Loading presentation...
Prezi is an interactive zooming presentation

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

RCM- Manutenção centrada na confiabilidade

Andrea Burga

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of RCM- Manutenção centrada na confiabilidade

RCM
INTRODUÇÃO
RCM - Manutenção Centrada em Confiabilidade

“RCM é a definição das funções e padrões de desempenho dos equipamentos, seguida da descrição de suas possíveis falhas, bem como da análise de suas causas, consequências e da definição de ações que impeçam ou amenizem sua ocorrência“ (FOGLIATTO; RIBEIRO, 2008).

Foi desenvolvido num período de trinta anos, pela indústria aeronáutica.

Fundamental em todas as atividades que necessitam de altos níveis de segurança e confiabilidade.
Curva da banheira dos equipamentos de uma empresa
Manutenção centrada na confiabilidade
Na economia globalizada dos dias de hoje, a sobrevivência das organizações depende de sua habilidade e rapidez de inovar e efetuar melhorias contínuas. Como resultado, as organizações vêm buscando incessantemente novas ferramentas de gerenciamento, que as direcionem para uma maior competitividade através da qualidade e produtividade de seus produtos, processos e serviços
(KARDEC, 2004).
CITAÇÃO
Mudanças, aumento da concorrência entre empresas = manutenção como posição de destaque, estratégica para aumentar a competitividade das empresas.

Métodos para a diminuição de riscos e das consequências que possam afetar a segurança, a saúde e o meio ambiente.

Manter os equipamentos ativos de forma a que esses trabalhem na sua melhor condição e produzam com eficácia, sem que a sua falha cause acidentes.

Mortalidade Infantil
Maturidade
Há um aumento da taxas de falha decorrente do desgaste natural, que será tanto maior quanto mais passa o tempo.

Há grande incidência de componentes com defeito de fabricação, erro de projeto, erro de aplicação ou erro de instalação. A taxa de falha decai com o tempo.
A ocorrência de falhas advém de fatores menos controláveis, como fadiga por sobrecarga ou corrosão acelerada devido à interação dos materiais com o meio.
Este tipo de falha se caracteriza pela dificuldade de predição/prevenção.
Envelhecimento ou degradação
Benefícios
Maior Segurança e Proteção Ambiental
Desempenho Operacional Melhorado
Eficiência Maior de Manutenção
Aumento da vida útil dos equipamentos
Banco de Dados de Manutenção Melhorado
Trabalho em Equipe
Social

Reuniões dos chamados grupos de trabalho. Esses devem sempre ter pessoal de operação e manutenção

A implantação não termina na formulação e implantação, é necessário um banco de dados para todas as informações.

Definir as funções e parâmetros de desempenho desejados
Formular e implementar o plano de manutenção
Implantação
Determinar as falhas funcionais
Selecionar o tipo de manutenção
Determinar o modo de falha, seus efeitos e consequências
Selecionar a área do processo
Melhoria contínua
ALUNA
ANDREA MARISOL BURGA NORIEGA
REFERENCIAS
http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/678/1/CT_COELE_2012_1_01.pdf
http://www.osetoreletrico.com.br/web/documentos/fasciculos/ed58_fasc_manutencao_capXI.pdf
http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/12339/2/Texto%20integral.pdf
http://www.ebah.com.br/content/ABAAAeoCYAI/rcm-trabalho-escrito
http://www.slideshare.net/paulocesilveira/projeto-implantao-rcm
http://www.mantenimientomundial.com/sites/mm/notas/failure.pdf
http://www.maoconsultoria.com/ex_manutencao/gestao_eficaz_de_ativos.pdf
http://www.sqlbrasil.com.br/2011/index.php
https://www.unimep.br/phpg/bibdig/pdfs/docs/26052012_150603_renzoguedespinto.pdf
http://www.mackenzie.br/7627.98.html
http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-65132011005000032&script=sci_arttext
http://www.scielo.br/pdf/%0D/prod/v15n1/n1a04.pdf
http://revistas.utfpr.edu.br/pg/index.php/revistagi/article/viewArticle/16
http://www.abepro.org.br/biblioteca/ENEGEP2002_TR17_0370.pdf
http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/678/1/CT_COELE_2012_1_01.pdf
https://www.unimep.br/phpg/bibdig/pdfs/docs/25052012_211209_marcelo_eloy_fernandes.pdf
http://www.del.ufrj.br/~victor.esteves/Seguranca/ApostilaManutencao_2012_01_Joacy.pdf
http://www.isavale.org.br/palestrastec/71palestra_06_-_emerson.pdf
http://transportes.ime.eb.br/MATERIAL%20DE%20PESQUISA/Monografias/MONOGRAFIAS%202008/PROPOSTA%20PARA%20IMPLEMENTA%C3%87%C3%83O%20DA%20MANUTEN%C3%87%C3%83O%20CENTRADA%20NA%20CONFIABILIDADE%20EM%20FERROVIAS%20DE%20CARGA.pdf
http://www.aprepro.org.br/conbrepro/2012/anais/artigos/gestaoproducao/30.pdf
http://www.sergiomariz.com/mcc.uerj/index.php?option=com_docman&task=doc_details&gid=95&Itemid=51
http://www.ipen.org.br/downloads/XX/4E/SISTEMA.pdf
http://www.wrcengenharia.com.br/ServRCMMCC2.asp

Identificar equipamentos que serão submetidos ao método.
Organizar todas as informações e fazer um planejamento para a implantação.
É necessário determinar duas coisas: O que o usuário quer que ele faça e saber se ele é capaz de fazer o que os seus usuários querem fazer
As falhas funcionais podem ser classificadas em falhas parciais e totais, falhas limites inferiores e superiores, e falhas de contexto operacional.
Tentar identificar todos os seus efeitos e consequências. Para determinar os modos, efeitos e consequências da falha - (Análise de Modos de Falha e seus Efeitos – FMEA).

Para a aplicação dela utiliza-se um formulário com várias perguntas.
Assegurar que a falha não acontecerá e,se acontecer que os seus efeitos sejam adequadamente tratados.
Decidir se devem ser feitas novas atividades, mudar as atividades existentes ou até mesmo eliminar algumas atividades de manutenção.
Após implantação são necessárias revisões periódicas.

Reduzir as falhas, aumentar a qualidade da manutenção, identificar a necessidade para poder fazer a implantação “crescer”.

Essa melhoria atinge os métodos, os processos, as pessoas, as ferramentas, as máquinas.
Full transcript