Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Vivências em dança: um estudo sobre a identidade cultural de

No description
by

Patrícia Pires Thomazelli

on 22 September 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Vivências em dança: um estudo sobre a identidade cultural de

2. O Ritmo nasce na ilha sob o mar..
.

Eles carregavam a dança no corpo: um estudo sobre a identidade cultural de imigrantes haitianos a partir da estética decolonial.



Mestranda: Patrícia Pires Thomazelli
Orientador: Adolfo Ramos Lamar
Encontro com a dança
Dança no Contexto
Social
É preciso dar voz e dar corpo para que as diferenças possam se expressar

Abertos para ouvir e ver que as diferenças têm a dizer

Integrar as diferenças num contexto que não as anule

SEO
CMS
Identidade Cultural Nacional
Maria Fux (1986, p.46) diz que: “Tudo pode ser dançado e compreendido, sem limites de idade, pois o corpo, por uma razão ancestral, sempre teve necessidade de comunicar-se através do movimento”.
A Identidade Cultural do imigrante como um desafio da educação...

Construção de identidades particulares

Reconhecimento das diferenças

Relações mais democráticas
Sumário
Professora de Artes, Dança e Coreografia
Licenciatura em Artes Visuais - FURB
Especialização em Dança Educacional - FSF
Mestrado em Educação - FURB

Bem-vindos à pesquisa...
1. OS TAMBORES COMEÇARAM A FAZER BARULHO

2. O RITMO NASCE NA ILHA SOB O MAR

3. MOVENDO-SE AO SONS DOS TAMBORES

4. ELES CARREGAVAM OS SONS NO CORPO

5. OS TAMBORES VÃO CALANDO...SILÊNCIO

Meu encontro com a pesquisa...
Pergunta:

Como se manifesta a identidade cultural de imigrantes haitianos em vivências com a dança no contexto educacional para estrangeiros em Blumenau, Sc, Brasil?
Curiosidade sobre como pessoas de uma determinada cultura se expressam na dança após o contato com as danças de outras culturas.

EDUCOGITANS - grupo que pesquisa a diversidade cultural em países da América Latina e do Caribe.


Um grupo de imigrantes haitianos na cidade de Blumenau, SC. Eles vieram do Caribe, que é uma região onde nasceram muitos ritmos.
Ao imigrar trouxeram muito mais do que
a carteira e a força de trabalho.... Eles trouxeram sua cultura e costumes!
A intolerância contra “o ser” daqueles que não possuem os padrões da sociedade, gera uma necessidade educacional, pois lida com a questão do poder ser diferente.
Diáspora haitiana, para o Brasil ganha força após o exército brasilieiro oferecer ajuda humanitaria para reconstrução do Haiti após o terremoto de 2010.
Objetivos específicos
• Contextualizar a identidade cultural do imigrante haitiano e a dança a partir da estética decolonial enquanto um desafio da Educação Intercultural no contexto educacional para estrangeiros.

• Identificar os discursos e as corporeidades manifestadas por imigrantes haitianos em vivências com a dança.
• Discutir a relevância da dança enquanto mediação intercultural na educação para que identidade cultural do imigrante haitiano se manifeste no contexto educacional para estrangeiros.
Danças Sazonais

Rara e Carnaval
1492 - Heranças do período colonial
Danças Populares

Mereng
Compas, Bachata e Rap
1804 - Misturas do pós-independência
1915 - Entusiasmos pós-ocupação norte-americana
Danças Religiosas

Vodu
Identidade Cultural Híbrida

STUART HALL
Identidade Cultural Nacional e Híbrida
WALTER MIGNOLO
Decolonialidade e Estética Decolonial
REINALDO MATIAS FLEURI
Educação Intercultural
ISABEL MARQUES
Educação Intercultural na Dança
DAVID LE BRETON
Identidade Cultural na corporeidade
CLÁUDIA FOGANHOLI
Identidade Cultural na Dança
MÁRCIA STRAZZACAPPA
Educação em Dança
MARIA FUX
Dança como experiência de vida
EDLEISE MENDES
Educação Intercultural para estrangeiros
GERMANA DALBERTO
História do Haiti
Tradição
Caráter vinculante e normativo
Nos liga ao passado
Sentidos sobre “Nação”
Um “Eu” coletivo

Tradução
Sujeitos diaspóricos
Caráter da transformação
Transcende a história e a cultura
Flutuar em outras culturas


Narrativas da nação
Continuidades da tradição


Negociações culturais
Adaptação corporal
Dança = Objeto cultural
Professor = Mediador Intercultural


Reconhecimento das singularidades de uma cultura, pois, os saberes ancestrais se configuram nas técnicas corporais.

