Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TECNOLOGIAS ESPORTE

No description
by

Guilherme Bagni

on 26 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TECNOLOGIAS ESPORTE

TECNOLOGIAS

PSICOLOGIA DO ESPORTE

Novas inter-relações
Justificativa
Número de episódios violentos em 2013;

Intensa relação das redes sociais com as torcidas organizadas;

Murad (2012) afirma que são marcados confrontos entre as torcidas pela internet no Brasil e em outros países;

Torcida
Identidade
Identidades múltiplas;
Pertencimento;
Avatares;
Fake.
Websites Redes Sociais

Cidades Digitais;

Ciberviolência
Anonimato do Agressor

O “cyberhooligan” brasileiro: hacker, cracker ou cyberpunk?
Considerações Finais
OBRIGADO!








guilhermebagni@uol.com.br
CIBERVIOLÊNCIA NO ESPORTE: UMA VISÃO SOBRE AS TORCIDAS ORGANIZADAS
Guilherme Bagni
CIBERTORCIDAS
(PIMENTA, 1997 ; REIS, 1998; SULLIVAN, 2001 ; CAVALCANTI , 2002; MACHADO, 2006; ROMERA; REIS, 2009 ; GRABIA, 2012; MURAD, 2012)

(SILVA, 2000; HALL, 2001; PERUZZO, 2002; MATUCK; MEUCCI, 2005; MOCELLIM, 2007; RECUERO, 2007; NÓBREGA, 2010; CASTRO, 2011; MACHADO; ZANETTI; MOIOLI, 2011; MARRA E ROSA; SANTOS, 2013; REBUSTINI, 2012; MOIOLI, 2013; ZANETTI, 2013 )

(ROCCO JUNIOR, 2007)

(YBARRA; MITCHELL, 2004; ZYSMAN, 2014)
Cibercultura e imaginário hooligan: rituais tribais e violência social no Orkut
(MENEZES MARTINS; MOMBERGER, 2008;)

As torcidas violentas e os cyberhooligans
Arquibancada Virtual;

A violência não se restringe aos 90 minutos;

Inversão de papéis.

(ROCCO JUNIOR, 2007 ; MENEZES MARTINS; MOMBERGER, 2008)

CIBERVIOLÊNCIA
Fontes de Renda;
5% de Membros Violentos;


Efeito do álcool
Diferenças entre países
Pertencimento identitário.

Carnaval
Violência
Clube
A presença de subgrupos dentro das comunidades;

O resultado e o desempenho dos times contam menos que a guerra contra o rival;

A face do websites de redes sociais como estádio, rua e pub permanentes dos cyberhooligans brasileiros;

O estádio, a rua e o Pub cenário da violência e da vigilância;

