Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Planejamento DPC - 2015

No description
by

Wellington de Melo

on 7 July 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Planejamento DPC - 2015

AÇÕES ESTRATÉGICAS

Seminário
FOMENTO

Ciclo Natalino
FUNCULTURA Independente
DESAFIOS E
PERSPECTIVAS

FUNCULTURA
Elaboração e lançamento de editais específicos para os segmentos no Funcultura
COGESTÃO
Programa de Oficinas e encontros temáticos
Circo
Prêmio Palhaço Cascudo
Cultura Popular
Dança
Projeto Acena que te Vejo
Design e Moda
R$ 1.372.000,00
Fotografia
III Edital Ocupação Sala Alcir Lacerda
Literatura
Música
R$ 235.000,00
Teatro
Artes Visuais
Audiovisual
Ópera
Artes Visuais
Listar ações
Listar ações
Listar ações
Listar ações
Listar ações
Listar ações
R$ 300 mil
SEGMENTOS
Artesanato
Expocarnaval
Edital Novos Talentos
Encontros de criadores

Edital Convocatória para Seleção de Pôsteres - Festival Pernambuco Nação Cultural
Criação do prêmio Pernambucano de Design - Aloísio Magalhães
VIII Edição do Concurso de Fotografia do Pernambuco Nação Cultural
Prêmio de Fotografia para alunos da Rede Estadual de Ensino
FOMENTO
IV FIP - Festival Internacional de Poesia do Recife
III Encontro Estadual de Bibliotecas
Observa e Toca Malakoff
Arraial Instrumental
Pernambuco de Todas as Paixões
Prêmio de Dramaturgia
Teapoin - Teatro e Povos Indígenas
Conselho Estadual
de Política Cultural
AÇÕES ESTRATÉGICAS e DIFUSÃO

Requalifição do Cinema São Luiz - Instalação do Parque de Projeção Digital - 4K/3D - Som Dolby 7.1 (Licitação realizada em Dezembro de 2012)
Projeto Cinema na Estrada dentro do FPNC e FIG
IX Mostra de Cinema do FIG
Realização do Festival de Cinema de Triunfo
FestCine - Festival de Vídeo de Pernambuco
Mostra Cinema na Estrada
Reformulação da Lei do Funcultura e adequação ao SNC
Realização de consultas públicas para rediscutir o Funcultura
Lançamento de edital do Funcultura Regionalizado, a exemplo do "Revelando Pernambucos" (Audiovisual)
FPNC
Avaliação
HOMENAGEM
Elaboração de decreto para implementação do CPC
Realização de Fóruns específicos para eleição de membros da sociedade civil do CPC
Fóruns de Cultura
Realização dos fóruns para eleição das comissões setoriais e regionais de cultura
Plano Estadual de Cultura
Elaboração de portaria para definição do novo grupo de trabalho do PEC
Retomada do GT interno para elaboração do PEC
FOMENTO
Seminário de Design e Moda
FORMAÇÃO
Finalização do 48˚Salão de Artes Plásticas de Pernambuco
Parcerias para realização de exposições nacionais e internacionais nos equipamenos culturais do Estado
DIFUSÃO
FORMAÇÃO
Seminário de Artes Visuais: Novos Rumos das Instituições Culturais de Artes Visuais
Seminário de Políticas Públicas para as Culturas Populares
Mapeamento dos grupos e realização de cadastro cultural
FORMAÇÃO E PESQUISA
Edital para aquisição de materiais
FOMENTO
DIFUSÃO E FORMAÇÃO
Edital de aquisição de instrumentos para filarmônicas
FOMENTO
FOMENTO
DIFUSÃO E FORMAÇÃO
FOMENTO
DIFUSÃO
FORMAÇÃO
FOMENTO
DIFUSÃO
DIFUSÃO E FORMAÇÃO
FOMENTO
GESTÃO
Pernambuco Recebe o Circo de Braços Abertos
Dia Nacional do Circo e do Artista Circense
DIFUSÃO
FORMAÇÃO
Seminário de Ópera
PESQUISA
Estudo da Cadeia Produtiva da Dança
DIFUSÃO
FORMAÇÃO
DIFUSÃO
Nacionalização do Prêmio Pernambuco de Literatura
GESTÃO
O Festival Pernambuco Nação Cultural/FPNC, criado em 2008, foi uma importante ferramenta de política pública de cultura, que tinha por princípios a formação, interiorização e implementação dos canais de cogestão com as 12 Regiões de Desenvolvimento (RDs).
Para repensar o FPNC, é importante considerar:
TRANSVERSALIDADE
COGESTÃO
VOCAÇÕES REGIONAIS
DEMOCRATIZAÇÃO
CALENDÁRIO
REPENSANDO O FPNC
TRANSVERSALIDADE
Envolve a integração das diversas superintendências, gerências, coordenadorias e assessorias da Secult/Fundarpe no planejamento, execução, acompanhamento e avaliação das ações, que deverão dialogar entre si, possibilitando a criação de estratégias mais eficazes e garantindo a coesão das políticas implementadas.
COGESTÃO INTERNA
Essas transversalidades dar-se-ão na prática através de estratégias de cogestão interna, que fortalecerão os canais de comunicação, tais como:
• Criação de Grupo de Trabalho interdisciplinar
• Definição clara de funções e responsabilidades
• Criação de fluxograma de todos os processos
• Utilização de mecanismos de compartilhamento digital das informações

COGESTÃO EXTERNA
Da mesma forma, a cogestão externa é necessária para elaboração, execução e avaliação da ação, através da realização de reuniões, escutas, fóruns, visitas técnicas e outros instrumentos de cogestão permanente, envolvendo artistas, produtores e gestores culturais, comunicadores, instituições, academia e secretarias de estado e municípios
VOCAÇÕES REGIONAIS
O festival deve privilegiar as vocações de cada RD, refletindo-se na distribuição orçamentária e nas linguagens focadas em cada edição
DEMOCRATIZAÇÃO
Defendemos a realização de convocatórias para compor um cadastro de propostas para atrações do Festival + FIG, sendo uma no primeiro semestre e outra no segundo, de modo a previlegiar as produções do próprio ano
CALENDÁRIO
Proposta 2
Início do FPNC apenas com o FIG (julho), para devida reestruturação do festival em conjunto com todos os setores da Secult e da Fundarpe
Com o objetivo de otimizar o FPNC, é necessária uma reflexão sobre seu calendário de atividades. Para tal, formulamos algumas propostas.
Proposta 1
Estabelecimento de calendário fixo para melhor articulação e planejamento.
Proposta 3
Festivais com a duração de um ano, entre ações formativas e de estruturação do setor até a
realização de atividades de difusão como culminância, que aconteceriam a cada dois anos.

Luzilá vive no Recife desde os seis anos de idade, mas nutre até hoje tanto amor por Garanhuns que seu projeto atual é um romance sobre a índia Simoa Gomes, que fundou a cidade das flores a partir da doação de um terreno central, que serviu para a construção da antiga igreja de Santo Antônio. A escritora visita com frequência sua cidade natal e, nos dois primeiros anos do Festival de Inverno de Garanhuns, ministrou oficinas de literatura. a voltará a fazer parte do FIG, numa programação especial.
Full transcript