Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Aula 1

Introdução ao processo de desenvolvimento de software
by

Fábio Lúcio Meira

on 10 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Aula 1

1ª Parte
O Desenvolvimento
de Produtos Qualidade Processo Métodos Ferramentas Independente da natureza de seus produtos, para que uma empresa consiga um Selo de Qualidade hoje um dos principais pontos avaliados pelas equipes de consultoria é a presença de PROCESSO. O desenvolvimento de software, assim como o desenvolvimento de qualquer outro produto, deve seguir as atividades pré-estabelecidas por um "processo" de desenvolvimento.
Todo processo deve ser devidamente documentado e implantado. Um dos primeiros pontos que é avaliado em uma certificação de qualidade (CMMI, ISO, NBR, etc.) é justamente a existência de um processo de desenvolvimento. QUALIDADE 1ª Parte
O Desenvolvimento
de Produtos Papéis Atividades Produtos de Trabalho Processo PROCESSO Um processo pode ser especificado como um conjunto pré-definido de atividades e suas sequências de execução. ATIVIDADE - Uma atividade define um conjunto de ações que são executadas tendo como objetivo obter um resultado final pré-definido.
PAPEL - Um papel descreve como uma pessoa se comporta perante uma atividade e quais são suas responsabilidades.
PRODUTOS DE TRABALHO - Objetos resultantes de uma atividade. Pode ser um documento impresso, um arquivo físico, um executável, etc. 1ª Parte
O Desenvolvimento
de Produtos Processo O quê Quem Como Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos respectivos produtos de trabalhos resultantes.
Falando de forma menos formal, podemos definir processo então como um fluxo de trabalho que define "QUEM faz O QUÊ e COMO faz!" PROCESSO WORKFLOW Um Workflow define a sequência na qual as atividades serão desempenhadas em um processo de desenvolvimento. 1ª Parte
O Desenvolvimento
de Produtos Negócios e
Requisitos Análise e Design Implementação Verificação e Validação Deployment WORKFLOW Ciclo de vida de desenvolvimento de software Negócios e Requisitos A Análise de Negócios tem como principais objetivos:
Compreensão do escopo do ambiente de negócio;
Identificação de demandas;
Apresentação da proposta de uma solução;
Customização de Processos, se necessário.

A Análise de Requisitos tem como principais objetivos:
Identificar as principais características da solução proposta;
Definir o escopo do projeto. Análise e Design A Análise e Design tem como principal objetivo estabelecer uma arquitetura estável para o sistema.
Por Arquitetura podemos entender como sendo a definição lógica da Estrutura e do Comportamento dos componentes do sistema. Implementação A Implementação é a atividade que envolve a codificação do sistema e tem como principais objetivos:
Implementar a arquitetura proposta em forma de componentes;
Verificar e validar unidades de código;
Integrar as unidades produzidas separadamente. Verificação e
Validação A atividade de Verificação e Validação atua principalmente como uma atividade avaliadora da qualidade de um componente. Seus principais objetivos são:
Localizar e documentar defeitos na qualidade do software.
Avisar de forma geral sobre a qualidade observada no software.
Validar asespecificações de design e requisito através de demonstração concreta.
Validar as funções do software conforme projetadas.
Verificar se os requisitos foram implementados de forma adequada. Deployment A atividade de Deployment descreve as ações que garantem que o produto de software será disponibilizado a seus usuários finais.
Os principais objetivos do Deployment são:
Garantir a entrega do produto ao cliente, independente da mídia;
Garantir o processo de implantação do software no ambiente; incluindo atividades de transição e configuração;
Garantir a elaboração da documentação do usuário;
Garantir o treinamento efetivo dos usuários finais;
Garantir a execução dos testes Beta e as devidas manutenções. Solicitação
de Mudança Mudanças podem ocorrer por:
Alteração nas regras de negócio;
Inclusão de novas regras de negócio;
Correção de erros;
Melhorias no software;
Mudanças no mercado;
Etc. Solicitação de Mudanças 1ª Parte
O Desenvolvimento
de Produtos ATIVIDADES GUARDA-CHUVA São as atividades que suportam o processo de desenvolvimento em toda sua extensão. Análise de Negócios Análise de Requisitos Análise e Design Implementação Verificação e Validação Deployment Gerência de Requisitos Gerência de Configuração e Mudança Gerência de Projetos Gerência de Requisitos Gerência de Configuração Gerência de Mudanças Controle de Versões O Controle de Versões permite que o time de desenvolvimento possua pleno controle sobre os artefatos que o mesmo produz. Ferramentas de controle de versão permitem:
Que a equipe mantenha versões atualizadas de seus artefatos, facilitando o controle da Configuração das Releases;
Que a equipe possa desenvolver seus artefatos de forma colaborativa;
Que a equipe possa gerar "merges" de artefatos desenvolvidos colaborativamente;
Recuperação de versões estáveis dos artefatos;
Tratamento de múltiplas versões da Release. A Gerência de Requisitos é uma atividade que envolve o tratamento completo dos requisitos de um sistema em produção ou manutenção. Seus principais objetivos são:
Identificação e definição de todos os requisitos do sistema, sejam eles funcionais ou não funcionais;
Garantir que todos os requisitos especificados serão devidamente implementados, verificados e validados;
Permitir a rastreabilidade dos requisitos especificados por toda árvore de artefatos do sistema;
Permitir à equipe o controle efetivo do "status" de desenvolvimento de cada um dos requisitos definidos e
Oferecer subsídios para a Gerência de Projetos para que a mesma possua um controle efetivo sobre o statuso do projeto. A Configuração de uma "Release" de um software pode ser definida como sendo o conjunto de produtos de trabalho que a compõe.
Este conjunto de artefatos é chamado de "Baseline". Para cada nova "Release" lançada, uma nova "Baseline" é gerada.
A Gerência de Configuração tem como principais objetivos:
Encorajar o uso adequado do processo de Controle de Versões;
Efetuar o controle do progresso dos produtos de trabalho já validados;
Permitir que o controle sobre o produto de trabalho avance conforme avança o nível de maturidade do projeto e
Permitir o controle adequado sobre as diversas Releases lançadas do mesmo produto. A Gerência de Mudanças é responsável por efetuar o controle sobre todas as solicitações de mudanças feitas durante o processo de desenvolvimento de um software.
Os principais objetivos da Gerência de Mudança são:
Controlar todas as solicitações de mudanças efetuadas, bem como, o "status" destas solicitações;
Identificar o motivo de cada uma das mudanças solicitadas oferecendo subsídios para a Gerência de Projetos alterar processos sempre que necessário;
Prever o custo e o impacto ao projeto gerados por uma solicitação de mudanças e
Identificar, em conjunto com a Gerência de Requisitos, os produtos de trabalho que deverão sofrer as alterações solicitadas.
Full transcript