Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

4° Reunião da CIPA - Primeiros Socorros

No description
by

Wladimir Ferreira

on 21 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of 4° Reunião da CIPA - Primeiros Socorros

1-QUEIMADURA

2-HEMORRAGIA

3-FRATURAS

4-Desmaio

5-PARADA CARDIORESPIRATORIA

6-PARADA RESPIRATORIO - Pressão baixa

- Pressão alta

- Desmaio

- Convulsão A expressão “Primeiros Socorros” significa o atendimento imediato prestado a uma pessoa vítima de um acidente ou de um mal súbito , para estabilizar a sua situação antes da chegada de uma ambulância ou médico qualificado..
Quando aplicados com eficiência, os primeiros socorros significam a diferença entre:
“vida ou morte”,
“recuperação rápida ou recuperação longa” ,
“ invalidez temporária ou invalidez permanente”. Agentes Térmicos
(alta e baixa temperatura)


Agentes Elétricos


Agente químicos


Agentes Radioativo
(Radiação ionizante ou não ionizante) E uma lesão produzida pelos agentes
Não tocar na área afetada.
Nunca furar as bolas.
Não tentar retirar pedaços de roupa grudados na pele.
Não usar manteiga, pomadas, creme dental ou qualquer outro produto doméstico.
Não usar gelo ou água gelada para resfriar.
Não cobrir com algodão.
Isolar a vítima do agente agressor;
Diminuir a temperatura no local, banhando com água fria corrente
Proteger a área afetada com pano
“Retirar a parte da roupa que esteja em volta da área queimada”
Retirar anéis e pulseiras, para não provocar estrangulamento ao inchar.
Encaminhar para atendimento hospitalar O que DEVE ser feito O que NÃO deve ser feito

Classifica-se em 3 tipos:

1º Capilar: Sangramento contínuo discreto - pequena corte.

2º Venosa: Sangramento contínuo, geralmente de coloração escura - raramente fatal.

3º Arterial: Um grave sangramento em jato, que pode levar a morte em poucos minutos.

Profundidade da hemorragia se divide em 3 tipos:

Externa: Sangramento de estruturas superficiais
Podem geralmente ser controladas utilizando técnicas básicas de primeiros socorros.

Interna: Sangramento que atingem apenas os Órgãos interno:

Mista – Quando ocorre tanto interno, quando externo, casos de cirurgia urgente 2-HEMORRAGIA: É a perda de sangue devido acidente,
alterando o fluxo normal da circulação. As mais graves: Hepatite B, Hepatite C e AIDS.
Precauções Universais:
Prevenir com uso de EPI (luvas e máscara) Doenças Transmissíveis Pelo Sangue Atuação do Socorreste: Limpar a área atingida
Fazer o curativo
Dispensar material utilizado OBSERVAÇÃO: Se ocorreu em ambiente de trabalho, chame seu médico ou um enfermeiro coso na empresa não acha chame o técnico em segurança do trabalho ou o responsável pela empresa, que ficara responsável em relatar o incidente num documento chamado de: Cat. - Comunicação de acidente de trabalho PRECAUÇÕES que o socorreste teve ter em relação em contado com o sanque PRIMEIROS SOCORROS É uma dor acompanhado pelo um edema (inchaço) no local
A pessoa tem dificuldade ou incapacidade de movimentação, na região atingida.
Há uma sensação de atrito das partes ósseas no local da fratura.
E nas fraturas expostas, o osso fraturado rompe as camadas da pele ficando visivel . Como se manifesta 3-FRATURA: É o rompimento total ou parcial de qualquer osso Fechadas: Sem exposição óssea;
Expostas: O osso está exposto. Existem dois tipos de fratura: Fraturas Fechadas
Imobilizar com tala ou material rígido Fraturas Expostas
Cobrir com cuidado o ferimento com pano limpo;
Limpar o sangramento;
Prevenir contra o estado de choque;
IMPORTANTE: Não tente reduzir a fratura (colocar o osso quebrado no lugar) Não Movimente a parte fraturada;
Não PRECISA DAR nada de comer ou beber à vítima;
Encaminhe para o atendimento hospitalar. Geralmente o desmaio avisa quando vai chegar.
O indivíduo apresenta sinais como:
Sensação de mal estar
turvação visual
suor frio
falta de ar
Náuseas (acompanhada pelo vômito), às vezes
tontura
Fraqueza
Perda da consciência
Desmaio Geralmente significa uma perda súbita ou transitória da consciência que acontece pelo relaxamento muscular que por sua vez ,não leva a irrigação de sangue ao cerebral corretamente. Preção baixa ou( hipotensão)
Pressão alta ou( hipertensão)
Desmaio
Convulsão
(Pequeno mal ou de grande mal) 4 - Desmaio Desmaio Emoções bruscas
Nervosismo
Afogamento
Choque elétrico
Sufocação CAUSAS O socorreste deve procurar uma maneira de leva sangue ao cérebro: deite a vítima rapidamente e coloque as pernas para cima. - Em alguns casos a pessoa tem convulsão de pequeno mal - Em alguns casos a pessoa tem, convulsão de grande mal 1º Grau
Dor no local e vermelhidão na área atingida.

