Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A IMPORTÂNCIA DA CULTURA NO COMPORTAMENTO HUMANO

No description
by

Sarah Gouveia

on 17 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A IMPORTÂNCIA DA CULTURA NO COMPORTAMENTO HUMANO

A IMPORTÂNCIA DA CULTURA NO COMPORTAMENTO HUMANO

Muitas das atitudes e comportamentos das crianças tem origem nas imitações de indivíduos mais velhos e com mais experiência, ou seja , o ser humana aprende vendo e imitando os outros. Como por exemplo, os bebés de 11 meses observam e imitam os seus pais, que os acompanham diariamente. É assim que se processa, por exemplo, a fala e o desenvolvimento das capacidades motoras (aprender a andar).
2. Escola
A escola permite à criança entrar num meio social novo que vai ter sobre ela uma influência fundamental. Tem várias funções – além de proporcionar à criança instrumentos de trabalho, métodos de reflexão e conhecimentos que lhe vão ser úteis durante toda a vida, impõe-lhe novas regras e uma disciplina que a liberta parcialmente do meio e completa a sua formação, aprendendo a conhecer os outros e o meio que a rodeia.
Desenvolver as competências necessárias à transformação da criança num ser «útil» à sociedade - conferem-lhe esse estatuto de grande agente de socialização. A Escola é um agente de socialização formal (transmite conhecimentos, e desenvolve capacidades e competências próprias para a futura inserção no mundo do trabalho) e informal (ensina outros comportamentos indispensáveis à integração social, como o saber trabalhar em equipa, respeitar as hierarquias, etc.).
3. Grupos Sociais
Durante toda a vida o homem pertence a grupos sociais e outras instituições que continuam a sua socialização. Mas os meios mais eficazes de que a sociedade actual dispõe são os meios de comunicação. Os Mass media são todos os meios de comunicação destinados a grandes massas populacionais. A televisão, a rádio, o cinema, a imprensa, a Internet ou o cinema são os principais exemplos. No mundo de hoje, assistimos ao florescimento de outro importante e avassalador agente de socialização: os meios de comunicação de massas. A rádio, a televisão, a imprensa escrita e o cinema constituem hoje poderosos instrumentos de aprendizagem, uma vez que nos inculcam normas, crenças, valores, modelos de conduta, ... isto é, modelam-nos os comportamentos.
Conclusão
Após a realização deste trabalho, conseguimos concluir que grande parte da formação (tanto física como psicológica) do ser humano tem como base um pilar social, que condiciona o seu futuro. Tudo aquilo que nós somos é fruto das nossas aprendizagens sociais, que foram desenvolvidas durante séculos, passadas de geração em geração, até que a sociedade como a conhecemos , abrangedo regras essenciais para o seu funcionamento, fosse criada.
Como se processa?
O processo de socialização tem inicio no nascimento do individuo e termina com a sua morte, ou seja , a socialização acontece ao longo da vida do ser humano. Está dividido em 3 partes essenciais: Aprendizagem, Imitação e Identificação.
Socialização e transmissão cultural
Qual a sua importância?
Com base na aprendizagem cultural, as pessoas criam, lembram e lidam com ideias. As culturas foram comparadas com conjuntos de mecanismos de controlo como planos, receitas, regras ou instruções. As diferenças culturais foram encontradas na motivação académica, estilo de vida, conquistas, estilo de aprendizagem, conformidade, entre outros.
Os animais que são capazes de resolver problemas e imitar o comportamento dos outros são, portanto, capazes de transmitir informações através das gerações.

Socialização Primária

O processo de socialização primária é todo e qualquer aprendizado de carácter cognitivo, afectivo, social, moral, sexual, que vai desde o primeiro dia de vida até os doze anos de idade. Após os doze anos de idade, quando o pré-adolescente já inicia escolhas dos coleguinhas, na escola, na Igreja, na vizinhança, e se estende para a profissão, para o casamento, para mudanças para as diferentes cidades, estados e países, ainda há processo de socialização, mas é o secundário e vai até a morte.
Este processo inicia-se desde o primeiro dia de vida da criança.

