Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Estrutura dos Vírus e HIV

No description
by

Kilma Parente

on 22 May 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Estrutura dos Vírus e HIV

Parasitas intracelulares obrigatórios
Proteínas gp 41 - proteínas
ligantes do envelope do HIV
Sítio de encaixe com a célula ocupado por anticorpos específicos.
Vírus HIV na microscopia de varredura
Como o HIV infecta a célula e
se replica dentro dela
Estrutura viral:
Proteínas de envelope gp 120
A morte se dá por doenças oportunistas, em decorrência da falência imunológica generalizada
do latim: "veneno"
VÍRUS
HIV: um RETROVÍRUS
proteínas e enzimas presentes no HIV
Partículas Infecciosas Acelulares
Plasmócitos produzem e liberam anticorpos específicos, mas...
Os novos vírus em formação sofrem mutações, dificultando a ação do sistema imune e o tratamento com o coquetel anti-HIV ou antirretroviral
A gp 41, a transcriptase reversa
e a integrase desempenham papéis fundamentais na adsorção e replicação do HIV dentro da célula hospedeira
Bicamada fosfolipídica
Envelope viral - camada lipídica

O Sistema Imune faz inúmeras
tentativas para eliminar o
vírus HIV
Com a transcrição reversa e integração do DNA viral ao DNA do hospedeiro, o vírus faz da célula sua fábrica de clonagem

"
A Aids não é mortal. Mortais somos todos nós.
"
Betinho (Sociólogo)
Vírus HIV
Nos vírus de DNA - com cadeia dupla (dsDNA) ou cadeia simples (ssDNA):
Com a penetração do genoma viral no núcleo das células eucarióticas por meio dos poros nucleares, ocorre a
transcrição do mRNA
e a
replicação do DNA
viral para a montagem das novas partículas virais.
Exemplo:
Herpesvírus








Micrografia eletrônica do vírus Influenza A
Modelo do vírus HIV
Material Genético: DNA ou RNA
Numa célula hospedeira o genoma viral direciona a síntese dos componentes necessários para a produção de novos vírions.

Vírions são partículas virais completas, ou seja, os veículos para a transmissão do genoma viral para próxima célula hospedeira.

Uma vez dentro da próxima célula, os vírions são
“desmontados” iniciando o novo ciclo de infecção.

Todos os vírus precisam transcrever o mRNA que
será traduzido pelos ribossomos do hospedeiro.

Vírus com RNA de fita positiva (+)
Nesses vírus, o RNA genômico do vírion já
pode funcionar como RNAm
. Este mRNA pode ser traduzido imediatamente após a infecção da célula hospedeira.
Exemplo:
Poliovírus

Vírus com RNA de fita negativa (-)
O RNA do vírion tem sentido complementar ao do mRNA e
precisa ser copiado num mRNA de sentido positivo
(+) para que as proteínas possam ser produzidas nos ribossomos. Assim,
esses vírus precisam de uma RNA-polimerase dependente do RNA viral
para replicá-lo, e, para isso,
precisam produzi-la e empacotá-la no novo vírion
para que ela possa transcrever o RNAm ao infectar a nova célula.
Exemplos:
vírus da influenza (Ortomixovírus), vírus do sarampo, da caxumba e da raiva

Vírus de RNA de cadeia dupla
Por ser de fita dupla, o RNA do vírion não pode funcionar como RNAm; assim esses vírus
também precisam empacotar uma RNA-polimerase
para fazer seus mRNA após infecção da célula hospedeira.

Exemplo:
Rotavírus
Nos vírus de RNA (sem a fase de DNA):
Membrana Plasmática
composição lipoproteica
Estimula a proliferação de linfócitos T- citotóxicos contra o antígeno
Estimula a proliferação e diferenciação dos linfócitos B em plasmócitos para produzir anticorpos contra o antígeno
Linfócito T-helper
Reconhece macrófagos ativados
Ebolavírus
composição química dos vírus: substâncias orgânicas
HIV
Mecanismo de ação do sistema imunológico
Na infecção por HIV:

Full transcript