Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

DESIGN BRASILEIRO

No description
by

Nicolle Puppi

on 11 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of DESIGN BRASILEIRO

DESIGN BRASILEIRO
design by Dóri Sirály for Prezi
ORIGENS HISTÓRICAS
O design brasileiro, como prática empírica, nasceu junto com a cultura nacional. Sinais de atividades ligadas ao design já aparecem nitidamente no século XIX, embora sem uma estrutura de ensino regular e mesmo sem seu reconhecimento como atividade distinta da arquitetura, da arte e da indústria de objetos utilitários. O ensino em design surgiu em paralelo a algumas experiências profissionais, através de inserções de escritórios de Design entre 1947 e 1960. Em 1958, Alexandre Wollner, Geraldo Barros, Rubem Martins e Walter Macedo fundaram a Forminform, conhecida como o primeiro Escritório de Design no Brasil; e, em 1960, a MPN, no Rio de janeiro, fundada por Aloísio Magalhães, Artur Lucio Pontual e Luiz Fernando Noronha. Aqui, as
novas idéias trazidas por ex-alunos da Escola de Ulm foram fundamentais para a formação do design gráfico brasileiro.
M MENTOS MAIS RELEVANTES DO DESIGN
EVENTOS DE DESIGN NO BRASIL
PRINCIPAIS REPRESENTANTES
TENDÊNCIAS
DESIGN BRASILEIRO NO CENÁRIO MUNDIAL
BIBLIOGRAFIA
GRUPO: Andrei Alves
Breno Borchas
Fernanda Wagner
Giovanna de Campos
Isabelle Buzzi
Nicolle Puppi

Núcleo C

Introdução ao Design

Professora Marli Everling
Preocupações de âmbito social;
Reflexões sobre o meio ambiente;
Criação de móveis desmontáveis, modulados e multifuncionais;
Visual colorido, inovador e monimalista;
Destaque ao cubismo;
Busca um design pop e moderno;
Quanto mais simples melhor;
O mundo está conectado, trabalhando para construir novas ideias juntos.
Fórum Estratégico de Design 2013: O evento está direcionado aos profissionais de marketing, desenvolvimento de produto e de mercado das empresas fabricantes de bens de consumo, embalagens e insumos e agências de Design. Em São Paulo (05 e 06 de outubro).
Senses & Sensibilities: Evento Internacional em Florianópolis - com os temas: arte, cultura visual, design, moda e fotografia. -Viva Design 2013: O mês do design no conjunto nacional. Uma plataforma de relacionamento para designers, empresas e marcas inovadoras, divulgando novos projetos e tendências. O evento reúne, num mesmo lugar, o melhor do design brasileiro.
FEIRAS
Casa Brasil:

Casa Brasil é um evento de design e negócios, com exposição de produtos

contemporâneos de alto padrão para arquitetura e decoração, exposições culturais e seminários internacionais.


Craft Design: idealizada a mais de 13 anos, a Craft Design é uma feira de negócios que apresenta

tendências na área de decoração, design e arte. Acontece em São Paulo.


CRAFT DESIGN
Paralela gift: também sobre arte e design, exclusiva para lojistas e profissionais da área. São Paulo.
PARALELA GIFT
WORKSHOP
Workshop Creperia Design Thinking: alinhar os conceitos do design com a gastronomia é o desafio do workshop para desenvolver novos produtos. Acontece em curitiba.
EVENTO: SOBRE DESIGN
Sobre design: é um circuito de eventos sobre design que acontecem em vários locais distintos durante o mês de novembro em Porto Alegre.

