Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Módulo:34 Campos Sales - Consolidação das oligarquias

No description
by

Charles Oliveira

on 23 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Módulo:34 Campos Sales - Consolidação das oligarquias

Módulo:34 Campos Sales - Consolidação das oligarquias
Módulo:35 Rodrigues Alves - O Progressista

1. Política dos governadores
2. Funding-Loan
3. O saneamento financeiro
4. A socialização das perdas
5. A questão do Amapá: o Oiapoque
Criada por Campo Sales, baseava -se no seguinte: o presidente apoiava os governadores estaduais e seus aliados e em troca eles garantiam a eleição para o congresso dos candidatos oficiais. Isso garantia a continuidade das grandes famílias (ricas e poderosas) no poder. Era uma troca entre os governantes estaduais e o governo federal.
Assinado em 1898, o Funding Loan foi um empréstimo feito com os bancos ingleses, com o objetivo de consolidar a dívida externa do Brasil e manter a política do café. A necessidade desse empréstimo derivou de uma situação econômica muito complicada: a queda das exportações com consequência do défit da balança comercial, havia aumentado substancialmente a divída externa brasileira.
Saneamento Financeiro - Para que o empréstimo fosse efetivado, exigiram os credores que as finanças públicas fossem reorganizadas. Na execução de seu programa financeiro contou Campos Sales com o ministro Joaquim Murtinho. Foram feitos cortes nos gastos públicos, inclusive suspendendo algumas obras, aumentaram-se alguns impostos, desvalorizou-se o câmbio, restringiu-se o crédito e houve "enxugamento monetário", chegando o dinheiro a ser queimado. Tais medidas provocaram queixas amargas e acusações de que se estava retardando o progresso do país. Realmente, tal fato pôde ser constatado posteriormente, com o agravante de que capitais estrangeiros haviam passado a controlar grande parte da economia nacional. Houve desemprego e recessão.
Esse mecanismo era usado, principalmente, quando no mercado internacional os nossos produtos agrícolas ( café, açúcar, cacau etc.) tinham seu preço reduzido em moeda inglesa. Para compensar o prejuízo, os exportadores pressionavam para que o mil réis fosse desvalorizado em relação à libra. Embora recebessem menos lá fora, internamente recebiam mais em moeda nacional, por causa do câmbio, compensando em parte seus prejuízos e garantindo um maior poder de compra no Brasil.
Em 1895, surgiram constantes conflitos entre brasileiros e franceses, moradores da região fron teiriça entre o Brasil
e a Guia na Francesa. Resolveu-se que a questão seria solucionada mediante o arbitra mento do Conselho Federal Suíço.
Mais uma vez, defendeu os direitos do Brasil o Barão do Rio Branco. Sua argumentação (apresentada em
“Memórias”), fartamente acompanhada de mapas e documentos, convenceu o presidente suíço Walter Hauser, em 1900,
da legitimidade de nossos direitos. A sentença assegurou ao Brasil o tradicional limite do Rio Oiapoque, no atual Amapá.
Módulo:35 Rodrigues Alves- O Progressista
1. Quadriênio Progressista
Por ter sido um período de intensas reformas administrativas e notável progresso do país, a presidência de Rodrigues Alves é conhecida como Quadriênio Progressista. Os republicanos desejavam identificar a República com a modernidade e a modernidade com a realização de obras públicas.
2. Revolta da Vacina
O que foi



A Revolta da Vacina foi uma revolta popular ocorrida na cidade do Rio de Janeiro entre os dias 10 e 16 de novembro de 1904. Ocorreram vários conflitos urbanos violentos entre populares e forças do governo (policiais e militares).

3. Questões da fronteira
A questão do Acre: A região ocupada pelos seringueiros brasileiros legalmente pentencia à Bolívia, de acordo com os tratados de 1777 e 1867. A questão apresentava-se extremamente delicada, pois se a Bolívia tinha a posse legal, a região era economicamente essencial ao Brasil (BOOM DO CICLO DA BORRACHA).
A questão do Pirapa foi um conflito diplomático entre Portugal (depois o Brasil) e por fim a Inglaterra com início no século xix e término em 1904. Envolvia a posse de territórios entre o atual estado do Roraima e a atual Guiana
A região ocupada pelos seringueiros brasileiros legalmente pertencia à Bolívia, de acordo com os tratados de 1777 e 1867.
A questão apresentava-se extremamente delicada, pois se a Bolívia tinha a posse legal, a região era economicamente essencial ao Brasil (boom do ciclo da borracha)
O Acre
Full transcript