The Internet belongs to everyone. Let’s keep it that way.

Protect Net Neutrality
Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Diferença entre Dissertação e Artigo de Opinião dentro da t

No description
by

Jeanette Fukushima

on 20 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Diferença entre Dissertação e Artigo de Opinião dentro da t

Diferença entre Dissertação e Artigo de Opinião dentro da tipologia argumentativa.




Dissertação


Geralmente um texto dissertativo é dirigido a um interlocutor genérico universal, sendo que o texto dissertativo não está preocupado com a persuasão e sim, com a transmissão de um conhecimento.















Artigo de opinião
O Artigo de Opinião pressupõe um interlocutor específico, que deve ser persuadido, ou seja, convencido do ponto de vista de quem escreve, ou demovido do ponto de vista por ele defendido.
Texto Argumentativo é tipologia textual, já a Dissertação e o Artigo de Opinião são gêneros textuais.
A produção de um Artigo de Opinião implica existência de uma situação social de comunicação, é estabelecido sobre um suporte, que pode ser um jornal (editorial, por exemplo), uma revista, onde há o editor , articulista e o público alvo, isto é, os leitores.


Não se faz nem Artigo de Opinião, nem Dissertação, sem leitura, informação, conhecimento e reflexão sobre um tema, ou assunto a ser desenvolvido. Os dois gêneros são estruturados em introdução, desenvolvimento e conclusão.
Resumindo, é preciso ter em conta o que se escreve, para quem se escreve e o que se quer transmitir. É necessário fazer isso com simplicidade, clareza e fundamentação de ideias.
Na prática
Um exemplo prático de emprego do Artigo de Opinião pode ser apresentado neste exemplo: Você é um defensor fervoroso da legalização do aborto, portanto sua estratégia será diferente para cada interlocutor, incluindo também os seus argumentos. Uma carta endereçada ao Papa a fim de que a Igreja católica reveja a matéria, apresentará argumentos diferentes de uma carta para que o cantor Roberto Carlos inclua este assunto em seu repertório; assim como será bem diferente uma carta a um senador para que ele coloque em pauta a votação de um projeto pela legalização do aborto.
Em todos estes casos, você estará redigindo algo para persuadir o leitor, convencê-lo sobre seus pontos de vista.
Se fosse uma dissertação, você estaria apenas expondo suas ideias, ou defendendo uma tese, mas em caráter universal.
Importante é lembrar que a coesão é a articulação gramatical entre os elementos do texto e a coerência é a articulação entre as ideias e o tema do texto. Tanto a Dissertação como o Artigo de Opinião devem apresentar coesão e coerência. Muito importante é que os dois gêneros que aqui estão sendo discutidos apresentem senso crítico do autor..
Obrigado por sua atenção.

Professora Jeanette Fukushima
bibliografia:www. macricopia português.com.br
Full transcript