FESTIVAL
- Semana D: a Semana D é um festival de design moldado de acordo com eventos similares que acontecem anualmente na Europa. Acontece em Curitiba e, neste ano, tem como tema “O Design Transforma”. A ideia é desmistificar o design, mostrando que ele está no cotidiano de todos.
PRÊMIO
- Prêmio Tok&Stok de Design Universitário: é voltado a estudantes de design de produto de todo o Brasil e propõe um desafio: a criação de um móvel ou sistema construtivo sob um tema específico. E criar um móvel dobrável é o tema deste ano.
INOVAÇÕES
Carro Conceito. Interpretação de um produto típico brasileiro (Buggy) com materiais e alimentação ecológica: materiais vegetais e recicláveis, motor elétrico. O modelo é funcional, poderia chegar até 120 km/h com autonomia de 120 km.
Goma foi desenvolvido pela designer Renata Moura. É composto por três volumes que dão a sensação de que foi torcido sobre seu eixo central. Serve de mesinha ou luminária(quando a luz interna é ligada). Ele foi premiado no Movelpar (2009), no IDEA/Brasil (2008) e finalista no IDEA/EUA (2008), IF na Alemanha (2006) e Museu da Casa Brasileira (2007).
"O formato clássico” desenvolvido pela Biooply para esse skate abre a linha Caution, combinando três curvas adicionando aerodinâmica e força. A flexibilidade do bambu multilaminado quando combinado com o efeito da curva longitudinal permite que o skatista percorra longas distâncias sem qualquer impulso extra. O formato côncavo garante vantagens a mais para usuários que preferem manobras fechadas.
O produto restitui o prazer da leitura às pessoas com baixa visão. Sua lupa fornece ampliação de cinco vezes e meia, com ajuste de foco personalizado. A lupa é acoplada a uma prancha para leitura que desliza horizontalmente em trilhos. O trilho horizontal da prancha desloca-se facilmente para cima ou para baixo com o movimento intuitivo das mãos. A posição inclinada da prancha permite ao usuário aproximar o olho da lupa sem inclinar em demasia a região cervical. O apoio transparente da lupa proporciona a iluminação do texto.
As Estações de Cozinha são unidades de trabalho móveis e autônomas que auxiliam no aprendizado de chefs cozinheiros. O produto é super funcional e permite preparo de alimentos em qualquer ambiente. Ele pode ser utilizado em qualquer evento – interno ou externo. As estações de cozinha são feitas em aço inoxidável e marcenaria, contam com gavetas pantográficas para utensílios, uma gaveta refrigerada, fogão de indução, cuba com bica móvel, placa de corte, iluminação e coifa eletrostática. Possuem rodízios industriais e têm conexões elétricas, hidráulicas, de esgoto e gás em um espaço ideal, seguro e de fácil acesso.
Os brasileiros são reconhecidos internacionalmente, por exemplo, pelas suas áreas tecnológicas e sustenáveis, mas as maiores expectativas são para a chamada "economia criativa", a qual, um de seus segmentos é o design. O mundo todo está de olho no Brasil, como revistas do exterior que falam sobre design e arquitetura (Interni e Marie Claire) em ediçõe especiais sobre criações brasileiras.
" O Brasil vive um boom que não é só econômico,
mas é também criativo e esta em seu filmes, no
design, nos móveis, na inovação, na arte
como um todo''
ANTONIO MANCINELLI (redator chefe da revista Marie Claire)

'' Todos os olhares estão voltados para o Brasil,
e principalmente, para a nossa capacidade
econômica de produção e de desenvolvimento
de novos produtos.''
MARICI VILA (organizadora da mostra jovens designers)

