Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Introdução ao Mainframe

No description
by

FABIO BECKER

on 2 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Introdução ao Mainframe

TIMER
SSI
DESENV.

CPD II

zLINUX

zLINUX

zLINUX

zLINUX

zVMT2

zVMD2

SYSV

SYSZ

zVM V6R1

zVM V6R2

Linux Oracle Prod.

Linux Extrato Prod.

zLINUX

zLINUX

SYSW

SYSY

zVMD1

zVMT1

zLINUX

zLINUX

zVM

V6R1

Linux Teste

15 IFLs

TIMER
SYSPLEX
TESTES

DISPONIBILIDADE
ESCALABILIDADE
INTEGRIDADE
SEGURANÇA

Server

Linux Desenv.

A integridade do sistema e dos dados é mantida através de:
Isolamento de address spaces;
Chaves de proteção de memória;
Verificação de erros diversos.
APF – Authorized Program Facility


Software do SITE B (Rua Siqueira Campos, 736 - 5º andar);
8 partições lógicas (LPARs);
 Sistema operacional zOS; 
SYSB – produtos e serviços da Rede Banrisul;
SYSM – sistemas do cartão Banricompras;
SYSD – ambiente de desenvolvimento;
SYSS – ambiente de testes.
Sistema operacional zLinux (virtualizada em zVM);
SYSZ – banco de dados Oracle (BBH, etc.);
SYSV – Extrato Total e DB2 Connect;
ZVMD2 – sistemas Linux de desenvolvimento;
ZVMT2 – sistemas Linux de testes .

Hardware do SITE B (Rua Siqueira Campos, 736 - 5º andar);

Um Mainframe IBM z196 modelo 2817.707;
Processadores;
CP - 7 para sistema operacional zOS;
IFL - 15 para sistema operacional zLinux;
ICF - 3 para sistema operacional CFCC;
ZIIP - 4 para processos de DB2 DDF.
 
Memória – 1.5 TB de memória central.
Uma Controladora de discos EMC DMX4 com 28TB;
Uma Controladora de fitas IBM Hidra 3494 2.9PB.

Software do SITE A (Rua Caldas Jr., 120 - 8º andar);
8 partições lógicas (LPARs);
Sistema operacional zOS; 
SYSA – produtos e serviços da Rede Banrisul;
SYSF – sistemas do cartão Banricompras;
SYSX – ambiente de backup centralizado e testes;
SYSH – ambiente para homologação.
Sistema operacional zLinux (virtualizado em zVM);
SYSW – banco de dados Oracle (BBH, etc.);
SYSY – Extrato Total e DB2 Connect;
ZVMD1 – sistemas Linux de desenvolvimento;
ZVMT1 – sistemas Linux de testes.

Hardware do SITE A (Rua Caldas Jr., 120 - 8º andar);

Um Mainframe IBM z196 modelo 2817.708;
Processadores;
CP - 8 para sistema operacional zOS;
IFL - 15 para sistema operacional zLinux;
ICF - 3 para sistema operacional CFCC;
ZIIP - 6 para processos de DB2 DDF.
 
Memória – 1.5 TB de memória central.
 Uma Controladora de discos EMC DMX4 com 28TB;
Uma Controladora de fitas IBM Hidra 3494 4.3PB.

O Banrisul adquiriu no final de 2011 dois novos Mainframes z196 para substituir os existentes à época - dois mainframe z10 -, sendo este contrato válido até dez/2013;

Estes mainframes estão em Datacenters que se encontram separados por cerca de 150 metros de distância, em linha reta, e 750 metros de distância, contanto o tamanho do cabo mais longo;

Estes dois sites contam com infraestrutura semelhante para prover o máximo de redundância possível, para tentar garantir continuidade em possíveis situações de desastre.

