Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Um estudo sobre gestão de documentos arquivísticos digitais

No description
by

Brenda C B Rocco

on 30 July 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Um estudo sobre gestão de documentos arquivísticos digitais

Um estudo sobre gestão de documentos arquivísticos digitais na Administração Pública Federal brasileira

Documento Arquvístico
Para estudar um determinado conceito, há que se compreender que esse é tão dinâmico quanto tudo o que o rodeia: o contexto, a área em que ele é estudado, o período, o pesquisador, e vários outros agentes intrínsecos ou extrínsecos que interferem na definição do conceito
GDA
SIGA
Estudo Empírico
A fim de traçar o panorama das articulações entre os documentos arquivísticos digitais e a gestão de documentos arquivísticos na APF brasileira, foi desenvolvido um estudo empírico elaborado em duas etapas.
TICS
Poucas pessoas negariam que a tecnologia da informação está provocando
uma revolução da informação tão profunda e difusa quanto a revolução
industrial, a descoberta da impressão e dos tipos móveis ou o
desenvolvimento da escrita. (DOLLAR, 1994, p.4)
Describe the idea you think is best
Conclusion
Informação
As concepções de informação analisada estão relacionadas aos documentos que servem como meio para registrá-la. Nesse sentido, “informação” apresenta-se em um conceito mais amplo que o de “documento”.
Documento
As diversas concepções de documentos analisadas levam à conclusão de que o documento é toda informação registrada em um suporte, independentemente de qual seja, devendo possuir forma fixa e conteúdo estável.
Arquivo
Art.2º – Consideram-se arquivos, para os fins desta Lei, os conjuntos de documentos produzidos e recebidos por órgãos públicos, instituições de caráter público e entidades privadas, em decorrência de atividades específicas bem como por pessoa física, qualquer que seja o suporte da informação ou a natureza dos documentos (BRASIL, 1991).
O advento das TICs impactou a produção dos documentos arquivísticos, que
passaram a existir também em formato digital.
No século XX, foram iniciadas pesquisas em prol do entendimento do que
poderia ser o documento, diante de tantas formas de registro da informação.
Documento Arquivístico Digital
Os documentos arquivísticos, que antes eram prioritariamente em papel, passaram a ser desenvolvidos em sistemas
computacionais, denominando-se documentos arquivísticos digitais
Problemática
Identificar dentre as informações circulantes no ambiente digital, as que estão registradas em um documento
Amparo legal
Composição
O SIGA é composto por um órgão central, o Arquivo Nacional, por órgãos setoriais, que são as unidades responsáveis pela coordenação das atividades de gestão de documentos de arquivo nos Ministérios e órgãos equivalentes e, por órgãos seccionais, que são as unidades vinculadas aos Ministérios e órgãos equivalentes.
1º Etapa
aqui queria montar um quadro o que você acha? com os resultados das etapas
2º Etapa
Pro
Con
Refer back to the pros and cons
Explain how it will help
Describe the next steps
Based on Jim Harvey's speech structures
Lancaster (1989)
CAPURRO
HJORLAND(2007)
Belkin e Robertson (1976)
ZEMAN, (1970)
Oliveira (2006)
Camargo (1994)
LE GOFF (1984)
DURANTI ( 1996)
(HEREDIA HERRERA (1991)
Alguns Autores pesquisados
Durante a revisão da literatura observou-se uma inconsistência relacionada ao conceito de arquivo, pois ora ele se relaciona ao conjunto de documentos e ora ele é tratado como a própria entidade documento arquivístico. Ainda nos dias atuais, tal conceito é objeto de estudo no meio arquivístico, em virtude dos diversos entendimentos de sua formação, sua responsabilidade, sua abrangência legal e, sobretudo, seu objeto.
O documento arquivístico, também chamado “documento de arquivo”, diferencia-se pela função para a qual foi criado.
[...] a forma/função pela qual o documento é criado é que determina seu uso e seu destino de armazenamento futuro. É a razão de sua origem e de seu emprego, e não o suporte sobre o qual está constituído que vai determinar sua condição de documento de arquivo, de biblioteca, de centro de documentação ou de museu (BELLOTO, 2004 p.36).

DOCUMENTO AQUIVÍSTICO
O pilar do documento arquivístico é a informação nele registrada e a forma como ela é produzida, portanto independe de seu suporte, sua forma e quem o produziu. Tais documentos contêm: “[...] uma informação, qualquer que seja sua data, sua forma e seu suporte material, produzidos ou recebidos por uma pessoa física ou moral, e por todo serviço ou organismo público ou privado, no exercício de sua atividade (CONSEIL INTERNATIONAL DES ARCHIVES, 1984, apud ROUSSEAU; COUTURE et al, 1994, p.123).
Características
Novo Conceito
Documento Arquivístico Digital
Variabilidade Limitada
Qualidade de um documento arquivístico que assegura que suas apresentações documentais são limitadas e controladas por regras fixas e um armazenamento estável do conteúdo, da forma e da composição, de modo que as mesmas interações, pesquisas, buscas ou atividades por parte do usuário sempre produzam o mesmo resultado
(INTERPARES 2, 2006).
É por meio da GDA que são desenvolvidos métodos e técnicas com vistas à racionalização da produção, ao trâmite, à manutenção, à eliminação, à guarda e à conservação de documentos.
o Arquivo Nacional é o órgão central de um sistema, criado para o desenvolvimento da gestão de documentos dos órgãos e entidades integrantes da APF. Esse sistema, instituído por meio do Decreto nº 4.915, de 12 de dezembro de 2003, foi denominado de Sistema de Gestão de Documentos de Arquivo – SIGA, da Administração Pública Federal
[...] um programa de GDA está preocupado com tudo que acontece com os documentos arquivísticos ao longo de seu "ciclo de vida", isto é, do seu "nascimento", através de sua "vida" produtiva como meio de realizar as funções da organização, à sua "morte" ou eliminação, quando todos os fins úteis foram atendidos, ou sua "reencarnação" como arquivos que devem ser guardados permanentemente (RHOADS, 1989, p.5, tradução nossa).
A gestão de documentos arquivísticos no Brasil,
é responsabilidade do poder público, devendo
cada instituição
arquivística, em sua
esfera de competência,
promover tal gestão
O SIGA permite organizar as atividades de GDA dos órgãos e entidades da APF. As finalidades dele estão descritas no Decreto n° 4.915:
Sítio do Siga: https://www.siga.arquivonacional.gov.br
Full transcript