2º Grau
Apresenta dor local, vermelhidão e bolhas d’água.

3º Grau
Neste nível, as lesões atingem todas as camadas da pele, podendo chegar à carbonização da área atingida Verificar se há segurança para o socorrista
Chame o Pronto Socorro Imediatamente. 193
Verifique se está consciente.
Deite a pessoa de costas .
Abra as vias aéreas, verificando se existe qualquer obstrução da passagem de ar
Verifique o pulso.
5x30 Massagem pulmonar até a vitima retorna ou até a ambulância chegar. Convulsão Não tente remover nada na boca apenas deixe ela se debater.
Afaste os objetos de perto da vitima e coloque-a de lado esperando o fim da crise verbal,estímulos voluntarios e não voluntarios 5-PARADA CARDIORESPIRATORIA vitima NÃO tem pulso Verificar se há segurança para o socorrista
Chame o Pronto Socorro Imediatamente. 193
Verifique se está consciente.
Deite a pessoa de costas .
Abra as vias aéreas, verificando se existe qualquer obstrução da passagem de ar
Verifique o pulso.
Verifique se a respiração -
Adulto12 x 7seg - Dê 1 sopro moderado e solte o nariz.
Adolescente 15 x 5seg - Dê 1 sopro moderado e solte o nariz.
Criança 20 x 3seg - Dê 1 bafo moderado e solte o nariz. verbal,estímulos voluntarios e não voluntarios vitima TEM pulso vitima Não respira 6-PARADA RESPIRATORIO 1-QUEIMADURA "Artigo 135”
Deixar de prestar assistência, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, à criança abandonada ou extraviada, ou à pessoa inválida ou ferida, ao desamparo ou em grave e iminente perigo; ou não pedir, nesses casos, o socorro da autoridade pública:

Código Pena.
Detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.

Parágrafo único. “A pena é aumentada pela metade, se resulta em lesão corporal de natureza grave e triplicada, se resulta a morte." Segundo o Código Penal Brasileiro, qualquer indivíduo, mesmo o leigo na área da saúde, tem o dever de ajudar um necessitado ou acidentado ou simplesmente chamar ajuda para estes. Do contrário, sofrerá complicações penais. Pressão alta ou( hipertensão) Preção baixa ou( hipotensão) Atribuições da cipa NR5
Identificar os riscos do processo de trabalho;
Realizar após cada reunião, a verificação do cumprimento das metas fixadas;
Divulgar aos trabalhadores informações relativas à segurança e saúde no trabalho;
Propor medidas de solução dos problemas identificados;
requerer ao SESMT ou ao empregador, a paralisação de máquinas ou setor onde considere haver risco grave e iminente á segurança e saúde dos trabalhadores. RISCOS AMBIENTAIS
(De acordo com a Tabela I, da Portaria nº 25, de 29/12/94) Risco ambientais
Insalubridade Risco ocupacionais
Periculosidade









Riscos
Físicos
RUÍDO

VIBRAÇÃO

RADIAÇÕES
IONIZANTE

RADIAÇÕES
NÃO IONIZANTE

FRIO

CALOR

PRESSÕES
ANORMAIS

Umidade Riscos
Químicos

Poeiras

Fumos

Névoas

Neblinas

Gases

Vapores

SUBSTÂNCIA,
COMPOSTA OU PRODUTOS QUÍMICOS EM GERAL Riscos
Biológicos

VÍRUZ

BACTÉRIAS

PROTOZOÁRIOS

FUNGOS

PARASITAS

BACILOS Riscos
Ergonômicos

Esforço físico intenso

Levantamento e transporte manual de peso

Exigência de postura inadequada

Controle rígido de produtividade

Imposição de ritmos excessivos

Trabalho em turno e noturno

Jornada prolongada
de trabalho

Monotonia e repetitividade

Outras situações causadoras de “stress” físico e/ou psíquico Riscos de
Acidentes

Arranjo físico
inadequado

Máquinas e equipamentos
sem proteção

Ferramentas inadequadas
ou defeituosas

Iluminação inadequada

ELETRICIDADE

PROBABILIDADE DE INCÊNDIO OU EXPLOSÃO

Armazenamento inadequado

Animais peçonhentos

Outras situações de risco que poderão contribuir para a ocorrência de acidentes wladimir
wladimirdasilva@yahoo.com.br wladimir
wladimirdasilva@yahoo.com.br 4º Reunião da CIPA Slides de Wladimir wladimirdasilva@yahoo.com.br Técnico em Segurança do Trabalho BRASIL
Fortaleza - ce Olhando para o outro lado Desmaio como agir Como agir em casos de convulção Como agir em casos de fraturas Como agir em casos de queimaduras Wladimir
wladimirdasilva@yahoo.com.br Wladimir
wladimirdasilva@yahoo.com.br Wladimir
wladimirdasilva@yahoo.com.br wladimir
wladimirdasilva@yahoo.com.br Como agir em casos de Hemorragias Wladimir
wladimirdasilva@yahoo.com.br Cuidado ao socorre Wladimir
wladimirdasilva@yahoo.com.br Wladimir
wladimirdasilva@yahoo.com.br http://wladimirtst.blogspot.com.br
Full transcript