Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Assistência de enfermagem no cateterismo cardíaco e angiopla

No description
by

JULIANA MENDES

on 28 April 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Assistência de enfermagem no cateterismo cardíaco e angiopla

OBRIGADA!
Assistência de Enfermagem na Admissão do Cliente
Identificar o cliente corretamente ( dupla checagem);
Encaminhar o cliente para a colocação de avental e retirada de adornos;
Separar os exames laboratoriais e de imagem;
Confirmar jejum e preparo do exame de acordo com o pedido;
Puncionar acesso venoso periférico em MSE;
Aguardar avaliação médica/anestésica e termo de consentimento

Assistência de Enfermagem no Cateterismo Cardíaco e Angioplastia Coronária
O paciente também será entrevistado a respeito da história medicamentosa e sintomas.
Conhecer a história medicamentosa também se torna indispensável durante a seleção da pré - medicação.


Nitratros- Sildenafil
:amplifica a ação vasodilatadora dos nitratos, podendo acarretar hipotensão grave, potencialmente fatal. Com base no perfil farmacocinético do sildenafil não se devem utilizar nitratos nas 24h que se seguem ao seu uso.


MEDICAÇÕES
Xarelto , Marevan® ( Varfarina ), Clexane
: Seu uso pode ocorrer hemorragias ativas de grande porte e condições com alto risco de desenvolvimento de hemorragia incontrolável, incluindo acidente vascular cerebral hemorrágico recente.


Metformina
: provocar um comprometimento temporário da função renal, causando um acúmulo de metformina no organismo e indiretamente levando à  acidose láctica.


Resultados laboratoriais prévios e outros dados pertinentes são também revisados.


Plaquetas
:

As plaquetas circulam no sangue e são fundamentais para formação dos trombos, verdadeiros tampões que cessam o sangramento. Portanto baixa quantidade de plaquetas pode predispor a fenômenos hemorrágicos


Creatinina e Ureia
:

A creatinina e a ureia são provas de função renal (avaliam a função dos rins).


Coagulograma :


Este é um exame de sangue capaz de diagnosticar uma série de complicações hemorrágicas.


Função hepática :

Fígado tem o papel central na hemostasia – sintetiza a maioria dos fatores e inibidores da coagulação


Pacientes com disfunção renal, ou com risco de desenvolvê-la, poderão necessitar  de alguma medicação ou internação prévia para hidratação com soro fisiológico, visando minimizar riscos de disfunção renal ocasionada pelo contraste do exame (este deverá ser de um tipo especial, com menos potencial de lesar o rim). Pacientes renais crônicos deverão fazer diálise no dia que antecede o exame.


Uma explicação detalhada do procedimento será dada ao paciente, o que é importante para garantir completa compreensão e cooperação. A explicação incluirá possíveis riscos e complicações do procedimento, de forma que o paciente fique completamente informado antes de assinar o consentimento.


Enfª M.ª Juliana Mendes
O pulso na extremidade distal do local de punção selecionado é avaliado


No local da punção são realizadas tricotomia

Punção de acesso venoso

EQUIPE DE ENFERMAGEM POSTA PARA CIRCULAÇÃO DE SALA, OFERECENDO MATERIAIS NECESSÁRIOS DURANTE O PROCEDIMENTO.
ENFERMEIRO É ACIONADO PARA ESTAR PRESENTE QUANDO NECESSÁRIO ( INTERCORRÊNCIAS) .
OS MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA O PROCEDIMENTO JÁ FICAM SEPARADOS ( ENFERMEIRO ) E POSTOS PARA USO.



É RESPONSABILIDADE DA ENFERMEIRA REALIZAR :

EXAME FÍSICO NO PACIENTE;
CHECAR PESQUISA DE ALERGIA
ALTERAÇÕES EM EXAMES LABORATÓRIAIS;
DISCUTIR COM MÉDICO RESPONSÁVEL PELO PROCEDIMENTO OS EXAMES PRÉVIOS, PARA MELHOR ESTUDO DO PACIENTE;
SEPARAR MATERIAIS NECESSÁRIOS PARA A REALIZAÇÃO DO PROCEDIMENTO;
INFORMAR EQUIPE SOBRE OS CUIDADOS NECESSÁRIOS PARA CADA PACIENTE;
OBSERVAÇÃO
TERMINANDO O PROCEDIMENTO, O CLIENTE É ENCAMINHADO PARA RPA, MANTENDO-SE MONITORIZADO. ( SEMPRE DE MACA )
É REALIZADO A RETIRADA DO INTRODUTOR ARTERIAL, PELO MÉDICO OU ENFERMEIRO RESPONSÁVEL DO PLANTÃO, APÓS RETIRADA REALIZADO COMPRESSÃO NECESSÁRIA CURATIVO COMPRESSIVO.
LIBERAR DIETA APÓS 30 MIN. DA RETIRADA DO INTRODUTOR;
POR POSSÍVEIS COMPLICAÇÕES NO LOCAL DA PUNÇÃO, COMO POR EXEMPLO ( SANGRAMENTOS, EDEMAS, HEMATOMAS LOCAIS, ALTERAÇÃO NA PERFUSÃO PERIFERICA.
ESTAR ATENTO A MUDANÇAS SÚBITAS DO QUADRO CLÍNICO


