Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Formação Laboratórios de Aprendizagem-Porto

No description
by

ana alves

on 28 January 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Formação Laboratórios de Aprendizagem-Porto

Adobe Connect

AÇÃO DE FORMAÇÃO
Laboratórios de aprendizagem: Cenários e Histórias de Aprendizagem
Ana Paula Alves (Norte) - AE Dr. Francisco Sanches, Braga
Rosália Ribeiro (Sul) - AE de Saboia, Odemira
Criar uma rede de escolas que servissem de exemplo e inspiração a outras...
Integrar as TIC no ensino e na aprendizagem em toda a escola
Objetivos
Pretendia-se estabelecer uma rede pan-europeia de “Escolas vivas” que demonstrassem e dessem a conhecer uma diversidade de práticas pedagógicas inovadoras envolvendo as TIC
Laboratório da Sala de Aula do Futuro (
Future Classroom Lab
)
http://fcl.eun.org/learning-zones
Utilização dos tablets numa aprendizagem colaborativa, personalizada e ativa.

A exploração de formas de integração dos tablets com tecnologias e diferentes plataformas.

Utilização de tablets para desenvolver Cenários de Ensino e Aprendizagem.
O primeiro foi criado em janeiro de 2012 na sede da EUN com o apoio de 30 Ministérios e parceiros da indústria especializada, para ajudar a visualizar o conceito de Sala de Aula do Futuro.
Criar:
permite que os alunos planifiquem, projetem e produzam o seu próprio trabalho.
Interagir
: a tecnologia pode melhorar a interação e a participação dos alunos, mesmo em espaços de aprendizagem tradicionais.
Apresentar
: aprender a partilhar e a comunicar, recebendo feedback pelo trabalho desenvolvido.
Investigar
: os alunos podem pesquisar, construir modelos, recolher dados, testar ideias e avaliar resultados.
Colaborar
: os alunos trabalham a pares ou em equipa enquanto investigam, criam ou apresentam
Desenvolver:

os alunos trabalham de forma independente no seu próprio ritmo, usando os seus dispositivos pessoais para acesso a recursos online e a ambientes virtuais de aprendizagem.
Visou a formação de professores, em:
- Quadros interativos
- Internet segura
- Cenários da sala de aula do futuro
Seis zonas de aprendizagem
THE FUTURE CLASSROOM TOOLKIT
Professoras do 3.º ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, da área das STEM (Science Technology Engeneering and Mathematics), que participaram na maioria dos ciclos de pilotagem do projeto iTEC
Em junho de 2014, os Ministérios de Educação, que integram a EUN, concordaram em lançar e apoiar de forma continuada uma rede pan-Europeia de Embaixadores/as, como uma parte importante da estratégia de sustentabilidade do projeto iTEC e de outros projetos promovidos pela EUN, tais como CPDLab , LSL e CCL.
Embaixadores/as
Future Classroom Lab (EUN)
Continuar a desenvolver cenários motivadores de ensino e de aprendizagem para a sala de aula do futuro, tendo em conta as tendências atuais
Alargar estes pilotos a mais salas de aula
Embaixadoras LA-FCL
ERTE/DGE
CFAE Aurélio da Paz dos Reis
Porto - 13 de junho de 2015
O projeto “Future Classroom Lab”
O projeto
Future Classroom Lab (FCL)
foi criado pela European Schoolnet (EUN) para apoiar o desenvolvimento e a expansão de abordagens pedagógicas inovadoras com as TIC, para um ensino e aprendizagem em ambiente de
sala de aula do futuro
http://lsl.eun.org/
É uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo principal
promover a inovação no ensino e na aprendizagem
das escolas europeias, trabalhando em parceria com os Ministérios da Educação, escolas, professores, investigadores, peritos e potenciais parceiros da indústria.
http://www.eun.org/
http://www.eun.org/academy
European Schoolnet
O Projeto FCL/ EUN
Future Classroom Lab

