Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Reprodução

No description
by

RICARDO LOBO

on 27 August 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Reprodução

Reprodução
Prof. Ricardo Lobo
Assexuada -
Vantagens
e
desvantagens
:

Mais rápida
Menor gasto de energia
Mais confiável
Sem variabilidade genética
Maior vulnerabilidade
Amitose ou Bipartição ou
Cissiparidade ou Divisão binária
Ocorre em microorganismos.
Brotamento em hidras
Estrobilização
Fissão transversal em planárias
Partenogênese
Partenogênese

Quando um óvulo se desenvolve sem ter havido fecundação. Pode ser:

Arrenótoca:
quando dá origem a machos.
Telítoca:
quando dá origem a fêmeas.
Deuterótoca:
quando pode dar origem tanto a machos quanto a fêmeas.
Pedogênese: Quando uma larva se reproduz.
Sexuada -
Vantagens
e

desvantagens

Promove variabilidade genética.
Menor vulnerabilidade da população.
Maior gasto energético.
Menor confiabilidade.
Conjugação: Quando há transferência de material genético através de uma ponte citoplasmática.
Ocorre em bactérias e protozoários.
Conjugação, Transformação e Transdução
Transformação gênica: Quando uma bactéria engloba material genético de outra que morreu.
Quanto a reprodução sexuada, os animais podem ser classificados em:

Monóicos (hermafroditas): produzem os dois tipos de gametas em um único indivíduo. Ex: planárias, minhocas e caramujos.
Dioicos (sexos separados): produzem os dois tipos de gametas em indivíduos separados.
Fecundação cruzada
A fecundação pode ser interna, quando o encontro dos gametas ocorre dentro da fêmea.
Fecundação externa: quando ocorre fora do corpo da fêmea.
Desenvolvimento direto: quando não tem estágio larval.
Desenvolvimento indireto: quando existe um estágio larval.
Pedogênese:
quando uma larva se reproduz e dá origem a outras larvas. Ex: o miracídio que dá origem a cercárias do verme
Schistossoma mansoni
.
Neotenia: quando um ser atinge a maturidade sexual mantendo as características larvárias. Ex: o anfíbio axolote.
Esquizogonia: Multiplicação nuclear de um protozoário e posterior divisão do citoplasma.
Ovíparos: Quando a fêmea coloca ovos que ficam fora do seu corpo. O embrião se alimenta das reservas presentes no ovo. Ex: insetos, aves e a maioria dos répteis.
Ovovivíparos: Quando a fêmea põe ovos, mas estes ficam dentro dela. Os embriões são alimentados por reservas presentes nos ovos. Ex: Alguns tubarões e algumas cobras.
Vivíparos: Quando o embrião se desenvolve dentro da mãe, sendo alimentado pela placenta. Ex: mamíferos e alguns tubarões.
Full transcript