Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Paisagismo na grécia

No description
by

Roberta Barbosa

on 7 April 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Paisagismo na grécia

Paisagismo na grécia
Contextualização
Anna Lins, Bia Secundo, Julia Siquieroli, Michelle Gill e Roberta Barbosa
Genos
Modo de vida urbano
Arte transformadora da sociedade
Grécia:
Conquista
Internacionalização
Mudança na visão de mundo
Arte ''social'' para segundo plano
Arte relacionada a interesses individuais
Internacionalização
Arte grega impregna a cultura etrusca
Romanos assumem o comando da Grécia
Maior absorção da cultura grega
Período Helenístico
Império Macedônio
A partir de Roma a arte grega seria traduzida para grande parte da Europa, Oriente próximo e norte da África. Apesar disso, quando o cristianismo ganhou poder a memória da religião pagã foi tida como diabólica e enganosa, e o nu, tão assíduo na arte grega, foi condenado imoral. Assim, uma onda iconoclasta avassaladora surge, e ao longo da Idade Média a maioria dos originais gregos se perde ou é destruída.
Grécia
A arquitetura consistia em projetos simples, com linhas retas e formas retangulares, geralmente sobre uma base de três degraus sem arcos nem abóbodas. Os gregos desenvolveram três sistemas arquitetônicos, cada qual com proporções distintas e detalhamentos próprios , representações utilizadas em cada região da Grécia.
Ordem dórica:
A mais simples e bastante resistente.
Ordem jônica:
Mais fina e elegante, tinha um capitel adornado por duas volutas.
Ordem coríntia:
Surgiu somente na época clássica, era ainda mais ornamentada, sendo famosa pelo seu alto capitel em forma de sino invertido decorado com folhas de acanto.
Jardins Gregos
Apesar da rigidez e simetria das construção, os jardins gregos fugiam das linhas simétricas, se aproximando das formas naturais. Seus jardins ocorriam em recintos fechados, onde cultivavam plantas aromáticas e medicinais.
Início da arborização urbana
O cuidado com as plantas se deu pelo amor à vida ao ar livre, tornando o jardim interno uma extensão da casa, como os pátios residenciais.
Introdução de colunas e pórticos
Simplicidade
Grande variedade de flores e árvores
Praças públicas com vegetação obrigatória
Templo de Zeus
Casa do Fauno
Jardim em peristilo
Jardim Grego
Cultivo de legumes, trigo e frutas, para consumo da população. As flores, que pareciam surgir espontaneamente, eram destinadas aos deuses.
Utilizações
Bosques Sagrados
Jardim de Epicuro
Jardins do Helenismo
Ginásios
Grécia
Anna Lins, Bia Secundo, Julia Siquieroli, Michelle Gill, Roberta Barbosa
Faculdades Integradas Aparício Carvalho
Teoria do Paisagismo

Docente: Francine Weber
Full transcript