IRMÃOS CAMPANA
Mestres do design, artistas da forma e criadores únicos, eles são os designers brasileiros com maior reconhecimento internacional. Dominam com maestria a transformação de matérias-primas simples em objetos nobres.
ALOÍSIO MAGALHÃES
Nasceu em 1927, em Recife. Se formou em direito e, em 1950, entrou no cenário cultural com a tipografia, a qual aprendeu nos Estados Unidos pela influência do estilo internacional. Fundou a editora O Gráfico Amador, foi convidado para expor no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA), recebeu três medalhas de ouro do Art’s Director Club da Filadélfia por trabalhos experimentais na produção de livros, foi um dos selecionados para a Bienal de Veneza (em 1960), participou da criação da Escola Superior de Desenho Industrial – ESDI, que foi a primeira escola superior de design. Aloísio defendia a brasilidade.
Portfólio
Símbolo do quarto centenário da Cidade do Rio de Janeiro
(notas do cruzeiro novo – imagem: Banco Central do Brasil)
ALEXANDRE WOLLNER
Nasceu em São Paulo, em 1928. Iniciou seus estudos no curso de Design Visual do Instituto de Arte Contemporânea – IAC do Museu de Arte de São Paulo – MASP, estudando com Lina Bo Bardi. Foi selecionado por Max Bill para estudar na Escola da Forma de Ulm (sucessora da Bauhaus). Ao retornar ao Brasil, em 1958, Wollner participou da fundação do primeiro escritório de design do Brasil, o Forminform. Lá, desenvolveu trabalhos para grandes marcas. Participou da criação da Escola Superior de Desenho Industrial – ESDI. Na década de 60, abriu seu próprio escritório de programação visual, onde desenvolveu logotipos para grandes empresas.
Portfólio
(Marca Itaú, de 1970, reestruturada em 1980 e 1990)
(A marca Ultragaz, criada em 1937 por Geraldo Orthoff, foi reestilizada em 1977 por Wollner)
(Marca Form, criada por Wollner em 1957 para empresa de portas e divisórias, com auxílio da alemã Franziska Schörghuber.)
LINA BO BARDI
Guto Indio da Costa
Luis Augusto Indio da Costa, nasceu no Rio de Janeiro em 1969. Ingressou no curso de Desenho Industrial no UniverCidade (Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro), e completando sua formação no Art Center College of Design, em Pasadena, na Califórnia. Hoje coordena os núcleos de design e transporte da Indio da Costa A.U.D.T (Arquitetura, Urbanismo, Design e Transporte), responsáveis por dezenas de projetos, muitos dos quais alcançaram grande sucesso e receberam diversos prêmios internacionais. Membro do Conselho Consultivo de Design do Estado do Rio de Janeiro desde 2006, co-fundador do Centro Brasileiro de Design Industrial (CBDI) e é colaborador da Revista Arc Design onde escreve artigos regularmente.
Portfólio
(ventilador de teto Spirit, um de seus projetos mais conhecidos, 2001)
(reforma de seis mil pontos de ônibus na Cidade de São Paulo, desenhados por Guto Indio. 2013)
(Sistema Carrapixxxo)
Sérgio Rodrigues
Nascido em 1927 no Rio de Janeiro, foi um designer e arquiteto que contribuiu para transformar o design brasileiro em design industrial e torná-lo conhecido. O trabalho de Sérgio é um misto do modo de vida carioca com a visão formal do barroco mineiro, portanto, é genuinamente brasileiro e contemporâneo. A convite de David Xavier de Azambuja, participa da elaboração do projeto do Centro Cívico de Curitiba. Em 1951, mudou-se para Curitiba, onde criou o Móveis Artesanal Paranaense, trazendo a identidade brasileira para seus projetos, em sociedade com os irmãos Hauner, que o contratam para comandar o setor de criação de arquitetura de interiores de sua nova empresa, a Forma S.A., em São Paulo. Nesse período, entra em contato com designers europeus como Gregori Warchavchik e Lina Bo Bardi. Trabalha essencialmente com madeira, couro e outros materiais naturais. O seu trabalho mais famoso, a Poltrona Mole, integra o acervo do Museu de Arte Moderna (Nova York).
Portfólio
(Poltrona Mole, 1957)
(Sofá Verga, 1996)
(Sofá Hauner, 1954)
Achilina Bo, nasceu em Roma, em 05 de dezembro de 1914, e conseguiu a nacionalidade brasileira em 1951. Estudou na faculdade de Arquitetura da Universidade de Roma. Assim que começou a ganhar notoriedade, fundou seu escritório próprio, mas acabou ficando com poucos serviços durante a Segunda Guerra Mundial, chegando a ter seu escritório bombardeado. Em 1946, casa-se com o jornalista e crítico de arte Pietro Maria Bardi, e neste ano, parte para o Brasil, instalando-se em São Paulo. Foi uma arquiteta modernista, a qual a sua obra mais conhecida é o projeto da sede do Museu de Arte de São Paulo (MASP) e o SESC Pompéia, que se tornou uma forte referência para a história da arquitetura na segunda metade do século XX. Em seus ousados projetos arquitetônicos, aliou os conhecimentos que trouxe do Velho Mundo à riqueza da cultura popular brasileira. Espalhou suas obras em diversos cantos, dedicando a mesma paixão a museus grandiosos e capelinhas miseráveis. Até a década de 90, Lina manteve intensa atividade em todas as áreas da cultura, tendo participado de inúmeros projetos em teatro, arquitetura, cinema e artes plásticas no Brasil e no exterior. Destaca-se atuando também como designer de móveis, objetos e jóias, artista plástica, cenógrafa, curadora e organizadora de diversas exposições.


