Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

IPAV 2013

No description

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of IPAV 2013

«Só existimos nos dias em que fazemos.
Nos dias em que não fazemos apenas duramos.»
P. António Vieira
Plano de atividades 2013
Projetos em curso
Projetos incubados

Capacitação de jovens com elevado potencial de liderança;
Provenientes de contextos de exclusão social (ou com intenção de lá desenvolver atividade);
Vir ema desenvolver projetos de inovação e empreendedorismo social ao serviço da comunidade;
Público-alvo mais abrangente e multicultural;
80 jovens, entre os 18 e os 35 anos;
Candidaturas apresentadas por instituições;
Grande Lisboa e grande Porto;
LISBOA
76 participantes
PORTO
33 PARTICIPANTES
CRONOGRAMA
Divulgação /
Candidaturas
Jan
2013
Mar-Dez
2013
Entrevistas /
Seleção
Formação
Liderança
(inspiracional)
Fev
2013
Formação
Projeto
Jan-Jun
2014
Seminário
Final
Jun-Jul
2014
Incubadora
Set
2014

Apoio a desempregados, em particular os que sofrem um maior impacto psicológico do desemprego;
Dinâmica de entreajuda em grupo;
Com o apoio de dois facilitadores;
Procura activa de emprego para os seus membros, tendo cada um deles a função de apoiar os restantes nessa missão;
Metodologia simples, de baixo custo e elevada eficácia, para a restauração psicológica e anímica de desempregados
Objetivos

Atingir até ao final de 2013 o número de 50 GEPEs em todo o país (Norte, Centro, Sul e Ilhas);

Organização do primeiro Congresso Gepe a 13 de Julho de 2013;

Criação de um livro com histórias de vida e testemunhos reais.
Instituição
anfitriã +
animadores
Formação
Constituição
do
Grupo
Reuniões
Avaliação
Ciclo GEPE
(1 ano)
Projecto de mapeamento de iniciativas inovadoras e de criação de conhecimento.

Metodologia de proximidade com as comunidades locais;

Análise nos factores de competitividade dos modelos de negócio inovadores identificados;

Divulgação e disseminação internacional de casos de sucesso e boas práticas nacionais.
Mapeamento de iniciativas de Inovação e Empreendedorismo Social, com a aplicação de metodologia ES+.

Desenvolvimento e aplicação-piloto de ferramenta para “Análise de Competitividade”.

Organização de Eventos Nacionais e Internacionais e Divulgação Internacional.
Concepção, desenvolvimento e manutenção de Base de dados de Inovação e Empreendedorismo Social em Portugal Continental.

Desenvolvimento e implementação de um sítio web e Mapa Interactivo online.

Produção de vídeos institucionais das iniciativas de Inovação e Empreendedorismo Social em Portugal.

Compilação e produção de livro “Mapa da Inovação e Empreendedorismo Social em Portugal”
Rede internacional de jovens cidadãos (jovens e não jovens) de diversos bairros com contextos étnicos, culturais e religiosos diversos com os seguintes objectivos:

> metodologia bottom-up, focando-se na experiência das pessoas que vivem em bairros escolhidos para o efeito;

> Os participantes debatem como, segundo a sua perspectiva, se pode construir uma sociedade multicultural bem sucedida.

4 territórios: Outurela-Portela (Portugal), Morillon (França), (Palermo) Itália, e Birmingham (Reino Unido);

Grupo local é composto por jovens da comunidade e responsáveis pelas instituições locais (escola, centro de saúde, polícia, junta de freguesia, associações);
Coordenador:
Hélder Delgado

Promotor:
Institut français des relations internationales
Projeto desenvolvido no âmbito da Incubadora Social Ubuntu.

Reuniu consórcio de entidades para candidatura à 5ª geração do Programa Escolhas.

Entidade promotora: Câmara Municipal de Oeiras.

Entidade gestora: IPAV.

Candidatura aprovada em dezembro de 2012 para o triénio de 2013-2015

Início a 1 de Março de 2013.

Projeto de acompanhamento de crianças e jovens do Bairro dos Navegadores, em Oeiras.
Projetos a desenvolver
Originalmente designado por Clube Rugby Kellerman (associação sem fins lucrativos, criada em 2010, com o objectivo de proporcionar uma experiência concreta dos valores do Rugby junto de comunidades dificilmente expostas a este desporto )

Liderado estritamente por voluntários, em grande parte ligados ao Rugby, que acreditam na importância da sua contribuição para a sociedade por esta via.

A partir da época 2013/14 acordo de cooperação firmado com o IPAV / Academia Ubuntu.

A coincidência de valores entre o projecto original e o IPAV / Academia Ubuntu permitiu a fusão de intenções neste novo projecto - Academia Ubuntu Rugby.
Cartão de pontos...

…atribuído a um dado beneficiário de um apoio social,
…que pode ser carregado pelo gestor do referido
programa social,
…mediante objetivos alcançados, previamente
contratualizados.
…os pontos podem ser trocados por
“Vantagens/Prémios” de um catálogo local ou nacional.
(Baseado no modelo de cartões de fidelização. )
Programa de Educação para a Justiça e para o Direito, para jovens de contextos vulneráveis, com base em acções de divulgação, workshops e jogos de simulação de um caso em Tribunal ou em mediação.

O nível de literacia da população portuguesa sobre o direito e a justiça é baixo e também contribui para o mau funcionamento da justiça, (quer por excesso, quer por defeito).

O panorama só se alterará através de um esforço persistente de formação das novas gerações para o papel da justiça e da lei nas sociedades modernas.
Dinâmica lúdica e desafio permanente para os beneficiários.

Aproveitar o estatuto positivo dos cartões de crédito e de fidelização.

Manter a privacidade do utilizador.

De operação fácil. Modelo conhecido e testado.
Estrutura
Recursos físicos e meios próprios:
SEDE: Travessa das Pedras Negras, nº1, 4º
Delegação Porto: CiDEB, Univ. Católica Portuguesa
Campus de Asprela
Rua Dr. António Bernardino de Almeida
Estrutura orgânica
Assembleia Geral;
Conselho Fiscal;
Direção
Full transcript