Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Barroco

No description
by

Ana Luísa

on 10 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Barroco

Características do Barroco Origem da Palavra Génese do Barroco Barroco na Literatura O Cultismo O conceptismo Características: Dualismo
Fugacidade
Pessimismo
Feísmo
Cultismo
Conceptismo
Linguagem rebuscada e trabalhada ao extremo
Literatura moralista Designa-se assim o estilo artístico excessivo que se seguiu ao Renascimento. Segundo algumas teorias, a palavra deriva do grego "baros", que significa “pesado”; para outros, provém do florentino "barochio" (“engano”), enquanto a hipótese mais generalizada relaciona a palavra com o português “barroco”, “pérola de forma irregular”. No século XVIII, o sentido ampliou-se para designar igualmente aquilo que é extravagante, irregular ou desigual; foi também aplicado às obras posteriores ao Renascimento, consideradas exageradas e confusas segundo a perspetiva clássica. Barroco é o nome dado ao estilo artístico que nasceu entre o final do século XVI e meados do século XVIII, inicialmente na Itália.
De certo modo o Barroco foi uma continuação natural do Renascimento, porque ambos os movimentos compartilharam de um profundo interesse pela arte da Antiguidade clássica, embora interpretando-a diferentemente, o que teria resultado em diferenças na expressão artística de cada período.
Ao contrário do Renascentismo o Barroco tratavade temas idênticos com maior dinamismo, contrastes mais fortes, maior dramaticidade, exuberância e realismo e uma tendência ao decorativo, além de manifestar uma tensão entre o gosto pela materialidade opulenta e as demandas de uma vida espiritual.
O Barroco era um novo modo de entender o mundo, o homem e Deus. Características do Barroco Busca de nova expressão de vida;
Conflitos: profano/sagrado; Homem/Deus; pecado/perdão; corpo/alma; matéria/espirito;
Procura da grandiosidade harmoniosa;
A variedade e o movimento na ideia espacial, por oposição à conceção estática e fechada da arte renascentista;
Conjugação da escultura com a arquitetura;
A paixão e os quadros expressivos e teatrais, com admiráveis combinações de cores;
Maravilha e o espanto... O conceptismo é uma vertente literária do Barroco, surgiu em meados do século XVII em Espanha. Origem: Características: Jogos de conceitos – onde é construído um raciocínio lógico;
Muitas vezes são buscadas respostas para um fenómeno que antes era atribuído à obra de Deus A literatura conceptista é marcada por: O tipo de escrita no Conceptualismo No conceptismo podemos encontrar o uso de metáforas pois serve para o escritor barroco ocultar aspetos desagradáveis ou indiferentes da realidade quotidiana, de modo a destacar somente os que podem oferecer algum valor estético. Encontramos também o uso da antítese, contraste e paradoxos pois são figuras cuja essência reside na evocação justaposta de conceitos contrários.

Pequei, Senhor, mas não porque hei pecado,
Da vossa alta clemência me despido;
Porque quanto mais tenho delinqüido,
Vos tenho a perdoar mais empenhado

Se basta a vos irar tanto pecado,
A abrandar-vos sobeja* um só gemido:
Que a mesma culpa que vos há ofendido,
Vos tem para o perdão lisonjeado.

Se uma ovelha perdida e já cobrada
Glória tal e prazer tão repentino
Vos deu, como afirmais na sacra história,

Eu sou, Senhor, a ovelha desgarrada,
Cobrai-a; e não queirais, pastor divino,
Perder na vossa ovelha a vossa glória.

Gregório de Mattos Pequei Senhor... Poema Concepstista: O maior representante do conceptualismo foi o espanhol Quevedo (1580-1645).
O padre António Vieira também teve um papel importante neste estilo literário, e ficou famoso pelos seus sermões. Curiosidades: O Cultismo tem influência do poeta Espanhol Luís de Gôngora dai o estilo ser também conhecido por gongorismo. No cultismo valoriza-se o “ como dizer”, a linguagem rebuscada, culta, extravagante; valoriza-se o pormenor mediante jogos de palavras.
O aspeto exterior imediatamente visível no Cultismo é o abuso na utilização de figuras de estilo como as metáforas, antítese, hipérboles, hipérbatos, anáforas, paronomásias. Autores: Miguel Cervantes, autor de “Dom Quixote de la Mancha”.
Lope de Vega, autor de “Pastores de Belem”.
Gôngora.
Thoma Crew.
John Donne. Após o Renascimento o modelo barroco difundiu-se pela Europa, principalmente na Itália.
Desenvolveu-se durante este período a poesia metafísica, a prosa filosófico-moral, a narrativa e o teatro.
Dois típicos modos de produção literária foram Cultimos e Conceptismo, ambas oriundas da Espanha.
O Cultismo usa fortes recursos estilísticos e o Conceptismo visa à agudeza de expressão. Caracteristicas: "O todo sem a parte não é o todo;
A parte sem o todo não é parte;
Mas se a parte o faz todo, sendo parte,
Não se diga que é parte, sendo o todo.
Em todo o Sacramento está Deus todo,
E todo assiste inteiro em qualquer parte,
E feito em partes todo em toda a parte,
Em qualquer parte sempre fica todo."

(Gregório de Matos) Poema Cultista Momento histórico do surgimento da literatura barroca: Ocorreu entre os séculos de XVI E XVII. Os quais foram marcados pelas disputas entre nações europeus e pelos conflitos religiosos que acabaram dividindo a igreja.

A arte barroca foi bastante influenciada pela Contra-Reforma, por isto era mais imperativa em países católicos.

Tantos conflitos geram reflexos nas artes, principalmente na pintura, que desenvolveu muitas formas carregadas de tensão e efeitos. Características: Busca da perfeição formal através de um estilo rebuscado;
Utilização contínua de neologismos; Metáforas arrojadas e hipérbatos (inversões sintáticas) frequentes Gôngora John Donne Quevedo P. António Vieira Trabalho realizado por: Ana Luísa
Ana Maria
Carolina
Sueli Obras Barrocas (colectâneas de poesia) A Fénix Renascida ou Obras Poéticas dos Melhores engenhos Portugueses
"Postilhão de Apolo", este é um nome abreviado da seguinte obra: Ecos que o Calrim da Fama dá: Postilhão de Apolo montado no Pégaso, girando no Universo para divulgar ao Orbe Literário as Peregrinas Flores da Poesia Portuguesa com que vistosamente se esmaltam os Jardins das Musas do Parnaso.
Full transcript