uma placa de rede é um dispositivo de hardware responsável pela comunicação entre os computadores em uma rede.

Sua função é controlar todo o envio e recebimento de dados através da rede.
Disco rígido
Disco rígido, chamado também de HD (derivação de HDD do inglês hard disk drive), ou ainda de "memória secundária" é a parte do computador onde são armazenados os dados.

O disco rígido é uma memória não-volátil, ou seja, as informações não são perdidas quando o computador é desligado, sendo considerado o principal meio de armazenamento de dados em massa.
Por ser uma memória não-volátil, é um sistema necessário para se ter um meio de executar novamente programas e carregar arquivos contendo os dados inseridos anteriormente quando ligamos o computador. Nos sistemas operativos mais recentes, ele é também utilizado para expandir a memória RAM, através da gestão de memória virtual.
Fonte de Alimentação
Uma fonte de alimentação é um aparelho ou dispositivo electrônico constituído por 4 conjuntos de componentes elétricos: um transformador de força (que aumenta ou reduz a tensão), um circuito retificador, um filtro capacitivo ou indutivo e um regulador de tensão.
Numa fonte de alimentação do tipo linear, a tensão alternada da rede elétrica é aumentada ou reduzida por um transformador, retificada por díodos ou ponte de díodos rectificadores para que somente os ciclos positivos ou os negativos possam ser usados, a seguir estes são filtrados para reduzir o ripple (ondulação) e finalmente regulados pelo circuito regulador de tensão.

Uma fonte de alimentação é usada para transformar a energia elétrica sob a forma de corrente alternada (CA) da rede em uma energia elétrica de corrente contínua (CC), mais adequada para alimentar cargas que precisem de energia CC.
Memória ROM
É um tipo de memória que permite apenas a leitura, ou seja, as suas informações são gravadas pelo fabricante uma única vez e após isso não podem ser alteradas ou apagadas, apenas podem ser acedidas. São memórias cujo conteúdo é gravado permanentemente.
É um tipo de memória que permite apenas a leitura, ou seja, as suas informações são gravadas pelo fabricante uma única vez e após isso não podem ser alteradas ou apagadas.
São memórias cujo conteúdo é gravado permanentemente.
Memória RAM
É um tipo de memória que permite a leitura e a escrita, utilizada como memória primária em sistemas electrónicos digitais. O termo acesso aleatório identifica a capacidade de acesso a qualquer posição em qualquer momento, por oposição ao acesso sequencial, imposto por alguns dispositivos de armazenamento, como fitas magnéticas.
Apesar do conceito de memória de acesso aleatório ser bastante amplo, atualmente o termo é usado apenas para definir um dispositivo eletrónico que o implementa, basicamente um tipo específico de chip. Nesse caso, também fica implícito que é uma memória volátil, isto é, todo o seu conteúdo é perdido quando a alimentação da memória é desligada.
Memória Cache
Na área da computação, cache é um dispositivo de acesso rápido, interno a um sistema, que serve de intermediário entre um operador de um processo e o dispositivo de armazenamento.

A vantagem principal na utilização de uma cache consiste em evitar o acesso ao dispositivo de armazenamento - que pode ser demorado -, armazenando os dados em meios de acesso mais rápidos.
Teclado
O teclado de computador é um tipo de periférico utilizado pelo utilizador para a entrada manual no sistema de dados e comandos. Possui teclas representando letras, números, símbolos e outras funções.

Basicamente, os teclados foram lançados para a escrita de textos, onde são usadas para esse meio cerca de 50% delas, embora os teclados sirvam para o controlo das funções de um computador e seu sistema operativo.

Essas teclas são ligadas a um chip dentro do teclado, responsável por identificar a tecla pressionada e por enviar as informações para o PC. O meio de transporte dessas informações entre o teclado e o computador pode ser sem fios (ou wireless) ou a cabo (PS/2 e USB).
Mouse
O rato é um periférico de entrada que, historicamente, juntou-se ao teclado como auxiliar no processo de entrada de dados, especialmente em programas com interface gráfica. Possui a função de movimentar o indicador pela tela do computador.