Infraestrutura

É a peça central de um Data Center, normalmente, a mais cara e mais importante;

É o repositório central de dados, ou o hub dentro do Data Center corporativo;

É apresentado aos usuários através de dispositivos menos poderosos, tais como; terminais, estações de trabalho, browsers, e até mesmo outros servidores;

A presença de um mainframe indica a existência de processamento centralizado, em oposição a alguma forma de processamento distribuído.
Características de um mainframe

Partições (LPARs) com z/VM e zLinux;
Produtos do z/VM;
zLINUX;
Extrato;
Saldo;
DB2 Connect;
MQ;
Bancos de dados Oracle;
Monitoração z/VM e zLinux (produção);
Monitoração z/VM e zLinux (desenvolv.);
Monitoração z/VM e zLinux (tpmon)
RDZUT zPDT

Produtos do z/OS;
VTAM – 3270;
ROSCOE – 3270;
NETVIEW – 3270;
CICS – 3270;
TSO – 3270;
UNIX – 3270;
CONSOLE – 3270;
MONITORAÇÃO VIA TMONMVS – 3270;
MONITORAÇÃO VIA RMF – JAVA;
RDZ – JAVA;

Características de um mainframe;
Curiosidades sobre mainframe;
RISC x CISC;
z196;
MCM;
Infraestrutura mainframe no Banrisul;
Onde estão os mainframes;
Os principais periféricos;
Evolução dos mainframes no Banrisul nesta década;
Evolução da plataforma;
Partições (LPARs);
Partições (LPARs) com zOS;


Agenda do Curso

Fábio Jorge
Becker
Especialista em Mainframe
becker@banrisul.com.br
051-3215.
1365

OBRIGADO !!!

OMEGAMON

Monitoração z/VM e zLinux Mainframe (tpmon)

OMEGAMON

Monitoração z/VM e zLinux
Mainframe (desenvolv.)

zLinux - Bancos de dados Oracle

Produtos do z/OS

TELA INICIAL (EMULAÇÃO)

Imagine o WLM como um maestro de uma grande orquestra.

O WLM (Workload Manager) do z/OS é projetado para gerenciar o processamento de diversas cargas de trabalho misturadas de acordo com suas metas de negócios, incluindo metas de tempos de resposta. O WLM também pode gerenciar o uso dos recursos do sistema, como processadores e memória, para ajudar a atingir essas metas.

Gerenciamento de carga de trabalho e otimização de recursos

O z/OS Security Server (RACF) oferece suporte a funções de segurança dentro e fora do z/OS, dentro ou fora da empresa.
Trabalhando em conjunto com o IBM Tivoli® Directory Server (LDAP), o RACF pode proporcionar autenticação e auditoria em toda a empresa e outras plataformas.
Os registros do RACF podem ser usados também por outros softwares IBM, tais como WebSphere® Application Server e Tivoli Key Lifecycle Manager, para ampliar e administrar a segurança na rede.

O z/OS Communications Server pode proporcionar redes altamente seguras por meio do seu IDS (Intrusion Detection Services), AT-TLS (Application Transparent – Transport Layer Security), IPSec, NSS (Network Security Services), Filtros Defensivos e muito mais.


Segurança na rede

Mais do que nunca, precisamos estar protegidos de grandes e pequenas ameaças, quer sejam externas ou internas.
Juntos, o RACF e o PKI proporcionam autenticação, auditoria, criptografia e redes seguras, com gerenciamento centralizado do ciclo de vida de certificados digitais.

O z/OS suporta os seguintes padrões de criptografia: AES, DES e Triple DES, SHA, PKI, ECC, GCM, ECDH, ECDSA, HMAC, algoritmos RSA e ainda muito mais.

Segurança

Até 60 LPARS em um único servidor com os servidores IBM zEnterprise zEC12 ou IBM zEnterprise z196. Até 100 processadores por partição lógica com os servidores zEC12 e até 80 processadores por partição lógica com os servidores z196.

O z/OS Parallel Sysplex é projetado para proporcionar aos seus aplicativos e dados escalabilidade quase linear.

Escalabilidade

Hoje, é possível uma aplicação executar em cluster híbrido na núvem, interligados pela rede virtual, com sistemas operacionais distintos e multiplataforma.

Virtualized Heterogeneous Cluster

Num passado não muito distante...

