Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Geografia

No description
by

Raquel Dias

on 28 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Geografia

A Gestão dos Recursos
Hídricos Antes de tudo é sempre bom lembrar que sem água não haveria vida no nosso planeta. Ela é de extrema importância para a vida de todos os seres vivos que habitam a Terra. Embora este recurso seja encontrado em abundância no nosso planeta (cerca de 70% da superfície é composto por água), somente 4% da água é doce, ou seja, própria para o consumo. Levando em conta que a população mundial atual é de sete biliões de habitantes e continua a crescer, é fundamental que o ser humano encontre formas de usar a água de forma racional e inteligente. Economizar água para que não falte no futuro é o grande desafio ambiental neste início de milênio. Aumento do
consumo da Água Introdução

A água é um bem precioso e cada vez mais um tema de debate no mundo inteiro. O uso irracional e a poluição de fontes importantes (rios e lagos), podem ocasionar muito em brevea falta de água doce, caso nenhuma providência seja tomada. Desflorestação Eutrofização Desflorestação é o processo de desaparecimento completo e permanente de florestas, atualmente causado em sua maior parte pela atividade humana. Embora o conceito se aplique em senso estrito à perda de florestas, regiões densamente arborizadas, às vezes ele é aplicado para perdas em outras regiões com cobertura vegetal naturalmente esparsa, como as savanas, as pradarias e o cerrado, significando, a perda permanente de todo tipo de cobertura vegetal. A desflorestação, que é uma perda de área, distingue-se da degradação florestal, que é uma perda qualitativa em biodiversidade, estrutura ou função de uma floresta. O que é a Eutrofização? INTRODUÇÃO Consumo Doméstico Indústria Desflorestação Agricultura Construção de aterros O que é a desflorestação? Causas da Desflorestação 1. Agricultura intensiva:
A agricultura nos terrenos desflorestados é incompensadora pois ao fim de 6/7 anos os solos encontram-se inférteis; isto porque não houve descanso destes e as plantações efectuadas eram monoculturas que na maioria dos casos eram financiadas pelo estado.
são mais susceptíveis de apanharem doenças;
desgastam mais o solo;
destroem o habitat natural dos animais. 2. Conversão dos solos em pastagens para gado:
Há incentivos governamentais de conversão da floresta em pastagens e em ranchos para manadas de gado (ocupando áreas queimadas que foram recuperadas naturalmente por vegetação rasteira) e criação de vastas explorações agrícolas. 3. Exploração de minas, de pedreiras e de petróleo:
Para além de destruirem a zona onde estão implantadas contaminam os solos e a água com produtos tóxicos. 4. Construção de barragens, túneis e estradas:
Vai encorajar a exploração de madeira e a colonização da "floresta" (deslocação da população). 6. Poluição da água:
As chuvas ácidas vão "queimar" as árvores e destruir os solos. 5. Economia / política dos países:
Para as nações tropicais a madeira é uma importante fonte de capital estrangeiro. São os países desenvolvidos que em parte obrigam ao abate das florestas uma vez que são eles que mais precisam de matéria prima. As florestas tropicais localizam-se, na maior parte das vezes, em países com grandes diferenças sociais e com dívidas externas. 7. Causas Naturais:
Podemos destacar os fogos, as doenças e os ciclones; mas estas causas são mínimas comparadas com as provocadas pelo Homem. Apesar de existir uma maior consciencialização pública no impacto da desflorestação, esta não sofreu ainda o abrandamento necessário de forma a ser possível manter um controlo eficaz de recursos florestais e de outros problemas adjacentes. Todavia, só com uma gestão mais eficiente e controlada das florestas por parte das autoridades nacionais e internacionais e com legislação protectora é possível diminuir a desflorestação.

