Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

LITERATURA INFANTOJUVENIL AFRO-BRASILEIRA: UMA LEITURA DE “

No description
by

Leonardo Zanotto Baggio

on 27 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of LITERATURA INFANTOJUVENIL AFRO-BRASILEIRA: UMA LEITURA DE “

Metodologia:

Pesquisa bibliográfica com análise de aspectos estéticos e culturais de obra literária infantojuvenil afro-brasileira.
Seção 1
LEITURA: PERSPECTIVAS TEÓRICAS

ESTUDOS LINGUÍSTICOS:
Linha Sociopolítica (FREIRE, 2006; SILVA, 1998)
Linha Cognitivista (KATO, 1999; KLEIMAN, 2000, LEFFA, 1996)
Análise do Discurso (FERREIRA, 1998, ORLANDI, 2001).

ESTUDOS LITERÁRIOS:
Estética da Recepção (INGARDEN, 1979; ECO, 1979, 2000, 2001, 2012; ISER, 1979, 1996, 1999).

Literatura Infantojuvenil afro-brasileira: uma leitura de “Os Reizinhos de Congo”
Universidade Federal da Bahia
Instituto de Letras

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Profª Ruth Ceccon Barreiros (UNIOESTE)
Orientadora: Profª Drª Nancy Rita Ferreira Vieira (UFBA)

Tema da pesquisa:
Literatura infantojuvenil afro-brasileira.

Hipótese:

Há obras de literatura infantojuvenil de temática afro-brasileira centradas em aspectos próprios da cultura brasileira.
Base Teórica:
Estética da Recepção com a Teoria do Efeito Estético de Wolfgang Iser

Obra:
O ato de leitura: uma teoria do efeito estético
V. 1 (1996) e V.2 (1999)

CONCEPÇÃO DE LEITURA QUE NORTEIA A PESQUISA

A leitura é um processo interativo e dialógico entre autor-texto-leitor, sendo contempladas questões socioculturais, estéticas e de domínio da língua, além do conhecimento prévio do agente da leitura. Assim, o leitor apresenta-se como um sujeito ativo e consciente, capaz de completar os espaços vazios, as lacunas, gerando significações e sentidos ao objeto ficcional.

Seção 2
CAMINHOS DA LITERATURA INFANTOJUVENIL

- Literatura infantojuvenil: histórias e tendências
- Classificação da literatura infantojuvenil

- Literatura infantojuvenil contemporânea: linguagem, estrutura, estilo e imagens

- Literatura afro-brasileira: cenário e concepção

- Literatura afro-brasileira no Programa Nacional Biblioteca da Escola - PNBE

- Literatura infantojuvenil: africanidades e afro-brasilidades

CLASSIFICAÇÃO DAS OBRAS DO PNBE POR TEMAS

ANOS PESQUISADOS:
2006 a 2013
TEMA 1 – A ÁFRICA OU HISTÓRIAS DA ÁFRICA

1- A gênese africana: contos, mitos e lendas da África 2-Histórias africanas para contar e recontar
3-Sikulume e outros contos africanos
4-Lendas negras

TEMA 2 – A CULTURA NEGRA, O NEGRO E AS QUESTÕES RACIAIS

1-Leite do peito
2-O negro da chibata

TEMA 3 – A CULTURA AFRO-BRASILEIRA
Nada consta

DEFINIÇÃO DO OBJETO DE PESQUISA:

Obra:
“Os Reizinhos de Congo”
Autor:
Edimilson de Almeida Pereira
Ilustração:
Graça Lima

CLASSIFICAÇÃO CATALOGRÁFICA:
1. Literatura africana
2.Literatura infanto-juvenil

A obra contempla duas narrativas:
O Reizinho de Congo
Rainha-Menina

TEMA DA OBRA: o Congo, o Congado e as Congadas.

O Congado é reconhecido como um sistema religioso sincrético que congrega representações simbólicas africanas de grupos bantos e do catolicismo europeu. Na perspectiva social e étnica, o Congado relaciona-se às classes menos favorecidas, pertencentes às áreas rurais e periféricas dos centros urbanos, tendo como participantes negros, mulatos e brancos.

O Congado apresenta-se como um auto religioso, sustentado por três elementos: a coroação de reis e rainhas; os cortejos e as embaixadas; as danças rituais, culminando no ritual de coroação, ponto alto das festas de Congado.

