Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Geoprocessamento I VTOGEO

Disciplina ministrada aos alunos da Faculdade Araguaia-Go.
by

victor tomaz

on 14 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Geoprocessamento I VTOGEO

GEOPROCESSAMENTO I ENGENHARIA AMBIENTAL
2° PERÍODO FACULDADE ARAGUAIA Segundo INPE, (2000) o geoprocessamento pode ser definido como um conjunto de tecnologias voltadas à coleta e tratamento de informações espaciais para um objetivo específico.

Utiliza programas de computador que permitem o uso de informações cartográficas (mapas e plantas) e informações a que se possa associar coordenadas desses mapas ou plantas. "Tudo o que acontece, acontece em algum lugar."
Gilberto Câmara - INPE GEOTECNOLOGIAS Conjunto de tecnologias para coleta, processamento, análise e disponibilização de informação com referência geográfica.

As geotecnologias são compostas por soluções em hardware, software e peopleware que juntos se constituem em poderosas ferramentas para tomada de decisão GEOINFORMAÇÃO GEOPROCESSAMENTO Sistema de Informação
Geográfica O termo " Sistema de Informações Geográficas" (SIG) é aplicado para sistemas que realizam o tratamento computacional de dados geográficos.
Há pelo menos tres grandes maneiras de utilizar o SIG:
Como ferramenta para produção de mapas;
Como suporte para análise espacial de fenômenos;
Como um banco de dados geográficos, com funções de armazenamento e recuperação de informação espacial. SENSORIAMENTO REMOTO É a tecnologia que permite a obtenção de imagens e outros tipos de dados da superfície terrestre.

É feita a distância, através da captação e do registro da energia refletida ou emitida pela superfície. Sensoriamento Obtenção de dados Remoto Distante CARTOGRAFIA Conjunto de estudos e operações científicas, técnicas e artísticas que, tendo por base o resultado de observações diretas ou da análise da documentação, se voltam para a elaboração de mapas, cartas e outras formas de expressão e representação de objetos, fenômenos e ambientes físicos e sócio-econômicos, bem como sua utilização Relação entre
Cartografia e Geoprocessamento SIG Computer Cartography Database Management Compute- Aided Design Remote Sensing MAGUIRE ET AL. (1991) O que é o GPS? O GPS ( Sistema de Posicionamento Global) permite, por meio de satélites artificiais, a obtenção de informações sobre a posição e o tempo. Atividade 1 De acordo com os vídeos "A História dos Mapas",
Quais os países que perceberam a necessidade de solucionar o último grande problema da Cartografia?
Que problema era esse?
Quem e quando possibilitou essa solução?
Obs: Utilizar a NBR 6023 Conjunto de partes Fornece Posição Abrangência em todo o Globo FORMA DA TERRA Geoidal: A terra representada por um geóide.
Caracteristicas principais:
Prolongamento do Nível Médio dos Mares (NMM).
Determinado por gravimetria.
Superfície irregular de difícil tratamento matemático ELIPSOIDAL – Terra considerada elipsóide de revolução.
Utilizado na geodésia e cartografia
Tratamento matemático H=h-N Alt. geom. (H) = Alt. ortom. (h) + ondul. geoidal (N) REPRESENTAÇÃO CARTOGRÁFICA Tipos de representação cartográfica Por traço: representação plana;
- diferentes escalas
- delimitação de acidentes naturais: bacias, chapadas, planaltos, etc.)
- fins temáticos, culturais ou ilustrativos
- análises qualitativas ou quantitativas genéricas representação plana;
- escalas médias ou grandes
- desdobramento em folhas articuladas de maneira sistemática
- avaliação precisa de direções, distâncias e localização de pontos, áreas e
detalhes
- considera curvatura terrestre caso particular de planta;
- área limitada, desconsidera curvatura terrestre;
- escala grande (1:500, 1:2000);
- grande número de detalhes ESCALA ESCALA = Relação entre o valor de uma distância medida no desenho e sua correspondente no terreno. É definida da seguinte forma (NOMINAL): Pode ser representada em forma de:
Fraçao: 1/1.000, 1/250, 1/10.000
Proporção: 1:1.000, 1:250, 1:10.000 Classificação das escalas quanto a sua natureza, em três categorias:
d > D (escala de ampliação)
d = D (escala natural)
d < D (escala de redução) Escala Numérica Indica a relação entre os comprimentos de uma linha na carta e o correspondente comprimento no terreno, em forma de fração com a unidade para numerador. Sendo: E = escala
N = denominador da escala
d = distância medida na carta
D = distância real (no terreno)
Escala Gráfica Representação gráfica da escala nominal ou numérica – facilita a leitura de uma planta.
Segmento de reta dividida em partes iguais.
Não perde a referência da escala em reduções ou ampliações Exerc.
Ex: Mapa de escala 1:5.000. Representar em escala gráfica em que cada segmento
represente 100 metros Pergunta: Qual escala é maior? 1/500 ou 1/5.000 SISTEMA DE COORDENADAS Os sistemas de coordenadas são necessários para expressar a posição de pontos sobre uma superfície, seja ela um elipsóide, esfera ou um plano. Elipsóide:
Meridianos ---> círculos máximos que dividem a Terra em duas partes iguais. Se cruzam no pólo.
Paralelos ---> círculos que cruzam o meridiano perpendicularmente. Único cículo máximo (Equador = 0°). LATITUDE E LONGITUDE Latitude é o arco contado sobre o meridiano do lugar e que vai do Equador até o lugar considerado. Sua variação é de:
0º à 90º N ou 0º à + 90º
0º à 90º S ou 0º à - 90º
Longitude é o arco contado sobre o Equador e que vai de GREENWICH até o Meridiano do referido lugar. A Longitude varia de:
0º à 180º W Gr. ou 0º à - 180º
0º à 180º E Gr. ou 0º à + 180º.
PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Todos os mapas são representações aproximadas da superfície terrestre;