RISC x CISC

Curiosidades sobre mainframe

É o computador comercial mais antigo (50 anos de história);

O termo MAINFRAME surgiu a partir do tamanho dos primeiros computadores comerciais a 50 anos atrás;

Prevalece até os dias de hoje escondido dos olhos do público em geral.
Curiosidades sobre mainframe

IBM z/OS;
Disponibilidade;
Escalabilidade;
Integridade;
Segurança;
Segurança na rede;
Suporte a padrões abertos;
Gerenciamento de carga de trabalho e otimização de recursos;

Apresentar conceitos básicos sobre;

A arquitetura z
(hardware e software)

Os sistemas operacionais
(z/OS e z/VM)

As aplicações e produtos do mainframe



Objetivos
OMEGAMON

Monitoração z/VM e zLinux Mainframe (produção)

Produtos do z/OS

RDZ

Produtos do z/OS

TMONMVS

Produtos do z/OS

CICS

Produtos do z/OS

NETVIEW

As aplicações atuais em z/OS podem ser complementadas com novas tecnologias de linguagem de programação inovadoras, sem trazer consigo os custos substanciais necessários para eliminar ou substituir os aplicativos existentes.

Java (IBM Java SDKs for z/OS)
Perl (Ported Tools)
PHP (Ported Tools)
XML (z/OS XML System Services)
UNIX (z/OS UNIX System Services)
Unicode
C/C++
System REXX facility
METAL C facility
Serviços web e SOAP
CICS Explorer®
Rational Developer for System z RSA
Entre outras.

Suporte a padrões abertos


O tempo médio entre falhas (MTBF) do System z é medido em décadas.
O hardware possui diversos recursos de auto recuperação de problemas, com componentes redundantes, reposição dinâmica e suporte a atualizações ou mudanças de microcódigo concorrentes.
A equipe de desenvolvimento do z/OS refina continuamente seus processos de verificação de erros, tolerância a falhas, isolamento e recuperação de erros, apresentando novidades a cada nova versão.


A “disponibilidade” do z/OS vai muito além de manter o servidor funcionando – os aplicativos e os dados também precisam estar disponíveis.
Para a plataforma System z, isso também quer dizer disponibilidade de hardware, conectividade de I/O, sistema operacional, subsistemas, banco de dados, alta disponibilidade da rede e aplicativos.

Disponibilidade


Referência em segurança, alta disponibilidade e escalabilidade.

O z/OS mantém a compatibilidade com aplicativos existentes a décadas.

IBM z/OS

No princípio, o mainframe não podia ser particionado, assim executava apenas uma instância de sistema operacional, e apenas o sistema operacional do fabricante.

Evolução da plataforma

Atualmente...

Os profissionais de TI necessitam destes conceitos para entenderem adequadamente o ambiente do Mainframe
Por quê?

Fábio Jorge
Becker
Especialista em Mainframe
fjb1202@gmail.com
34 anos de experiência em mainframe;
Do cartão perfurado ao SSD na nuvem.


Palestrante

zLINUX - Extrato, Saldo e DB2 Connect

Produtos do z/OS

RMF PM

Produtos do z/OS

CONSOLE

Produtos do z/OS

TSO

Produtos do z/OS

ROSCOE - 3270

2 Storage Control (SC) chip
1.5 bilhões de transistors/SC chip
Funções de relógio – distribuidas
nas PUs e SC
A função principal - (TOD)
Time Of Day fica no SC


MCM

CMOS chip Technology
6 PU chips/MCM – QuadCore
1.4 bilhões de transistors/PU chip
L1 cache/PU com 64KB I-cache
128KB D-cache
L2 cache/PU com 1.5MB
L3 cache shared by 4 PUs com 24MB
L4 Cache 96MB por SC com 192MB/Book)
L4 access to/from other MCMs
Até 52000 MIPS
Até 80 PUs configuráveis para uso

z196



984 instruções ao todo
762 implementadas no hardware


MCM

9,6cm x 9,6cm
5.2 GHz
103 Níveis de vidro de cerâmica
8 chips
1800W de energia usada pelo MCM

z196

Mainframe

Introdução

ao

Agosto de 2013

z196

1.5 TB memória

CPD I
IBM 2817.708
SERIAL E7C66

Onde estão os mainframes?