Introdução
Com este trabalho, pretendemos melhor compreender e clarificar os conceitos de transmissão cultural e de socialização, e a forma como estes são implementados no dia-a-dia do ser humano e na sua evolução.
Assim, poderemos concluir sobre a derradeira relevância destes tópicos na formação da personalidade de cada um.
Agentes de socialização
A Família tem um papel determinante nos primeiros anos de vida. É aí que as crianças adquirem a linguagem e os hábitos do seu grupo social. Estes primeiros anos de formação são muito importantes na vida dos indivíduos. Normalmente, são os pais a adaptar os filhos à sociedade. Mas na sociedade actual é através dos filhos que os pais têm conhecimento de novos factores culturais. No caso das famílias imigrantes, os jovens desempenham um papel fundamental na socialização dos pais pois são as crianças que facilitam a integração dos seus pais. A aprendizagem e assimilação de novos conhecimentos nos primeiros anos de vida da criança deve-se ao facto de a socialização se fazer por via afectiva, revestida, pois, de forte componente emocional.
A transmissão cultural
A transmissão cultural, também chamada aprendizagem cultural, permite aos indivíduos adquirirem habilidades que eles seriam incapazes de adquirir de forma independente ao longo de suas vidas, sendo particularmente importante para os seres humanos.
O que é a Socialização?
Chama-se socialização ou sociabilização ao processo, através do qual os indivíduos aprendem e interiorizam as normas e os valores de uma determinada sociedade e de uma cultura específica. Esta aprendizagem permite-lhes obter as capacidades necessárias para desempenharem com êxito o seu papel de interacção social.
Por outras palavras, a socialização é a tomada de consciência (ou consciencialização) da estrutura social que envolve uma pessoa. O processo é possível graças à acção dos chamados agentes sociais, que são as instituições e os sujeitos representativos com capacidade para transmitir os elementos culturais apropriados. Os agentes sociais de maior relevância são a escola e a família, embora não sejam os únicos.


A aprendizagem vem desde cedo , porque nos é inculcada nos valores e nas regras sociais considerados correctos e os modelos de comportamento da sociedade a que pertencemos.


1. Aprendizagem


Habituação, associação, condicionamento, ensaios-erros, instintiva, observação- imitação, impregnação, recurso a símbolos, representações, etc ...


Aprendizagem Passiva - Responsável pelas transformações nas experiencias e atitudes do individuo, sem agir perante os problemas para os resolver.
Aprendizagem instrumental ou operante- Os resultados que originam as mudanças de atitudes do sujeito, dependem da actividade do sujeito.


Inteligência, motivação, aprendizagens anteriores, reforços e factores sociais

Tipos de Aprendizagem


Teorias de Aprendizagem




Factores de Aprendizagem


2. Imitação
A identificação é quando os indivíduos (crianças ou adultos ) se identificam com uma certa personagem do seu dia-a-dia que apresente características semelhantes às suas. Exemplo: As crianças identificam-se com os familiares e os jogadores de futebol identificam-se com o Eusébio.
3. Identificação
1. Família
Socialização Secundária
A Socialização Secundária é todo e qualquer processo que introduz um indivíduo já socializado em novas e diferentes realidades sociais de convivência da sua sociedade: a escola, os grupos de amigos, clubes, actividades desportivas de âmbito colectivo, entre outras. Ao chegar nesses novos grupos sociais, a pessoa se depara com novas exigências e expectativas às quais ela terá que ter recursos emocionais para lidar e corresponder. No entanto, pode se creditar tanto o sucesso quanto o fracasso na adaptação às novas realidades sociais e o seu desempenho, bem como os novos papéis que ela assumirá nos vários grupos a que poderá pertencer.
Full transcript