Projetos
Sustentabilidade
Embaixadoras
da Iniciativa Laboratórios de aprendizagem (PT)
Projeto FCL
Relacionados

contacto: embaixadorasla_fcl@dge.mec.pt
https://www.facebook.com/lab.aprendizagem
AÇÃO DE FORMAÇÃO
http://fcl.eun.org/home
Um dos objetivos do projeto
Future Classroom Lab
é apoiar as escolas para uma implementação bem sucedida de
Cenários de Sala de Aula do Futuro
, através da disponibilização de recursos, formação e partilha de boas práticas
Objetivos
Projeto Future Classroom Lab
Future Classroom Lab
Projetando a Sala de Aula do Futuro
um pouco por toda a Europa...
SUSTENTABILIDADE
2010-2014
2011-2013
http://cpdlab.eun.org/
Materiais dos cursos de formação que podem ser utilizados pelos formadores - http://fcl.eun.org/training
Laboratório de Sala de aula criativa
2013-2015
Tablets na Educação
2012 -2014
Participaram 20 países europeus
Estiveram envolvidos professores de diversas disciplinas do currículo no desenvolvimento de “histórias de aprendizagem” para a sala de aula, utilizando a metodologia iTEC.
Em Portugal desenvolveram-se 5 ciclos iTEC de 2010 a 2014
Resultaram indicações para:

ajudar a formar uma rede de "escolas vivas";
ajudar as escolas a considerar o ambiente escolar que apoia a mudança;
recursos gratuitos disponíveis;
...
Portugal, Classroom example of using ICT to teach geometry 2 (Maria Teresa)
Portugal, Escola Secundária da Portela
Foram selecionadas 2 Escolas Avançadas e 5 Escolas com Professores Avançados em cada país
15 países participantes
Alguns resultados iTEC
"Laboratório de escolas vivas"
A sala de aula do futuro
Como será a sala de aula do futuro?
Cenários de aprendizagem
de sala de aula do futuro

Histórias
de aprendizagem
Atividades de aprendizagem
Tecnologias
Laboratório
Toolkit
Recursos
Formação
Laboratórios de aprendizagem: Cenários e Histórias de Aprendizagem
A sala de aula do futuro
Future Classroom Lab
O envolvimento nas Atividades de Aprendizagem do iTEC teve um impacto positivo sobre a motivação dos alunos:
http://goo.gl/CDHoIO
O envolvimento nas Atividades de Aprendizagem do iTEC desenvolveu as competências dos alunos em:
Empenhamento
no trabalho
escolar
Atitudes
para com a
aprendizagem
Imersão na
aprendizagem
Desejo de realizar
atividades
semelhantes
Os professores entenderam que a abordagem iTEC melhorou a sua prática pedagógica e competência digital
O projeto iTEC trouxe resultados e recomendações importantes para a implementação e desenvolvimento de cenários inovadores de ensino-aprendizagem para a sala de aula.
Através do iTEC, foram conduzidas experiências-piloto participando cerca de 50.000 alunos em 2624 salas de aula de 20 países europeus
A Caixa de Ferramentas da Sala de Aula do Futuro
Future Classroom Toolkit
http://fcl.eun.org/toolkit
A caixa de Ferramentas da Sala de Aula do Futuro
Future Classroom Toolkit
É um conjunto de ferramentas, orientações, entre outros recursos que encaminham o utilizador para a idealização, criação ou adaptação de um Cenário para a Sala de Aula do Futuro, para a sua implementação na sala de aula (ou escola) e ainda para a avaliação dos resultados para uma reutilização futura.

Pode ser utilizada por qualquer pessoa interessada e envolvida no projeto de inovação (decisores políticos, diretores, professores, pais ...)
História iTEC : Realidade Aumentada
http://goo.gl/5vWEYJ
Mais Histórias iTEC em
http://creative.eun.org/
iTEC – Innovative Technologies for Engaging Classrooms
http://itec.eun.org
Onde decorrerá a aprendizagem?
Quem participa?
Que atividades?
Que aprendizagens?
Que materiais e tecnologias são utilizados?
promovida em contexto português pela Direção Geral da Educação (DGE), através da Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas (ERTE), tem como objetivo principal divulgar os projetos e ainda as orientações e os recursos produzidos pela EUN no âmbito do projeto Future Classroom Lab
iTEC – Innovative Technologies for Engaging Classrooms
CURSO DE FORMAÇÃO
Registo de Acreditação: CCPFC/Ent-SC-0026/12

