Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Untitled Prezi

No description
by

Fernanda Corgosinho

on 24 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Untitled Prezi

"Senhora"

Enredo
Personagens
Tempo e Espaço
Biografia
José Martiniano de Alencar (1829 - 1877);
Nascido em Fortaleza, Ceará;
Romancista, Jornalista, advogado, dramartugo e político;
Escrita sentimentalista e patriótica = literatura nacionalista;
Tratava a terra e o povo fielmente relatando costumes, tradições, lendas, festas e mitos;
Ele escreveu diversos romances:
O Guarani, 1857;
A Viuvinha, 1860.
Lucíola, 1862;
Diva, 1864;
Iracema, 1865;
Senhora, 1875;
O Sertanejo, 1875.

José de Alencar
Movimento Literário
Conclusões
Grupo:
Ana Luiza Caldeira
Fernanda Corgosinho
Isabelle Fernandes
Maria Inêz Oliveira
Pedro Henrique Cordeiro
Thomáz Marcatto
Para José de Alencar:
Divisão do homem: Ódio, perdão, necessidade financeira e apelos do coração
Dinheiro sobressai: Sua necessidade supera os sentimentos do personagem
Antagonista: hábitos imorais
Senhora tem função de crítica à sociedade:
Cenário do Rio de Janeiro, segunda metade do século XIX. Romance urbano/ Romance de costume
Embora a forma romântica seja ufanista, Alencar critica a sociedade materialista da época;
Aurélia Camargo é uma das personagens femininas mais marcantes da literatura brasileira, um dos famosos perfis femininos de José de Alencar;
Em consequência, faz desse um livro muito importante, não só para o movimento que pertence (Romantismo) como também para toda a literatura brasileira.
Dividido em quatro partes:
O Preço
Quitação
Posse
Resgate
Têm-se aspectos reais e romanescos;
O tempo é:
Cronológico,mostrando o desenrolar da história sob o ponto de vista social;
Não há linearidade, contada a partir de flash-back.
O espaço:
Segunda metade do século XIX
Expõe, como pano de fundo, valores e costumes da aristocracia escravista do Segundo Reinado;
O espaço central da narrativa é Rio de Janeiro.
Terceira pessoa
Narrador onisciente - sabe até as reflexões da alma
Retrata o momento e a frente de seu tempo como em:
"Opôs-se formalmente Aurélia; e declarou que era sua intenção viver em casa própria na companhia e D. Firmina Mascarenhas.
- Mas atenda, minha menina, que ainda é menor.
- Tenho dezoito anos.
- Só aos vinte e um é que poderá viver sobre si e governar-se.
- É a sua opinião? Vou pedir ao juiz que ele há de atender-me.
A vista desse tom positivo, o Lemos refletiu, e julgou mais prudente não contrariar a vontade da menina. Aquela idéia do pedido ao juiz para remoção da tutela não lhe agrada. Pensava ele que às mulheres ricas e bonitas não faltam protetores de influência.”
Basea na emoção e nos problemas financeiros;
Foge para o passado;
Personagens ideais = romântico e moralista;
Senhora mostra uma temática com realismo criticando o penssamento burguês;
Usa linguagem culta e ao mesmo tempo popular, metáforas, comparações e expressões e fraseados nacionais;
Relação com a fonologia e a grafologia = expressar a emoção das personagens;
Usa sufixos diminutivos = valor afetivo de certos personagens
Usa períodos longos e curtos = promover reflexões ao leitor;
Ambigüidade e ironia em seus personagens = mostrar a função de romance e critica social do livro.
Trata em sua obra de assuntos que condiziam com contexto histórico em estava inserida;
Estava a frente de seu tempo: personagem feminina eram fortes ena época o homem era a voz e a mulher muito submissa;
Estava no seu tempo em virtude do ideal burguês criticado
Sua obra era um meio termo: não havia tanta verossimilhança com a realidade da época;

Bibliografia
Acessado em: 19/06/13
http://valiteratura.blogspot.com.br/2011/02/senhora-jose-de-alencar.html
http://www.e-biografias.net/jose_alencar/
http://www.passeiweb.com/na_ponta_lingua/livros/analises_completas/s/senhora
Foco Narrativo
Estilo
Verrossimilhança
Aurélia Camargo
Fernando Rodrigues de Seixas
Lemos
Dona Firmina
Torquato Ribeiro
Adelaide
Pedro Camargo
Dona Emília
Critica a sociedade materialista da época;
Romântica e ufanista;
Aurélia Camargo é uma personagem feminina marcante;
Livro importante, não só para o movimento que pertence (Romantismo) como também para toda a literatura brasileira;
Full transcript