O formato mais comum do indicador é uma seta, contudo, existem opções no sistema operativo e em softwares específicos que permitam a personalização do indicador.
Existem modelos com um, dois, três ou mais botões cuja funcionalidade depende do ambiente de trabalho e do programa que está a ser utilizado. Claramente, o botão esquerdo é o mais utilizado.

O rato é normalmente ligado ao computador através de uma porta serial, PS2 e USB. Também existem conexões sem fio, como o Bluetooth.
Touchpad
O Touchpad é um dispositivo sensível ao toque, utilizado em computadores portáteis, para substituir o mouse, utilizando células sensíveis ao toque.

Atualmente, os touchpad identificam vectores x e y usando a capacidade proporcionada pela pele dos dedos na sua superfície, então o microprocessador identifica o valor das cargas e sabe quais as células foram pressionadas/selecionadas.
Pendrive
Memória USB Flash Drive é um dispositivo de armazenamento constituído por uma memória flash permitindo a sua conexão a uma porta USB de um computador. As capacidades atuais de armazenamento são 64 MB a 256 GB. A velocidade de transferência de dados pode variar dependendo do tipo de entrada.
Disco Externos
Disco rígido externo, conhecido popularmente como HD externo, é um dispositivo de armazenamento independente, que pode ser conectado a um computador através da porta USB.
Dispositivos ópticos
Um formato de dispositivo óptico é um dispositivo de armazenamento de informação digital, que consiste de um disco circular em que as informações são salvas e armazenadas, com ranhuras microscópicas com um laser nas trilhas que o compõem.
Monitores
O monitor é um dispositivo de saída do computador, cuja função é transmitir informação ao utilizador através da imagem, estimulando assim a visão.

Os monitores são classificados de acordo com a tecnologia de amostra de vídeo utilizada na formação da imagem.
Atualmente, essas tecnologias são três: CRT, TFT e LCD.
Webcam
Webcam (português) é uma câmara de vídeo de baixo custo que capta imagens e as transfere para um computador.

Pode ser usada para videoconferência, produção de vídeo e imagens para edição, entre outras aplicações.
Atualmente existem webcams de baixa ou de alta resolução (acima de 2.0 megapixeis) e com ou sem microfones acoplados. Algumas webcams vêm com leds (díodos emissores de luz), que iluminam o ambiente quando há pouca ou nenhuma luz externa.
Impressoras
Uma impressora ou dispositivo de impressão é um periférico que, quando conectado a um computador ou a uma rede de computadores, tem a função de dispositivo de saída, imprimir textos, imagens ou qualquer outro resultado de uma aplicação.
Modems
A palavra Modem vem da junção da palavra moduladora e demodulador. Ele é um dispositivo eletrônico que modula um sinal digital em uma onda analógica, pronta a ser transmitida pela linha telefônica, e que modula o sinal analógico e o reconverte para o formato digital original utilizado para conexão à Internet, BBS, ou a outro computador.
Conclusão
Com este trabalho esperamos que tenham ficado a perceber melhor sobre estes componentes e periféricos que acabamos de falar.
Trabalho realizado por:

- Rui Costa Nº8
- Tiago Semedo Nº9

Bibliografria
http://pt.wikipedia.org/wiki/Mem%C3%B3ria_RAM

http://www.dicasdeinformatica.net/2010/06/como-particionar-o-disco-rigido-hd.html

http://www.slideshare.net/carbgarcia/partes-do-computador-1523648

http://dicionario.sensagent.com/placa+de+v%C3%ADdeo/pt-pt/

http://monitordelcd.com/monitores/entenda-o-que-e-tft-lcd-tft-lcd-plasma-e-oled/
Full transcript