METODOLOGIA DA AÇÃO DE FORMAÇÃO
Metodologia de aprendizagem por execução de tarefas:
1- Plataforma
Moodle da ERTE
http://moodle.erte.dge.mec.pt

Conteúdos da sessão;
Tarefas a realizar;
Hiperligação para a ferramenta;
Manuais da ferramenta (toolkits que incluem vídeos, PDF, Word ou outros);
Exemplo de recursos criados com a respetiva ferramenta;
Sistemas comunicação/interação
Fóruns de discussão
Salas de Chat

2- Sistema de VideoConferência
Adobe Connect

http://videoconferencia.dge.mec.pt/la-porto

Cumprimento dos prazos
de realização das tarefas propostas (presenciais e não presenciais)
1. Familiarizar os professores relativamente à pertinência e aos objetivos da
iniciativa “Laboratórios de Aprendizagem (PT)/Future Classroom Lab (EUN)”

2. Familiarizar os professores relativamente ao
conceito de “sala de aula do futuro”

3. Conhecer e explorar as ferramentas e os recursos presentes no
Toolkit do projeto Future Classroom Lab (EUN)
para a condução de cenários de ensino e de aprendizagem inovadores com a utilização das tecnologias

4. Promover a reflexão crítica sobre a
implementação destas práticas pedagógicas inovadoras
nas salas de aula e nas escolas protuguesas.

5. Integrar os professores participantes numa
comunidade de professores promotores da iniciativa "Laboratórios de Aprendizagem (PT)/Future Classroom Lab (EUN)"

O Processo completo da gestão da mudança pode ser entendido em várias etapas:
Etapa 1

-
Desenvolvimento de Cenários da Sala de Aula do Futuro inspiradores
O objetivo é inspirar os professores para que alterem as suas próprias práticas (através da adaptação das ideias apresentadas) e não fornecer um guião de aulas.
Etapa 2 – Conceber Atividades de Aprendizagem inovadoras
Uma AA constitui uma descrição concreta de uma unidade de uma experiência de ensino-aprendizagem que não é específica de uma disciplina; pode ser, assim, usada por qualquer professor.
Etapa 3 – Experimentar e avaliar as Atividades de Aprendizagem
Os professores têm de decidir de que modo vão usar as atividades e quando e que resultados de aprendizagem irão alcançar. O objetivo é que o(a) professor(a) experimente novas e mais avançadas abordagens ao ensino, bem como apoiar a aprendizagem.
Entrada e Registo no Moddle - ERTE
- Aceder a:
http://moodle.erte.dge.mec.pt/login/index.php
- Registar - Formulário de inscrição (necessita de confirmação no mail)
- entrar na sala
Lab 1
com a chave
labporto
- Explorar a plataforma
- Preencher o perfil
Registo no Padlet e criação de um mural
1. Aceder a PADLET
2. Fazer Registo
3. Selecionar Novo Padlet
4. Escolher um título e fazer
uma breve descrição.
Selecionar o papel de parede
Selecionar o Layout
PARTILHAR
- Nome
- Formação Profissional/Local de Trabalho
- Alguns dos seus contactos (Skype, Twitter, Facebook, Linkedin) para que o possamos adicionar à nossa lista.

http://goo.gl/QdUlEs
Plataforma de comunicação online
Sessões síncronas
Aceder a:
http://videoconferencia.dge.mec.pt/la-porto/

Colocar o nome e entrar na sala
Avaliação dos Formandos
1. MARCAÇÃO DE PRESENÇAS
Assiduidade
Template para a escrita do cenário
Conjunto de Ferramentas 4
Recursos de Aprendizagem recomendados
http://www.itec-sde.net/en
Conjunto de Ferramentas 1
É necessário identificar tendências (da sociedade, da educação e da tecnologia) para ajudar a definir o cenário ou a visão da inovação pretendida para a sala de aula e/ou para a escola
Parceiros - stakeholders
É necessário reunir um grupo de pessoas interessadas no processo de inovação -
professores, dirigentes escolares, especialistas em TIC, fornecedores de tecnologia, ...
que podem ajudar a construir o cenário ou a visão da inovação pretendida para a sala de aula e/ou para a escola
flipped learning ou sala de aula invertida
Guião para a Colaboração com Parceiros
Identificar

