Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Portugal - redes transeuropeias

No description
by

Alfredo Oliveira

on 19 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Portugal - redes transeuropeias

A INSERÇÃO de Portugal NAS REDES TRANSEUROPEIAS A RTE-T constitui uma aposta forte do Tratado de Roma (1957) e de Maastricht (1992) A Política Comum dos Transportes (PCT) e as Redes Transeuropeias http://www.imtt.pt/sites/IMTT/Portugues/Observatorio/InformacaoGeografica/CartografiaTematica/RedeTranseuropeiaTransportes/Paginas/RedeTranseuropeiadeTransportes.aspx A Inserção de Portugal nas redes Transeuropeias de Transportes Rede Transeuropeia de Transportes
(Janeiro de 2007)
Portos Marítimos Rede Transeuropeia de Transportes
(Janeiro de 2007)
Aeroportos Rede Transeuropeia de Transportes
(Janeiro de 2007)
Rede Ferroviária o desenvolvimento económico dos países;
livre circulação de pessoas e mercadorias;
diminuição das assimetrias regionais da União Europeia. Os transportes são considerados um sector fundamental para: Pag. 72 eficiência e segurança do sistema de Transportes
integração dos corredores estruturantes nas RTE-T;
reforço da coordenação intermodal;
reforço da coesão nacional e da qualidade; Programa Operacional de Acessibilidade e Transportes – POAT (apresentava 4 eixos a desenvolver entre 2000/2006) Reforçar corredores rodo-ferroviários de ligação à Europa;
Dinamização das ligações marítimas; Rede Transeuropeia de Transportes
(Janeiro de 2007)
Transporte Combinado Danúbio Danúbio Rede Transeuropeia de Transportes
(Janeiro de 2007)
Rede de Vias Navegáveis e Portos de Navegação Interior Rede Transeuropeia de Transportes
(Janeiro de 2007)
Rede rodoviária Pag. 66 Pag. 65 Reequilibrar os modos de transporte através de uma concorrência equilibrada e pela promoção da intermodalidade;
articular as várias redes e eliminar estrangulamentos existentes em cada uma delas;
Utentes no centro da política de transportes apostando nos transportes públicos Política Comum de Transportes
(12 Setembro de 2001 – Livro Branco) Pag 74 Corredores Estruturantes OBJETIVO: aumento da competitividade da economia nacional nos mercados externos e o decréscimo da dependência dos corredores terrestres em relação à Europa. Sudoeste europeu Sudeste europeu Europa ocidental Báltico As Autoestradas do mar no continente europeu Pag 79 Transformar Portugal numa Plataforma Atlântica de entrada de movimentos internacionais no mercado ibérico e europeu e servir necessidades nacionais e regionais Rede Nacional de Plataformas Logísticas Objetivos da RTE-T (2010) assegurar uma mobilidade sustentável das pessoas e mercadorias, numa Europa sem fronteiras, nas melhores condições sociais, ambientais e de segurança, de forma a que haja um bom funcionamento do mercado interno e um reforço da coesão económica e social oferecer aos passageiros infraestruturas de qualidade combinar todos os modos de transporte permitir a melhor utilização possível das capacidades existentes; ser interoperacional em todos os seus elementos cobrir a totalidade do espaço comunitário Realçar a excelente posição central dos portos e aeroportos em relação ao Atlântico. Resolver as assimetrias geográficas;
Descongestionar os vários eixos europeus;
Atenuar a dependência face ao modo rodoviário;
Diminuir a dependência dos transportes face ao petróleo;
Diminuir os impactes ambientais
Full transcript