TESE:
A obra literária “Os Reizinhos de Congo” caracteriza-se como literatura afro-brasileira.

OBJETIVO GERAL:
Compreender como a obra literária “Os Reizinhos de Congo”, em seus aspectos estéticos e culturais, caracteriza-se como literatura infantojuvenil afro-brasileira.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
são apresentados ao final com os resultados alcançados.

Seção 3
CULTURA E LEITURA DA LITERATURA
- Cultura: panorama e conceitos
- Cultura e identidade cultural

- Os estudos culturais e a literatura
- Representações na cultura, na identidade e na literatura

- Cultura e leitura


SEÇÃO 4
OS EFEITOS DA LEITURA LITERÁRIA

A TEORIA DO EFEITO ESTÉTICO E A LEITURA DO TEXTO LITERÁRIO

Buscamos em Iser (1999) a fundamentação necessária para compreender os possíveis efeitos da leitura literária no leitor.

Essas reflexões elucidam a necessidade de o leitor conhecer os aspectos da cultura afro-brasileira para alcançar os sentidos propostos pelo texto.

Seção 5
OS REIZINHOS DE CONGO:
NAS TRILHAS DA LEITURA

O Reizinho de Congo
Rainha-Menina
EXPERIÊNCIA ESTÉTICA


LEITURA TEXTUAL :

Na obra “Os Reizinhos de Congo”, as duas narrativas inserem o leitor no mundo lúdico da fantasia, exigindo um exercício de pensar a vida em sociedade.

No discurso literário, o lirismo é enfatizado pelos poemas-cantigas nas histórias. Esse aspecto discursivo é mais evidente na narrativa da Rainha-Menina, dando à versão feminina de coroação mais delicadeza, criando uma “linguagem em flor”, nas palavras de Pereira (2007a).
EXPERIÊNCIA ESTÉTICA


LEITURA DA CULTURA:

Aspectos da oralidade; o vocabulário; o espaço geográfico; a República do Congo - região Centro-oeste da África; a tematização das Congadas, dão aos grupos afrodescendentes representatividade em contexto social desigual.

Na narrativa da Rainha-Menina, revela-se a ideia de teia. Os segredos culturais estão relacionados à teia em que a rainha é também tecelã. Evidencia-se que as histórias envolvem outras tantas narrativas, ligadas aos pais e avós do Reizinho e da Rainha-Menina, dos africanos escravizados, do oceano, do sol, da lua, do vento, das Congadas, do Catolicismo, do Candomblé, da Umbanda etc.

O texto imagético corrobora o texto verbal quanto ao sincretismo religioso entre o catolicismo e as religiões de matrizes afros. A primeira imagem alude à Rainha-Menina com Nossa Senhora Aparecida, santa negra, padroeira do Brasil. A segunda imagem, à Iemanjá, rainha do mar.
Características afro-brasileiras encontradas nas narrativas

1) Ambas as personagens principais, o Reizinho e a Rainha-Menina, são afrodescendentes.

2) Os dois contos apresentam intertextualidade com outras manifestações folclóricas brasileiras, não somente africanas, como as parlendas e as cantigas de roda, bem como a capoeira, o frevo, o carnaval dentre outras.

3) O vocabulário empregado apresenta palavras de origem africanas e as incorporadas à língua portuguesa do Brasil.

4) A ideia nos conto-poemas é de culturas entretecidas, a africana e a portuguesa, que resultaram na cultura brasileira.

5) O sincretismo religioso, no caso as Congadas, como representação da cultura brasileira.


6) O aspecto mítico presente na cultura popular do Brasil.

7) O Congo, o Congado, as Congadas como referência de um legado cultural africano e português, na formação da cultura afro-brasileira ou brasileira, presente em todo o território nacional.

8) Os poemas-cantigas como menção à musicalidade inerente à cultura brasileira.

9) A oralidade como recurso de expressão popular na cultura da nação.

10) As pessoas mais velhas ocupam a responsabilidade de legar a cultura aos seus descendentes.

As características possibilitam-nos afirmar que a obra “Os Reizinhos de Congo” pode ser reconhecida como uma genuína
LITERATURA AFRO-BRASILEIRA
e

não como
LITERATURA AFRICANA,
como consta na ficha catalográfica, tendo por base a temática que aborda.