Tendências Relevantes

Priorizar tendências
Criação de um Cenário para a Sala de Aula do Futuro
Os Cenários para a sala de aula do futuro são projetados para apoiar as escolas considerando a evolução das tendências na sociedade, educação e tecnologia.
Divulgação da história de aprendizagem desenvolvida
http://itec.eun.org/web/guest/teacher-stories
Exemplos de Cenários para a Sala de Aula do Futuro
Martin Sillaots from Tallinn University and Sergio G. Cabezas from the Autonomous University of Madrid
Iniciar o processo de construção de um Cenário de Sala de Aula do Futuro:
Facilitador -
dirige todo o processo de desenvolvimento dos cenários;
Grupo Central
- pessoas de diferentes origens: professores de diferentes departamentos, orgãos de gestão, especialistas, pais e/ou indústria local;
Criar, partilhar e usar Atividades de Aprendizagem
1: Definir as c
ompetências a desenvolver nos alunos
Ideias, opiniões e informações adicionais para grupo central
Rede
Uma
tendência
é uma mudança gradual ao longo do tempo, nem sempre imediatamente aparente, mas com potencial impacto a longo prazo.
http://www.itlresearch.com/
Questionário
Análise do Questionário
Escolher as tendências mais relevantes para construir o cenário de aprendizagem
Qual a probabilidade da tendência continuar a crescer?
Qual o impacto (baixo para alto) que a tendência terá na aprendizagem/ensino ou no sistema educativo?
http://allourideas.com/
http://www.powerleague.org.uk/
Identificação de parceiros e de tendências
Conjunto de Ferramentas 2
Análise do Modelo de Maturidade da Sala de Aula do Futuro
Ferramenta de
autorregulação
que permite às escolas e professores
avaliar
o seu
nível atual de maturidade em TIC
no apoio à aprendizagem e ao ensino.
Modelo de Maturidade da Sala de Aula do Futuro
5 dimensões
Para verificar o nível de maturidade da sua escola e/ou da sua sala de aula:
Um guião de referência para o Modelo de Maturidade da Sala de Aula do Futuro

Ferramenta que explica como se podem usar as tendências identificadas anteriormente no sentido de ajudar a escola a aumentar o seu nível de maturidade em inovação no ensino e na aprendizagem apoiada pelas TIC.

Avaliação da inovação em Sala de Aula
Projeto iTEC: Godfrey Almeida, professor de Matemática em Londres e seus alunos refletem sobre a experiência do uso do Flipped Learning
http://learningdesigner.org/index.php
Conceção de Atividades de Aprendizagem Inovadoras
1. O papel do aluno
http://goo.gl/wo4Yy3
2. O papel do professor
http://goo.gl/Mn2GND
3. Objetivos de aprendizagem e de avaliação
http://goo.gl/wsDAgN
4. Capacidade da escola para apoiar a inovação na sala de aula
http://goo.gl/HA1ftY
5. Ferramentas e recursos
http://goo.gl/adTC2A
1. identificar tendências relevantes, trabalhando com as partes interessadas

2. identificar o nível maturidade em inovação da escola utilizando o Modelo de Maturidade em Inovação na forma como utilizam as TIC
http://goo.gl/gZx5lK
Para sonhar, refletir...
Para mapear...
Para explorar...
Para fazer...
Para perguntar...
Para mostrar...
Para colaborar...
Nível de maturidade do professor:
Aceda ao link:
http://goo.gl/h5qotQ

Registe-se na página e responda às questões.
Rúbricas "
Partners in Learning Rubrics
para a conceção de Atividades de Aprendizagem do Século XXI
Outdoor Study Project

