Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Carboidratos

No description
by

Luis Eduardo

on 14 June 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Carboidratos

Carboidratos FUNÇÕES:
Energética;
Estrutural - proteção na parede celular das bactérias, fungos e vegetais, tecidos conjuntivos e envoltório celular de animais;
Agem como lubrificantes das articulações esqueléticas e fornecem coesão entre as células;
Podem funcionar como sinalizadores celulares.

Alguns carboidratos, como a ribose e a desoxirribose, fazem parte da estrutura de nucleotídeos e dos ácidos nucléicos. Carboidratos Carboidratos Classificação Carboidratos Monossacarídeos Monossacarídeos - número de átomos de carbono reduzido.

O "n" da fórmula geral pode variar de 3 a 7 (trioses, tetroses, pentoses, hexoses e heptoses), sendo os mais importantes as pentoses (C5H10O5) e as hexoses (C6H12O6).
Cn (H2O)n

São relativamente pequenos, solúveis em água e não sofrem hidrólise. Oligossacarídeos Oligossacarídeo = 2 a 10 monossacarídeos (glicosídica);

Dissacarídeos - mais importantes;

Oligos: solúveis em água;

Quebrados na digestão para obtenção de energia. Polissacarídeos Carboidratos grandes, formados por muitos monossacarídeos ligados em cadeia = polímero de monossacarídeos (hexoses);

Insolúveis em água - não alteram o equilíbrio osmótico das células;

FUNÇÕES BIOLÓGICAS PRINCIPAIS:

Forma armazenadora de combustível
Elementos estruturais. Carboidratos, também conhecidos como hidratos de carbono, glicídios, sacarídeos ou açúcares;

São as biomoléculas mais abundantes na natureza;

Constituição - carbono, hidrogênio e oxigênio, podendo apresentar nitrogênio, fósforo ou enxofre. Carboidratos Classificação Carboidratos Componentes Camila Aguiar
Priscilla Cristina
Luís Eduardo
Nathali Ristau Carboidratos
Classificação Oses ou monossacarídeos são todos os açúcares que não se hidrolisam.
ex: glicose, frutose e galactose Os osídeos são os açúcares que se hidrolisam formando oses. 1. De acordo com o número de átomos de carbono presentes na molécula:

3C = Triose
4C = Tetrose
5C = Pentose
6C = Hexose

2. Grupo funcional presente:
Aldeído = Aldose
Cetônico = Cetose

Essas duas classificações são frequentemente combinadas. Monossacarídeos
Classificação Carboidratos
Designações D e L dos monossacarídeos Estrutura Cíclica dos Monossacarídeos Representação estrutural (Fischer) - distinção de enantiômeros;
Adotam uma conformação cíclica - solução aquosa;

Ligação covalente do grupo carbonila com um dos grupos OH da própria molécula. Esta reação ocorre com as aldotetroses e com todos os monossacarídeos com cinco ou mais átomos de carbono. Estrutura Cíclica
Monossacarídeos Existe uma reação importante em Química Orgânica que ocorre entre grupamentos hidroxila ( - OH) presente em álcoois e a carbonila(=O) presente em aldeídos e cetonas. A estrutura linear dos monossacarídeos apresentam tanto o grupamento -OH quanto o grupo =O. Isso faz com que a carbonila e a hidroxila de uma mesma molécula interajam entre si, originando o anel. Estrutura Cíclica
Monossacarídeos (C) pode ligar-se com quatro outros átomos;

Quando os quatro grupos ligados ao átomo de (C) são todos diferentes, são possíveis duas configurações, que não podem ser sobrepostas;

Essas 2 moléculas (estereoisômeros) têm essencialmente a mesma reatividade química, porém suas estruturas são imagens espelhadas uma da outra;

No gliceraldeído (a menor triose) a molécula é chamada de D-gliceraldeído quando a hidroxila do carbono 2 projeta-se para o lado direito, e L-gliceraldeído quando é projetada para o lado esquerdo. Designações D e L dos Monossacarídeos (>) monossacarídeos, (>) átomos de carbono assimétrico, (>) número de estereoisômeros;
As aldotetroses têm dois carbonos assimétricos e assim podem ter quatro diferentes configurações.
Do mesmo modo, há oito diferentes aldopentoses e 16 diferentes aldoexoses.
A designação de cada um desses monossacarídeos como D ou L é baseada na convenção de que o carbono assimétrico é o mais distante do aldeído (o carbono associado ao aldeído é designado C1).
Quando o grupo hidroxila deste carbono projeta-se para a direita, a aldose é um D-monossacarídeo; quando se projeta para a esquerda, é um L-monossacarídeo. Designações D e L dos
Monossacarídeos Estrutura cíclica da (+)D-Glicose Dissacarídeos Dissacarídeos Sacarose: glucose + frutose (a - 1,2). Presente na cana-deaçúcar
Maltose: glicose + glicose (a - 1,4). Presente no malte e na
cevada ou no milho, resultante da hidrólise do amido.
Lactose: glicose + galactose (a - 1,4). É o açúcar do leite.
Corresponde de 4,6 a 4,8% da composição do leite. Os
microoganismos, entre eles o Streptococcus lactis, utiliza a
lactose como substrato e produz o ÁCIDO LÁTICO
(acidificação do leite).
Celobiose: glicose + glicose (b - 1,4). Resultante da hidrólise
da celulose, não se encontra livre na natureza.
Full transcript