As tecnologias digitais complexificam e potencializam.
Referências
CASTRO, J. C. L. Relações fetichistas entre o ciberespaço e o mundo offline. In: SIMPÓSIO EM TECNOLOGIAS DIGITAIS E SOCIABILIDADE, 1., 2011, Salvador:
Anais...
Salvador: SIMSOCIAL, 2011. p. 1-10.
CAVALCANTI, Z. G.
Idade coletiva de torcidas organizadas de futebol da cidade de São Paulo
. São Paulo, 2002. Tese (Doutorado em Psicologia Social) – Pontíficia Universidade Católica de São Paulo, PUC, 2002.
GRABIA, G.
La doce
: a explosiva história da torcida organizada mais temida do mundo. Tradução de Renato Rezende. São Paulo: Panda Books, 2012.
HALL, S.
A identidade cultural na pós-modernidade
. Trad. de Tomaz Tadeu da Silva, Guaracira Lopes Lauro. 6. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.
MACHADO, A. A.
Psicologia do esporte
: da educação física escolar ao esporte de alto nível. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006.
MACHADO, A. A.; ZANETTI, M. C.; MOIOLI, A. O corpo, o desenvolvimento humano e as tecnologias.
Motriz
, Rio Claro, v. 17, n. 4, p. 728-737, out./dez. 2011.
MARRA e ROSA, G. A.; SANTOS, B. R.
Facebook e as nossas identidades virtuais
. Brasília: Thesaurus, 2013.
MATUCK, A.; MEUCCI, A. A criação de identidades virtuais através das linguagens digitais.
Comunicação Mídia e Consumo
, São Paulo, v. 2, n. 4, p. 157-182, 2005.
MENEZES MARTINS, F.; MOMBERGER, J. CIBERCULTURA E imaginário hooligan: RITUAIS TRIBAIS E VIOLÊNCIA SOCIAL NO ORKUT.
Razón y Palabra [On-line]
, Monterrey, v.13, n.64, p. 1-14 set./out., 2008. Disponível em: <http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=199520727019>. Acesso em 26 set. 2014.
MOCELLIM, A. Internet e identidade: um estudo sobre o website Orkut.
Em Tese
, Florianópolis, v. 3, n. 2, p. 100-121, jan./jul. 2007. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/emtese/article/view/13477/12360>. Acesso em 13 out. 2014.
MOIOLI, A. A
relação das novas mídias de comunicação e o esporte
: rupturas e conflitos para a formação moral a partir da representação social do futebol. 301 f. 2013. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias) – Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2013.
MURAD, M.
A violência no futebol
. São Paulo: Saraiva, 2012
NÓBREGA, L. P. A construção de identidades nas redes sociais.
Fragmentos de Cultura
, Goiânia, v. 20, n. 1/2, p. 95-102, jan/fev. 2010. Disponível em: <http://revistas.ucg.br/index.php/fragmentos/article/viewFile/%201315/899>. Acesso em: 17 de out. de 2014.
PERUZZO, C. M. K. Comunidades em tempo de redes. In: PERUZZO, C. M. K.; COGO, D.; KAPLÚN, G. (Orgs.).
Comunicación y movimentos populares
: ¿cuales redes? São Leopoldo: Unisinos, 2002. p. 275-298.
PIMENTA, C. A. M.
Torcidas organizadas de futebol
: violência e auto-afirmação, aspectos das novas relações sociais. Taubaté: Vogal, 1997.
REBUSTINI, F.
A vulnerabilidade no esporte e a exposição às novas mídias
: um estudo sobre o Twitter. 109 f. 2012. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias) – Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2012.
RECUERO, R. C. O Orkut como formador de novas identidades no ciberespaço. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 30., 2007, Santos.
Anais...
Santos: Intercom, 2007. p.1-15. Disponível em: <http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2007/resumos/R0796-1.pdf>. Acesso em 13 out. 2014.
REIS, H. H. B.
Futebol e sociedade
: As Manifestações da torcida. Campinas, 1998. Dissertação (Doutorado em Estudos do Lazer) – Faculdade de Educação Física, UNICAMP, 1998.
ROCCO JUNIOR, A. J. O “cyberhooligan” brasileiro: hacker, cracker ou cyberpunk? In: MARQUES, José Carlos. (Org.).
Comunicação e esporte
: diálogos possíveis. São Paulo: Intercom, 2007. p. 35 – 52.
ROMERA, L. A.; REIS, H. H. B. Uso de álcool, futebol e torcedores jovens.
Motriz
, Rio Claro, v. 15, n. 3, p. 541-551, jul./set. 2009. Disponível em: <http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/2334/2471>. Acesso em 10 dez. 2014.
SILVA, T. T. A produção social da identidade e da diferença. In: ______ (Org.).
Identidade e diferença
: a perspectiva dos estudos culturais. Rio de Janeiro: Vozes, 2000. p. 73 – 102.
SULLIVAN, J. P. Gangs, hooligans, and anarchists – the vanguard of netwar in the streets. In: ARQUILLA, J.; RONDENFELDT, D. (Org.)
Networks and netwars
: the future of terror, crime, and militancy. California: Santa Monica, 2000. p. 99 – 126.
YBARRA, M. L.; MITCHELL, K. Youth engaging in online harassment: Associations with caregiver-child relationships, Internet use, and personal characteristics.
Journal of Adolescence
, Londres, v. 27, n. 3, p. 319-336, 2004. Disponível em: <http://www.unh.edu/ccrc/pdf/jvq/CV63.pdf>. Acesso em 13 set. 2014.
ZANETTI, M. C.
Second Life®
: corpo ou avatar? Realidade ou fantasia? 178 f. 2013. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Humano e Tecnologias) – Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2013.
ZYSMAN, M.
Bullying
: cómo prevenir e intervenir en situaciones de acoso escolar. Buenos Aires: Paidós, 2014.
Full transcript