Recognizing Informal Learning
Toolset 1
Toolset 2
Toolset 3
Toolset 4
Toolset 5
Future Classroom Toolkit
Conjunto de Ferramentas 3
Criar Atividades de Aprendizagem
Conjunto de Ferramentas 5
Tendências
http://fcl.eun.org/toolset1
Identificar tendências relevantes para a construção do Cenário de Sala de Aula do Futuro
Questionários
5- Dar poder
4- Alargar
3- Melhorar
2- Enriquecer
1- Trocar
Tablets na educação
Tecnologias emergentes
Ensino-aprendizagem
Aprendizagem baseada em jogos
Aprendizagem centrada no aluno
Avaliação: o que é que sabes? O que é que podes fazer?
Flipped Classroom: sala de aula invertida
Realidade aumentada: com uso dos dispositivos móveis
Programação e Robótica nas escolas
... ?
Inovação no ensino e na aprendizagem com o apoio das TIC
Ciclo 1 iTEC, 2011
Recolha de dados fora da sala de aula
Reconhecer a aprendizagem informal
Criar um Cenário de Sala de Aula do Futuro
4 -
Escrever ou adaptar a narrativa cenário
3 -
Resposta às Tendências
2:

Elaborar
a Matriz de Maturidade e Inovação
http://goo.gl/0gW8rp
Scenario library - iTEC
Em vez de criar um novo, pode adaptar um existente
Adaptar ou Criar um Cenário existente
Escolher o cenário que usa a tendência / adaptar para incorporar essa tendência
O cenário deve ser escrito 1 nível acima
do nível de maturidade da escola - salto realista
Competências transversais
Descrição da visão de ensino-aprendizagem
A narrativa deve incluir as ideias das 5 dimensões e satisfazer o nível de Maturidade discutido:
Escrita da narrativa do Cenário
1- Objetivos de aprendizagem e de avaliação
2- O papel do aluno
3- O papel do professor
4- Capacidade da escola para apoiar a inovação
5- Ferramentas e recursos
A História pode ser de longa/curta duração, normalmente é um projeto que envolve várias aulas
O Cenário deve poder ser usado por várias disciplinas
Não está escrito de forma muito específica
Não é um plano de aula, não tem objetivos do currículo, nem calendarização
O título escolhido para o Cenário dará uma boa indicação das ideias inovadores que inclui
Competências Transversais
FONTES PARA AS COMPETÊNCIAS DO SÉC. XXI
ATCS21 - Assessment &Teaching of 21th Century Skills
http://www.atc21s.org/

As Competências essenciais para aprendizagem ao longo da vida


- Comunicação na língua materna

- Comunicação em línguas estrangeiras

-Competência matemática e competências básicas em ciências e tecnologia

- Aprender a aprender

- Competências sociais e cívicas

- Espírito de iniciativa e espírito empresarial

- Sensibilidade e expressão culturais
1- Sonhar - Apresentar resumo da História de Aprendizagem ...
3- Mapear/Esboçar/organizar ideias e estabelecer relações ...
2- Explorar/Pesquisar/Recolher informação relevante
4- Fazer/Construir/ Criar o protótipo ...
5- Perguntar/Obter feedback ...
6-Refazer/melhorar após sugestões de especialistas
7- Mostrar/Divulgar produtos e processo à comunidade
http://edukata.fi/
Métodos, ferramentas, conselhos para projetar as AA
Edukata foi produzido pela Universidade Aalto, Finlândia, como parte do desenvolvimento do projeto iTEC.
Descobrir recursos educacionais
Pilotagem em sala de aula e avaliação da pilotagem
Adicionar a História de Aprendizagem realizada à biblioteca existente, descrevendo a experiência de utilização das Atividades de Aprendizagem
Preparar a pilotagem: Planear as aulas
Qual é o objetivo principal?
Aumentar os níveis de colaboração nos alunos?
Obter as mais-valias de um novo processo ou tecnologia?
Melhorar o processo de avaliação?
Mais autonomia do aluno?
Obter um maior envolvimento dos alunos?
Avaliar a pilotagem
- Ao nível individual: autorreflexão do professor
O que foi novo/diferente?
Quais foram os benefícios e/ou desafios/obstáculos?
Gostaria de ensinar sempre desta forma?
O que aprendeu sobre o seu ensino e sobre a aprendizagem dos seus alunos? (...)
- Ao nível da escola ou várias turmas:
Usar inquéritos aos professores, alunos, relatórios de estudo de caso, observação de aulas e grupos focais