É impossível representar uma superfície curva em uma superfície plana sem que haja deformações.;

Por isso os mapas preservam certas características ao mesmo tempo em que alteram outras;
A elaboração de um mapa requer um método que estabeleça uma relação entre os pontos da superfície da Terra e seus correspondentes no plano de projeção do mapa;

Para se obter essa correspondência, utilizam-se as projeções cartográficas ORANGE WORLD Ilustração de distorções e deformações Projeções Cartográficas SISTEMA UTM UTM – Universal Tranversa de Mercator
- Projeção: Cilíndrica Transversa de Mercator
Cilíndrica
Conforme
Secante
Linhas retas: MC e Equador Aplicações:
. Cartas temáticas e topográfica do Sistema Cartográfico Nacional – IBGE e
DSG – Mapeamento Sistemático (1:25.000 a 1: 250.000);
. Agências Internacionais (OTAN). CARACTERÍSTICA DO SISTEMA UTM Características do Sistema UTM
- Terra dividida em 60 fusos de 6º de longitude enumerados a partir do antimeridiano de Greenwich (180º W). Fuso 1 (180º W a 174º W). Para a identificação do fuso:
f= 30 + long/6

Sendo f=fuso e long= longitude

Para determinação do Meridiano Central do fuso:
MC = -183 + (6*f)
SISTEMA GEODÉSICO BRASILEIRO DATUM: “Datum é o conjunto de parâmetros que definem o sistema cartográfico de um País” O Brasil atualmente adota o datum SIRGAS 2000. O Datum Vertical oficial do Brasil, atualmente, é o marégrafo de Imbituba, em Santa Catarina.
CARTA INTERNACIONAL DO MUNDO AO MILIONÉSIMO – CIM Obtida com a divisão do planeta em 60 fusos de amplitude 6º, numerados a partir do fuso 180º W - 174º W no sentido Oeste-Leste.
Cada um destes fusos está dividido a partir da linha do Equador em 21 zonas de 4º de amplitude para o Norte e com o mesmo número para o Sul.
A divisão em fusos aqui apresentada é a mesma adotada nas especificações do sistema UTM, cujas especificações são pautadas nas características da CIM
Full transcript