As características linguísticas, semióticas e sociológicas, encontradas na obra, possibilitam-nos afirmar que “Os Reizinhos de Congo” pode ser concebida como
LITERATURA INFANTOJUVENIL
de alta qualidade.

Os pontos apresentados nas subseções das análises da obra “Os Reizinhos de Congo” atestam o seu aspecto de afro-brasilidade, permitindo uma possível taxonomia que sirva a classificação inicial desta literatura em específico. Os pontos elencados confirmam a nossa
TESE
de que a obra literária de Pereira (2007a) classifica-se, verdadeiramente, como sendo de temática
AFRO-BRASILEIRA.

RESUTADO DE PESQUISA

Quanto ao
PRIMEIRO
objetivo específico:

1 - Depreender a experiência estética na obra literária, considerando-a como um recurso de formação leitora e cultural.

Ao explorar o imaginário e a fantasia da criança e do jovem, por meio das imagens e dos recursos estilísticos, tanto no texto em prosa como nos poemas-cantigas, ou ainda, na junção dos dois gêneros, o autor deixa a obra literária mais criativa e com capacidade de estimular a imaginação dos leitores, além de oferecer-lhes condições para refletir sobre questões sociais relevantes que podem apurar-lhes o senso crítico.
Quanto ao
SEGUNDO
objetivo específico:

2 - Inferir sobre os possíveis efeitos que esta obra suscita no leitor.

Com base na Teoria de Efeitos Estético, é possível concluir que a obra “Os Reizinhos de Congo” apresenta uma estrutura contemporânea, com muitos lugares vazios que exigem o preenchimento pelo leitor, no ato de ler, para alcançar os sentidos no texto. Grande parte deles ligam-se aos aspectos culturais.

Quanto ao
TERCEIRO
objetivo específico:

3 - Compreender se essa literatura infantojuvenil afro-brasileira configura-se em um recurso profícuo para a construção da identidade cultural.

A criança ou o jovem, em especial os afrodescendentes, vendo-se representados na obra, bem como a sua cultura, de maneira afirmativa como ocorre, suscitam o pertencimento, fator relevante em contexto plural como o brasileiro. A condição de pertencimento oportuniza ao leitor reconhecer-se, refletindo-se em uma identidade cultural.

Quanto ao
QUARTO
objetivo específico:

4 - Apresentar uma proposta de classificação para o que se denomina literatura afro-brasileira, a partir das análises aqui categorizadas.

O resultado alcançado, em relação aos critérios de classificação das obras literárias infantojuvenis afro-brasileiras, possibilita a aplicação da proposta apresentada para uma categorização mais adequada das obras literárias que versem sobre as afro-brasilidades, não como
LITERATURA AFRICANA,
como ocorre na obra pesquisada, mas como
LITERATURA AFRO-BRASILEIRA
, quando o tema tratado evidenciar a fusão cultural que compõe a identidade brasileira.

Quanto ao
QUINTO
objetivo específico:

5 - Contribuir com os estudos para a afirmação da literatura infantojuvenil, de temática afro-brasileira, na sua caracterização como literatura.

O fato de nos debruçarmos, no espaço acadêmico, em pesquisa sobre o objeto Literatura Infantojuvenil, demonstra não apenas um interesse próprio, mas, um reconhecimento do valor dessa literatura, especialmente para a formação leitora.

A divulgação dos resultados dos estudos, desde esta banca de defesa a eventos, artigos etc., já coloca na ordem do dia essa Literatura.

Quando o resultado da pesquisa visa apresentar uma proposta de classificação mais adequada das obras literárias que versam sobre a temática afro-brasileira, pressupõe-se ressaltar-lhes a importância e a identidade.

As reflexões apresentadas nesta tese servem como princípio para novos estudos e pesquisas que qualifiquem e visibilizem a literatura infantojuvenil brasileira atual, seja ela de temática afro-brasileira ou não.

Aspectos inovadores da pesquisa:
- Análise estética de uma obra de literatura infantojuvenil afro-brasileira;

- Estudos sobre os efeitos de leitura, em suas especificidades de cultura, no leitor;

- Proposta de classificação catalográfica de obras de literatura infantojuvenil afro-brasileira.
Full transcript