Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O socialismo depois de Marx

No description
by

Silvia Beltrane Cintra

on 18 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O socialismo depois de Marx

Os filósofos limitaram-se a interpretar o mundo.
Cabe, agora, transformá-lo. Karl Marx.

O socialismo depois de Marx
A filosofia de Marx influenciou o mundo contemporâneo, em termos teóricos e práticos, inspirando corrente filosóficas, movimentos operários e revoluções. No entanto, 150 anos após a publicação de suas obras, grande parte de seu pensamento ainda não foi plenamente compreendida...
Depois de sua morte, a teoria marxista passou a ser discutida entre intelectuais ligados à causa socialista, tanto em relação à sua compreensão teórica quanto à sua atualidade e utilidade para compreensão da realidade social hoje.
Crise do socialismo
Contribuiu para a teoria marxista devolvendo reflexões sobre a importância da ideologia. Segundo Gramsci, a classe dominante, para governar com eficácia, necessita criar o consentimento popular, também chamado de hegemonia, isso se daria por meio da educação, da religião e da mídia.
Por esse motivo,

Gramsci acreditava que a classe trabalhadora só teria um papel revolucionário se desenvolvesse uma consciência revolucionária. Isso seria possível através do desenvolvimento de uma contra-ideologia, uma ideologia proletária contruída por intelectuais ligados à classe operária que, nessa missão, deveriam assumir lugares estratégicos nas escolas, sindicatos, associações, jornais etc.
Mesmo contra a vontade de Marx, sua filosofia foi por vezes interpretada e modificada por dirigentes políticos e acabou por se transformar em um dogma, em uma verdade que não poderia ser discutida. Foram experiências históricas que não apresentam as características essenciais do socialismo concebido por ele.
Alemanha Oriental - até 1990
Finlandia - até 1940
Hungria - até 1989
Atuais:
China
Cuba
Vietinã
Coreia
Laos (país asiático)
Exemplos de países socialistas marxistas:
Enfatizou a necessidade de pensar a sociedade como um todo, ligando dialeticamente os fatos entre si. Em uma de suas principais obras, "História e consciência de classe", afirma que a única classe que tem condições de fazer essa análise da sociedade em sua totalidade é o proletariado, pois é ao mesmo tempo o produto da crise permanente do capitalismo e aquele que leva a termo tendências que impulsionam o capitalismo em direção ao seu fim.
A consciência de classe é o elo entre a teoria e a prática.
George Lukács - Hungria (1885-1971)
Antônio Gramsci - Itália (1891 - 1937)
Full transcript