Portfólio
(Instituto Pietro Maria Bardi, São Paulo, 1951 – originalmente a residência de Lina e seu marido, o edifício é conhecido como a Casa de Vidro.)
(Museu de Arte de São Paulo, São Paulo, 1958)
(Igreja do Espírito Santo do Cerrado, Minas Gerais, 1976)
Fred Gelli
Formado em Desenho Industrial e Comunicação Visual pela PUC/RJ, é o fundador e diretor de criação da Tátil Design de Ideias. Em 2010, a empresa venceu uma concorrência com outras 139 agências, e ganhou o direito de desenvolver a marca dos Jogos Olímpicos no Rio em 2016. Já ganhou mais de 100 prêmios nacionais e internacionais, e é conhecido como um dos principais pensadores mundiais no campo do design e ecoinovação. É cofundador da CRIA – consultoria de inovação em negócios de valor compartilhado, sendo um dos projetos desenvolvidos foi o Programa de Educação da Rio 2016. Atua como professor de Ecoinovação e Biomimética, na PUC/RJ.
Portfólio
(Símbolo dos Jogos Olímpicos – o povo abraçando o Pão de Açúcar)
(Nova linha de produtos da Natura, Sou.)
Joaquim Tenreiro
Joaquim Tenreiro, nascido em Portugal em 1906, mudou-se ainda novo para o Brasil, onde exerceu a profissão da família, a marcenaria, depois começou a atuar como projetista de móveis em diversas empresas no Rio de Janeiro. Em 1928, começou o curso de desenho no Liceu Literário Português e no Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro. Em 1931, integra o Núcleo Bernardelli, grupo criado em oposição ao ensino acadêmico da Escola Nacional de Belas Artes, onde desenvolveu seu talento com a pintura. Em 1942, projetou seu primeiro móvel moderno para a residência de Francisco Peixoto, abandonando a cópia dos móveis clássicos europeus para dar uma nova visão moderna. Em 1943, montou sua própria empresa, no Rio de Janeiro e São Paulo. De 1950 até 60, desenhou mobiliário e painéis em madeira para o Itamarati e o SENAI, acompanhando o progresso da arquitetura moderna. No fim de 1960, encerrou a empresa, dedicando-se às artes, principalmente a escultura em madeira. Em 1978, foi escolhido como o Melhor Escultor do Ano pela APCA.
(Poltrona Leve, 1942)
(Chaise-Longue de Tiras, 1942)
(Cadeira de Três Pés, 1947)
Portfólio
Coza
Em 1983, Rudy Luiz Zatti (descendente de imigrantes italianos) começou a desenvolver a ideia de uma empresa que tinha como objetivo inovar e facilitar, surgindo assim a Coza. A empresa de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, desenvolveu o primeiro saca-rolhas em plástico produzido no Brasil. Com o falecimento de Rudy, em 1987, sua esposa e filha assumem a empresa, agregando formas e cores femininas aos produtos ainda mais modernos. A Coza passou a desenvolver produtos com melhor tecnologia e resistência, criando texturas mais