Medir o impacto da pilotagem no ensino e aprendizagem
Conhecer os resultados do projeto iTEC
Manual de Validação do "Future Classroom Lab"
http://fcl.eun.org/itec
Recursos e Métodos úteis para a validação de uma pilotagem alargado a uma escola/sistema
http://fcl.eun.org/validation-service
Os resultados podem ajudar a desenvolver uma melhor compreensão de como a inovação na sala de aula pode trazer vários benefícios
Projeto de investigação ITL (Innovative Teaching and Learning)
Através de uma série de perguntas é possível analisar e compreender as Atividades de Aprendizagem, saber se estas promovem o desenvolvimento das Competências para o séc. XXI
Supondo que se pretende desenvolver/avaliar a
colaboração

...
1- Os alunos estão a trabalhar em conjunto?
2- Os elementos do grupo partilham responsabilidades? E de forma justa?
3- O grupo toma decisões importantes que orientam o seu trabalho? Essas decisões são tomadas em conjunto?
4- Trabalham de forma independente?
As Rúbricas ajudam a desenvolver e a aperfeiçoar as Atividades de Aprendizagem, melhorando as atuais e futuras intervenções
Será que os alunos estão a desenvolver a colaboração?
sistemas de votação
http://wookie.eun.org/Store/
http://itec-composer.eun.org/composer/
Widget Store - Construção de widgets
Regime Presencial
: primeira (2,5 horas) + última sessão (2,5 horas)
Modalidade de B-Learning

Regime não presencial
: online síncronas (20 horas)
Tarefa 2:
exploração do Toolset 1, realizar uma tarefa e publicá-la no seu Padlet individual
Exemplos:
As tarefas a realizar no curso decorrem tanto nas sessões presenciais como nas sessões não presenciais
OBJETIVOS DA AÇÃO DE FORMAÇÃO
Sistema (tecnológico e pedagógico) de suporte à formação:
Organização do Curso de Formação
Os formandos serão classificados na escala de 1 a 10, conforme indicado na Carta Circular CCPFC n.º 3/2007, com base em:
Qualidade
da realização das tarefas propostas

(presenciais e não presenciais) e reflexões efetuadas
PONDERAÇÃO - AVALIAÇÃO - TAREFAS
Tarefa 1:
Padlet (portefólio): iniciar a construção do seu Padlet e colocar o url no mural estipulado
Módulo 0
Módulo 1
PRAZOS DE ENTREGA DOS TRABALHOS PROPOSTOS
A entrega e finalização das tarefas propostas
(presenciais e não presenciais) devem efetuar-se dentro de cada sessão de formação
O
Relatório Final
deve ser entregue obrigatoriamente
até ao dia 20 de julho de 2015 (inclusive)
Exemplo:
do início da sessão 2 à sessão 3 .... etc.
Preenchimento:
ficha de identificação do formando
ficha de avaliação da formação nos
prazos estipulados

Realização:
realização/entrega dos trabalhos previstos pela formação nos prazos estipulados

Cumprimento:


2/3 do número total de horas do curso de formação (horas de presença)
ENTRADAS E REGISTOS NAS PLATAFORMAS
Para sonhar, refletir...
Para mapear...
Para explorar...
Para fazer...
Para perguntar...
Para mostrar...
Para colaborar...
Para sonhar, refletir...
Para mapear...
EX: 2ª sessão síncrona – dia 17 de junho
-
17h00 às 19h30
Assiduidade
O formando está obrigado a marcar presença,
no mínimo, a
2/3 do número total de horas do curso de formação


25 horas
(no mínimo, 17 horas de presença)
2. TOTAL de FALTAS
É disponibilizado o link de acesso automático
A presença é contabilizada pelo registo na plataforma Adobe Connect
A marcação de presença realiza-se de acordo com a calendarização prevista
OBTENÇÃO DA CREDITAÇÃO
http://area.dge.mec.pt/qiformando/
Palavra chave:
LA-2
Ficha de identificação do formando

https://pt-br.padlet.com/
Faça uma breve apresentação onde pode referir:
Descreva em poucas palavras a sua relação com as tecnologias digitais dando exemplos de ferramentas/recursos educativos digitais que utilize na sua atividade profissional.
Expetativas com a formação.
Experiências com projetos inovadores.
Após a contrução do mural no
paddlet
colocar o url do mural no
Lino
Full transcript