Algumas soluções para combater e desflorestação incluem, por exemplo: conservar as plantas e animais das florestas através dos habitat e investir na reflorestação de modo a criar novas fontes de madeira, mas também para o abate intenso de árvores de modo a criar terrenos para a agricultura combatendo as pragas e sustentabilizando o ecossistema, tendo as aves insectívoras um papel como reguladoras das populações de pragas e doenças. Durante os anos 80, África continha 660 milhões de hectares de floresta, perdendo, anualmente, 3.3 milhões de hectares. Apenas 91000 hectares foram reflorestados, por ano, uma pequena porção comparando com a perda sofrida. Sendo os incêndios a maior causa de desflorestação do nosso país, é igualmente obrigatório manter caminhos e valetas limpos de matos ou de produtos da exploração florestal. SOLUÇÕES PARA COMBATER A DESFLORESTAÇÃO: Trabalho realizado por:
Raquel Dias
Marina Dias
Ana Teresa Banaco Salinização O que é a salinização? É quando a sobreexploração dos aquíferos junto ao litoral faz com que a água salgada mais densa penetre nestes. Onde atua a salinização? Aquíferos junto ao litoral. Quais as consequências
da salinização? grandes quantidades de água salgada a furos e a poços. Causas do aumento do consumo de água Má utilização e
gestão da água Poluição Falta de consciência Global Más condições no trasporte da água dos reservatórios para as cidades Crescimento Populacional Agro-pecuária Atividade industrial Desperdício Vazamentos Urbanização das cidades Consequências do aumento do consumo da água Falta de água Possivel crise geral de água no planeta nas próximas décadas Conflitos causados pela escassez de água Prejudica a produção de alimentos Prejudica a economia em geral Provoca mortes por sede e doença Poluição da água Os contaminantes podem ser: Chama-se eutrofização ao fenómeno causado pelo excesso de nutrientes numa massa de água, provocando um aumento excessivo de algas. Este aumento da biomassa pode levar a uma diminuição do oxigênio dissolvido, provocando a morte e consequente decomposição de muitos organismos, diminuindo a qualidade da água e eventualmente a alteração profunda do ecossistema. A Eutrofização é mais causada pelo homem e raramente possui origem natural.
Os fatores que mais contribuem para o aumento da taxa de poluição em um reservatório natural de água de um ecossistema são os despejos gerados pelo homem, ou seja, os dejetos domésticos como o esgoto, fertilizantes agrícolas e efluentes industriais, dejetos orgânicos como restos de comida, etc. Todos esses, quando acumulados em quantidades impróprias num reservatório natural de água contribuem para a Eutrofização. Causas da Eutrofização A melhor forma de se prevenir a Eutrofização é através da tomada de medidas sanitárias, pois, uma vez que um reservatório já se encontre eutrofizado, a retirada dessas águas é um processo extremamente mais caro e complexo. Uma vez que a quantidade de matéria orgânica morta na água se eleva, o ecossistema em questão passa a ser um ambiente mais propício à propagação de agentes decompositores como as bactérias. O aumento de bactérias no ecossistema acelera a degradação de matéria orgânica morta, porém liberta toxinas que agravam ainda mais a situação dos ecossistemas que já sofrem de Eutrofização. Escurecimento da água (a água de um ambiente eutrofizado possui uma coloração mais turva). Redução da variedade de espécies vivas. Alteração das propriedades da água (passando a tornar-se imprópria para o consumo humano). Poluição Consequências da Eutrofização Noção:
Poluição da água é a contaminação de corpos de água por elementos que podem ser nocivos ou prejudiciais aos organismos e plantas, assim como a atividade humana. O resultado da contaminação traduz-se como água poluída. Tipos Poluição pontual – quando o causador de poluição e facilmente identificável (águas residuais, industriais, mistos ou minas). Poluição difusa – quando não existe propriamente um foco de poluição (drenagens agrícolas, águas pluviais e escorrimento de lixeiras). Agentes químicos:
•Orgânicos (biodegradáveis ou persistentes) – proteínas, gorduras, hidratos de carbono, ceras, solventes,…
•Inorgânicos – ácidos, álcoois, tóxicos, sais solúveis ou inertes. Agentes físicos:
•Radioatividade Agentes biológicos:
Causas:
•Acumulação de lixos e detritos
•Esgotos domésticos
•Resíduos tóxicos da indústria
•Produtos químicos utilizados na agricultura
•Lavagem clandestina de arcos
•Resíduos nucleares radioactivos
•Naufrágios de petroleiros