ORIENTAÇÕES A SEREM DADAS AO CLIENTE
Relaxar e descansar;
Beber bastante líquido;
Alimentar-se normalmente, evitando gorduras e frituras;
Manter o curativo no local onde foi feita a inserção do cateter;
Não dirigir por 07 dias;
Não fazer exercício vigoroso ou levantar peso por 07 dias;
Não tomar banho quente por 12 horas;
Não fumar por 24 horas.
Após o exame, o paciente deverá entrar em contato imediatamente com o médico:


Todo paciente deverá sair com orientações por escrito!!!
- Se o local da punção sangrar (deite e pressione o local). O médico orientará se precisa ou não voltar ao hospital.  O aumento de volume mais marcante no local da punção também deve ser notificado imediatamente ao médico;


OBSERVAÇÕES

REALIZAR PEDIDO DE COAGULOGRAMA PARA RETIRADA DO INTRODUTOR ( QUANDO PROCEDIMENTO POR INCISÃO FEMORAL );
REALIZAR A BAIXA E ORGANIZAÇÃO DOS MATERIAIS UTILIZADOS PARA ENTREGAR AO REPRESENTANTE.
REALIZAR BUSCA ATIVA DO CLIENTE DE ACORDO COM SUA COMPLEXIDADE.


POSIÇÕES ANGIOGRÁFICAS
CONHECENDO AS CORONÁRIAS

Equipamento de cineangiografia componentes:
Gerador;
Tudo de raios x;
Intensificador de imagem;
Posicionador ( braço em c );
Sistema óptico;
Câmera de vídeo;
Gravador de mídia;
Conversor digital analogico e monitores de tv
TIPOS DE ANGULAÇÕES
CRANIAL

CAUDAL

De acordo com as projeções do intensificador temos 02 termos.
O primeiro termo: denota a rotação, sendo as projeções denominadas oblíqua anterior direita e oblíqua anterior esquerda.
O segundo termo: diz respeito ao plano sagital e as projeções são denominadas cranial e caudal.
Coronária Direita
ramo do cone

cateter

ramo do nó sinusal

ramo agudo marginal

ventricular posterior

descendente posterior

cateter

ramo do cone

ramo do nó sinusal

ramo agudo marginal

ventricular posterior

descendente posterior

OAE
OAD - CRANIAL
OAE CRANIAL
OAE CAUDAL – “SPIDER”
OAD CRANIAL
OAD CAUDAL
OAD - CAUDAL
OAD - CRANIAL
OAE - CRANIAL
TCE

CX

DA

MG
DG
AV
TE
CX
DG
DA
SEPTAL
CX
MG
AV
DG
DA
Oximetria na Avaliação
REFERÊNCIAS
ZIPES, Douglas ( Ed ). Braunwald Tratado de Doenças Cardiovasculares. 7ª Edição.Rio de Janeiro: Futura,2006.
SERRANO, Carlos ( Ed ). Socesp TRatado de CArdiologia. 2ª Edição,Barueri,SP. Manole,2009.
RIBEIRO, Expedito ( Ed ). Hemodinâmica e cardiologia intervencionista. Barueri,SP. Manole,2008
" VOCÊ TEM IDEIA, QUE UMA MALA DECHADA EM UM AEROPORTO ESTÁ ESTATISTICAMENTE MAIS SEGURA DO QUE UM PACIENTE INTERNADO? "
REFLEXÃO....
REFLEXÃO....
" DE 2001 A 2006 O NÚMERO DE MORTOS EM ACIDENTES AÉREOS NOS EUA FOI ZERO.