suaves, passou a oferecer produtos em tons translúcidos e cores especiais. A partir dessa mudança, começaram a receber prêmios, assinaturas de artistas consagrados e conquistaram a liderança no segmento nacional de utilidades plásticas com design. Atualmente, são mais de 300 produtos que tendem a oferecer o melhor do design para todos. No início de 2012, a Coza foi adquirida pelo Grupo Brinox, um dos maiores fabricantes de utilidades domésticas do Brasil.
Portfólio
(Bule Térmico Retrô)
(Organizador com Visor)
(Taça Espumante)
Criação do Liceu de artes e ofícios em São Paulo, pretendia formar mão-de-obra especializada para uma futura industrialização do país.
1873
1890
Escola Nacional de Belas Artes no Rio de Janeiro.
Anita Malfatti, Lazar Segall e Victor Brecheret foram artistas que se destacaram e foram importantes para o modernismo brasileiro.
1910
1920
A artista Tarsila do Amaral e o escritor Oswald de Andrade, se destacaram nessa época.
1922
Semana de arte moderna, em São Paulo. Teve como principal propósito renovar, o contexto artístico e cultural urbano, criando uma arte essencialmente brasileira, embora em sintonia com as novas tendências europeias.
As revistas Klaxon (1922-1923) e de Antropofagia (1928-1929) foram criadas essa época.
1930
O ex-aluno da Bauhaus, Alexandre Altberg, lança a revista Base.
Inauguração do instituto de Arte Contemporânea (IAC), uma das primeiras iniciativas no campo do ensino de desenho industrial no Brasil, com o objetivo de preparar profissionais para atuar na emergente indústria nacional.
1950
ESDI - Escola Superior de Desenho Industrial, primeira escola de desenho industrial do Brasil no Rio de Janeiro. Fortemente inspirada nas projeções de Gropius.
1963
Criação do prêmio do Museu da Casa Brasileira.
1986
2005
I Bienal Brasileira de Design.
Brasília, a nova capital brasileira da época foi projetada por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa. É uma das principais representantes da influência da Bauhaus no Brasil, essa tem como principal representante o arquiteto Niemeyer.
1873
1890
1910
1920
1922
1960
1930
1950
1960
1963
1986
2005
Instituto de Arte Contemporânea- IAC
O design começou a ser trabalhado sistematicamente quando foi inaugurado o MASP (Museu de arte de São Paulo). Em 1951, foi inaugurado o IAC (Instituto de Aarte Contemporânea) junto ao MASP, coordenado por Lina Bo Bardi, durou 3 anos pela falta de recursos, mas teve grande importância, pois debateu a relação entre arte, artesanato, design e indústria.
1948- O MAM (Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro) foi criado. A ideia da implantação de uma escola de design, no prédio do MAM, partiu de Max Bill. Ele queria que esta seguisse o mesmo modelo da Escola de Ulm.