Consequências
• Floração das águas – é causado pelo uso de fertilizantes na agricultura, que contêm fósforo e azoto que, ao atingir os cursos de água, nutrem as plantas aquáticas e provocam um aumento descontrolado desta população, diminuindo a transparência da água e causando a diminuição de luz solar. Esta diminuição afeta a população aquática diminuindo a diversidade do habitat e provocando uma redução na capacidade de alimentos.
• Eutrofização – é o fenómeno causado pelo excesso de nutrientes num corpo de água mais ou menos fechado levando á proliferação excessiva de algas, que, ao entrarem em decomposição deterioram a qualidade da água.
• Hipóxia – é quando o aumento de organismos consumidores de oxigénio pode levar a um fenómeno de baixa concentração de oxigénio que ocorre em ambientes aquáticos.
• Transmissão de doenças – é quando a água poluída causa diversas doenças ao ser humano (febre, cólera, diseneria, meningite, hepatite A e B. O consumo de água não para de aumentar R.C, Diário de Notícias, 5 de Junho de 2005 Mesmo com o cenário da escassez traçado para todo o planeta e que, em 2050, poderá representar a inexistência de água potável para 4 biliões de pessoas, os consumos não param de aumentar. Há mais consumidores, pois tem crescido a população abastecida pela rede pública e mais "qualidade de vida", explica João Avillez, o que conduz a uma utilização alargada. Factos fundamentais sobre a situação global da água 20% das águas superficiais da UE correm sério risco de poluição
As águas subterrâneas fornecem cerca de 65% da água destinada ao consumo humano na Europa.
60% das cidades europeias exploram de forma excessiva as suas águas subterrâneas.
50% das zonas húmidas estão "em perigo de extinção" devido à exploração excessiva das águas subterrâneas.
A área de terrenos irrigados no Sul da Europa aumentou 20% desde 1985. Tendo em conta o número crescente de pressões a que os nossos recursos hídricos estão expostos, é vital criar instrumentos legislativos eficazes que abordem os problemas de forma clara e ajudem a preservar os recursos para as próximas gerações. A irregular distribuição dos recursos hídricos em Portugal A irregular distribuição dos recursos hídricos em Portugal está relacionada com as irregularidades na distribuição das zonas com maior precipitação que é constituida pelas zonas de relevo montanhoso. O escoamento da precipitação contribui para o aumento dos caudais dos rios e dos lençóis subterrâneos. Logo é natural que as zonas áridas e com pouca vegetação tenham consequências:
Reduzidos níveis de precipitação;
Uma disponibilidade de recursos hídricos muito inferior às zonas montanhosas. O Alqueva tem uma grande importância para o desenvolvimento do Alentejo. Vantagens Desvantagens O aumento da disponibilidade dos recursos hídricos;
A possibilidade da sua utilização na produção de energia. Diminuição da Biodiversidade;
Redução do número de efetivos de uma espécie;
Obstáculos às migrações;
Livre circulação dos animais;
Provocam uma descida do nível das águas. Adivinhas Por que a água foi presa?
Quem é que cai de pé e corre deitado?
Como se tira da água uma pessoa que cai no rio e não sabe nadar?
Pelo muito bem que faço não posso ser dispensada, se persisto aborreço, se falto sou desejada.

Em si a lua se espelha e o sol reflecte também, quando a gente se aproxima olhando-a nos vemos bem. Como diminuir o consumo de água? Soluções Solução: Porque matou a sede
Solução: A Chuva
Solução: Molhada
Solução: A chuva
solução: a água Não deixes a torneira aberta quando lavas os dentes Podes poupar água começando por actos tão simples como quando lavas as mãos, os dentes. Se mantiveres a torneira fechada, podes poupar entre 10 a 30 litros de água por dia.

Na casa de banho, opta pelo duche em vez do banho de imersão (gastará 50% menos água).
Full transcript