NESTE MESMO PERÍODO, O NÚMERO ESTIMADO DE MORTOS EM HOSPITAIS AMERICANOS, VÍTIMAS DE ERROS MÉDICOS FOI ESTIMADO EM 250 MIL A 500MIL."
REFLEXÃO.....
" ISSO EQUIVALE A DERRUBAR CERCA DE 1.400 BOEINGS 747 TOTALMENTE LOTADOS, SEM DEIXAR SOBREVIVENTES "
HTTP://WWW.WHO.INT/PATIENTSAFELY/SAFESURGERY/SS_CHECKLIST/EN/
1. Meta Internacional
Identificação Correta do Paciente
Como o cliente se apresenta para a hemodinâmica?
Eletivo:
Marca a realização do procedimento; ( Hosp. Dia)
Durante a Internação:
Quando é solicitado o procedimento hemodinâmico
Urgência Emergência:
Podendo dar entrada pelo P.S ou mesmo internado
Em casos de intervenção, permanece internado em média 2 a 3 dias
(Serviço)
Assistência de Enfermagem na Admissão do Cliente
Histórico de enfermagem;
Verificar pedido médico (acesso...duração);
Tipo e quantidade de contraste;
Exame físico;
Materiais específicos;
Retaguarda /Reserva de UTI;
Reserva de sangue, SVD, PAI, CVC
Assistência de Enfermagem na Admissão do Cliente
Qual o preparo a ser realizado solicitação do procedimento ( Internado)?
Após solicitação do exame deve-se:

Passagem de plantão a hemodinâmica;
Confirmar jejum, de 6 a 8 horas (varia com o exame) e preparos especiais;
Colocação de avental;
Retirar próteses e adornos metálicos;
Encaminhar o cliente com o protuário, exames anteriores, questionário e etiquetas

Situações Especiais que exigem cuidados Diferenciados
Clientes com História de alergia a contraste
Preparo prévio com medicamentos;
Orientação ao cliente;
Organização e preparo da equipe
Assistência de Enfermagem na Admissão do Cliente
A partir da vivência profissional notou-se:
A dificuldade dos clientes no instante em que recebem a notícia que terá que ser submetido a um procedimento hemodinamico.

Embora as intercorrências sejamenores que 1%, o stress emocional que acomete o cliente e sua família no Pré- operatório, podem prejudicá-lo na conscientização, orientação e preparo do exame
2. Meta Internacional
Comunicação Efetiva
Check list - Assistência de Enfermagem
Histórico de enfermagem/ Exame físico
ok
Termo de consentimento (médico)
ok
Acesso venoso calibroso ( >=18G)
ok
Coleta de exame pré- operatórios
ok
Tipagem + reserva de sangue
ok
Confirmação da vaga em UTI
ok
Atenção a ALERGIAS
ok
Tricotomia )Tipo Shorts....)
ok
Assistência de Enfermagem
Estar Atento!!!

Equipamento de Emergência;
Duração do exame: Tempo de Scopia - contraste;
Antibioticoprofilaxia;
Cirurgia Segura;
Extubação conforme protocolo;
Balanço hídrico
Assistência de Enfermagem na Admissão do cliente
Estar atento a clientes com necessidades especiais vulneráveis, risco de queda;
Comunicar e explicar todos os procedimentos a serem realizados;
Preservar a integridade do cliente, respeitar crenças e valores
LAVAR
SEMPRE
AS MÃOS!
5. Meta Internacional
Reduzir o risco de infecção Hospitalar
6. Meta Internacional
Reduzir o dano decorrente de queda
Enfermagem deverá sempre acompanhar o paciente sempre! Orientá-lo a sempre solicitar ajuda.
Assistência de Enfermagem no Pré- Operatório
Montagem da sala de hemodinamica de acordo com o procedimento;
Verificar e testar os equipamentos que serão utilizados;
Verificar e confirmar junto a equipe médica qual o contraste a ser utilizado ( Iônico ou não Iônico, Alta ou Baixa Osmolaridade);
Cadastrar o cliente no equipamento;
Posicionar o cliente de acordo com o procedimento
Realizar aferição de sinais vitais
Teste de Barbeau
Assistência de Enfermagem no Trans - Operatório
Monitorização junto ao polígrafo e desfibrilador;
Preparo e manuseio de seringa injetora;
Auxílio a equipe médica junto aos materiais, troca de contraste, medicação e monitoramento de Sinais Vitais;
Observar e acalmar o cliente durante o procedimento
Assistência de Enfermagem no Trans - Operatório
Assistência de Enfermagem no Trans - Operatório
Ao término do procedimento desprezar os materiais perfuro cortantes; ATENÇÃO
Desprezar os materiais infectantes;
Encaminhar os instrumentais ao expurgo;
Cuidados com o introdutor ao passar o cliente para a maca;
Realizar cobranças e anotações de sala e proceder com a limpeza da sala junto com a "higiene";
Encaminhar o cliente com o protuário e exames ao repouso
Assistência de Enfermagem no Pós - Operatório
"Inteligente é aquele que concerta seus erros....
SÁBIO é aquele que os evita..."

3. Meta Internacional
Segurança nas medicações e de Alto Risco/ Vigilância
Full transcript