Marques (1996)

[...] escutemos, experimentemos e viajamos ao e com o mundo do jovem para que possamos compreende-lo, segundo sua perspectiva de vida e visão/atuação, estabelecendo assim, um diálogo possível”. (MARQUES, 1996, p.42, grifos do autor).

Círculos de conversa
Arte
Ensino
Sociedade
Pensamento Decolonial
Fleuri (2012, p.89) destaca que é preciso uma compreensão do imaginário no processo colonizatório que é sustentado pelas culturas hegemônicas globalizadas.
Estética Decolonial
A estética está entrelaçada com o pensamento colonial, pois ela julga a maneira como as pessoas devem se manifestar.

Aiesthesis
Libertar a aiesthesis
Estética
Adquire a dimensão de beleza, que está estritamente ligada a moral e se torna uma teoria para regular o gosto
Se remete a sensação visual, gustativa, auditiva e todos os processos de percepção humana
A estética construiu as bases para a desvalorização de toda a experiência aiesthésica
Mignolo (2012)
Educação Intercultural
Estética decolonial
Danças Populares
Contextualizar arte
Fazer arte
Ler arte
Análise de Conteúdo em dados
videogravados - ATLAS T.I7
Análise de Conteúdo
Planejando a 'Festa Cultural'
Metodologia
Observação participante e pesquisa
visual
Metodologia
Curso de Língua Portuguesa e Cultura Brasileira para estrangeiros do IFSC.
Campo de pesquisa
Sujeitos
09 Homens e 01 mulher
(23 à 37 anos)
Sala C-203
Campus 03 - FURB
27/06/16
DANÇA NO CONTEXTO
Marques (1996)
Categorias: Tradição e Tradução
4. Eles carregavam os sons no corpo
Nomeei os imigrantes com nomes de artistas haitianos
Tradição: Narrativas de nação e continuidades da tradição
Tradução: Negociações Culturais e adaptação corporal
3.1 Dançando em mundos separados
3.2 Caminhando trechos superando obstáculos
3.3 Vislumbrando a dança

Objetivo Geral

Compreender como se manifesta a identidade cultural de imigrantes haitianos a partir da estética decolonial em vivências com a dança no contexto educacional para estrangeiros em Blumenau, SC, Brasil.
/conhecendo_a_cultura_do_outro_ vamos_reconhecendo_a_própria_cultura
A contextualização histórica das danças do Haiti e teórica sobre identidade cultural nacional e híbrida, foram essenciais para analisar nas corporeidades e discursos as tradições e as traduções.

Um desafio para a educação na medida em que, se tratando de um grupo minoritário e estrangeiro, a tendência em impor a cultura dominante é muito maior.
Na educação intercultural o professor possibilita a decolonização, pois, as relações entre culturas são mais democráticas e transcendem o colonialismo.
3. Movendo-se aos sons dos tambores
A aiesthesis vai se manifestar da forma como cada ser humano se relaciona com as experiências durante a vida. E estas estéticas também estarão sujeitas a mudanças nas diferentes épocas e locais conforme as flutuações culturais.
5. Os tambores vão calando...Silêncio
Referências

FLEURI, R. M. (2012) Educação intercultural: decolonializar o poder e o saber, o ser e o viver. Visão Global, Joaçaba, v. 15, nº1-2,p 7-22, jan/daz, 2012.

FOGANHOLI, C. (2015) Educar e educar-se na diversidade: uma relação com as danças das culturas populares no Brasil e em Moçambique. 2015. 366 f. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de
São Carlos. São Carlos, 2015.

FUX, M. Dança, experiência de vida. Summus Editorial, 1983 - 142 p.

MARQUES, I. A. (1996). A dança no contexto: uma proposta para a educação contemporânea. 1996. 212 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo. São Paulo, 1996.



Parecer número: 1.648.281
Comitê de Ética
Jamaica -Reaggue
Porto Rico - plena, bomba boricua, etc
República Dominicana - merengue
Cuba:Guajira (camponesa), Danzon, Guaracha, Mambo, Rumba e Guaguancó, cha-cha-cha, Reaguetton cubano
Muito Obrigada!
Full transcript