1960- Lamartine Oberg (professor da ESDI de 1963 a 1973) foi enviado à Europa com a pretensão de conhecer os cursos de design existentes visando, posteriormente, à implementação de um curso no Brasil. Max Bill sugeriu, como professores, alguns nomes de ex-alunos da Escola de Ulm, uma vez que, no Brasil, havia, ainda, poucas pessoas qualificadas na área. Surgiu a ideia da criação do Curso de Desenho do IBA (Instituto de Belas Artes).

1962- a FAU-USP implantou o design no curso de arquitetura e urbanismo.
ESCOLA SUPERIOR DE DESENHO INDUSTRIAL - ESDI
Carlos Lacerda, na época governador do estado da Guanabara, foi quem deu incentivo político para a criação da ESDI. Isso ocorreu, pois o design vinha ao encontro de seu projeto político de associação do modernismo a um projeto de desenvolvimento. Em 25 de dezembro de 1962, foi assinado o decreto que criou a ESDI. Seu currículo era baseado no modelo de Ulm e seu quadro de professores também era formado, principalmente, pela escola alemã: Karl Hunz Bergmiller, Paul Edgar Decurtins e Alexandre Wollner. Também havia professores de outras áreas, como arquitetura, publicidade e redação, que foram preparados para lecionar no Curso de Design. A criação da Escola apoiou-se nos estudos realizados, anteriormente, para a criação do ETC e tinha, inicialmente, o objetivo de produzir a identidade nacional dos produtos.
São Paulo Fashion Week
São Paulo Fashion Week (SPFW) é o maior evento de moda do Brasil e o mais importante da América Latina e a quinta maior semana de moda do mundo. Além de estruturar toda industria textil do país o evento já foi marcado pelo apoio a diversas campanhas pela fome, pela prevenção do Câncer e da Aids, reciclagem do lixo, educação entre outras causas sociais. A cada edição o evento conta com exposições de arte, fotografia e moda de renomados artistas brasileiros e internacionais.
OUTONO/INVERNO 2014

As próximas edições do SPFW e do Fashion Rio, que mostram os lançamentos do Outono/Inverno 2014, tiveram suas datas anunciadas ainda em 2012.
Com a mudança das datas do calendário da moda brasileira, o prédio da Bienal deixa de sediar as edições de inverno do SPFW por conta de conflito de agendas, já que o espaço recebe nesta época bienais de arte e arquitetura e grandes exposições.

SPFW: 28 de outubro a 1º de novembro de 2013
Fashion Rio: 7 a 11 de novembro de 2013
10ª Bienal Brasileira de Design Gráfico
A Bienal da ADG Brasil tem sido, desde sua primeira edição em 1992, a grande celebração do Design Gráfico Brasileiro. Em suas nove edições, a Bienal reuniu mais de 2.000 projetos selecionados por alguns dos mais renomados profissionais e acadêmicos de diversas regiões do país. São 36 subcategorias dentro de 8 categorias (Impressos Editoriais, Impressos Promocionais ,Digital, Identidade & Branding,Embalagens, Espacial, Fronteiras eTipografia). Acontece no mês de junho. Ocorre a apresentação de projetos selecionados para a mostra e debates sobre as novas direções do design no Brasil e no mundo e ainda edições temáticas dos ciclos de palestras.
A 21ª edição do Festival Internacional de Animação do Brasil, ANIMA MUNDI 2013, aconteceu nas duas maiores cidades brasileiras, Rio de Janeiro (de 2 a 11 de agosto) e em São Paulo (de 14 a 18 de agosto), e depois percorreu outras cidades do Brasil na sua versão itinerante.

Mostras competitivas e informativas exibem curtas e longas de animação dos mais diversos gêneros, vindos de todo o mundo. O Estudio Aberto traz oficinas instantâneas e gratuitas de animação para o público. O Papo Animado apresenta ao vivo os grandes nomes da animação internacional. E o Anima Forum reúne os profissionais da animação para debates, palestras, workshops e negócios!
ANIMA MUNDI
Renato Imbroisi
Renato Imbroisi é tecelão e designer de artesanato. Trabalha em parceria com artesãos têxteis, dirigindo oficinas de criação e desenvolvendo novos produtos. Participa ou já participou de 140 projetos em todas as regiões do Brasil e também trabalha na África (Moçambique e São Tomé e Príncipe). Realizou workshops e oficinas de criação na Itália e no Japão.
Tecelão por formação, iniciou o desenvolvimento de um método de criação junto a artesãos em 1987. Renato mantém produção própria de tecidos e outros objetos têxteis no povoado do Muquém (onde a luz chegou em 2000).
Especialista em design para a sustentabilidade. Sócio diretor da iT Projetos – escritório de desenvolvimento de produtos e projetos socioambientalmente responsáveis. Designer de produto, especialista em desenvolvimento de produtos com a utilização de recursos naturais renováveis, resíduos pré e pos consumo e produção semi-industrial. Consultor para empresas, instituições e governo com ampla atuação no Brasil e Latinoamerica. Recebeu prêmios na Espanha, Itália, Brasil e Argentina com móveis residenciais, de escritório e objetos.
Christian Ullmann
Full transcript