7 CPs, 3 ICFs, 4 zIIPs, e 15 IFLs

8 CPs, 3 ICFs, 6 zIIPs, e 15 IFLs

CPD II
IBM 2817.707
SERIAL E7C56

Os principais periféricos

28 TB

DMX4

28 TB

CPD II

CPD I

z196

z196

Full 64 bit

Evolução dos mainframes do Banrisul na década

IBM System z196
“Enterprise Class”(2817)

2011

2010

2003

IBM System z10
“Enterprise Class”
(2097)

2x

IBM eServer
zSeries 900
(2064)

2005

IBM eServer
zSeries 990
(2084)

2008

IBM System z9 “Enterprise Class”
(2094)

2x

2x

zOS

TIMER
SYSPLEX
TESTES

TIMER
SYSPLEX
PRODUÇÃO

CPD II

CPD I

zOS

SYSS

zOS

zOS

zOS

SYSD

SYSM

SYSB

SYSX

SYSF

SYSA

zOS

7 CPs

zOS

zOS

Partições (LPARs) com zOS

SYSH

8 CPs

TIMER
SSI
DESENV.

CPD II

CPD I

zLINUX

zLINUX

zVMT2

zVMD2

SYSV

SYSZ

SYSX

SYSF

SYSA

Partições (LPARs)

zOS 1.12

TIMER
SYSPLEX
PRODUÇÃO

zOS 1.13

zVM V6R1

zVM V6R2

zOS 1.12

zOS 1.12

zOS 1.12

zOS 1.12

SYSS

SYSD

SYSM

SYSB

Linux Oracle Prod.

Linux Extrato Prod.

zLINUX

zLINUX

SYSW

SYSY

zVMD1

zVMT1

zOS 1.12

zLINUX

zLINUX

SYSH

Agenda do Curso

Agenda do Curso

Agenda do Curso

z196

1.5 TB memória

2x

Evolução da plataforma

zVM V6R1

zVM V6R2

15 IFLs

8 CPs

Linux Teste

7 CPs

15 IFLs

Infraestrutura

Infraestrutura

Infraestrutura

Infraestrutura

Infraestrutura

4.3 PB

3494

2.9 PB

3494

zOS 1.12

VTAM - 3270
CPD I

Partições (LPARs)
com zVM/zLinux

Workshop
DMX4

Depois surgiu a virtualização, de HW e SW com o VM da IBM, mas ainda assim eram servidores estanques em redes internas ou redes com servidores de mesma “família”.

Virtualized Server

Na década de 90, quando surgiu o particionamento, já podiam formar clusters, entre servidores distantes, virtualizados como se fossem uma única máquina.

Virtualized Cluster

Integridade

z/OS
z
/
OS
UNIX

É estável, confiável e seguro, porém, dispendioso;

Contrasta com outras formas de computadores, como por exemplo os PCs;

Gera um mercado profissional muito promissor, onde os salários são valorizados pela carência de profissionais qualificados.
EMC
EMC
IBM
IBM
IBM
IBM
F
Infraestrutura

zLINUX

zLINUX

zVM

V6R2

15 IFLs

Linux Desenv.

Características de um mainframe;
Curiosidades sobre mainframe;
RISC x CISC;
z196;
MCM;
Infraestrutura mainframe no Banrisul;
Onde estão os mainframes;
Os principais periféricos;
Evolução dos mainframes no Banrisul nesta década;
Evolução da plataforma;
Partições (LPARs);
Partições (LPARs) com zOS;
Agenda do curso
IBM z/OS;
Disponibilidade;
Escalabilidade;
Integridade;
Segurança;
Segurança na rede;
Suporte a padrões abertos;
Gerenciamento de carga de trabalho e otimização de recursos;
Agenda do curso
Produtos do z/OS;
VTAM – 3270;
ROSCOE – 3270;
NETVIEW – 3270;
CICS – 3270;
TSO – 3270;
UNIX – 3270;
CONSOLE – 3270;
MONITORAÇÃO VIA TMONMVS – 3270;
MONITORAÇÃO VIA RMF – JAVA;
RDZ – JAVA;

Até aqui
Reduced Instruction Set Computer
Complex Instruction Set Computer
CISC; IBM z196 - 984 INSTRUÇÕES
Processa código Java™ (reduz fatura de software)

Processa CFCC - Sysplex (data sharing entre os mainframes)

Processa XML, DB2 e BMC/CMF (reduz fatura de software)

Processa zVM, LINUX e OpenSource (virtualização)

z9 Application Assist Processor (zAAP)

z9 Integrated Information Processor (IBM zIIP)

Integrated Facility for Linux® (IFL)

Internal Coupling
Facility (ICF)

Processadores Especiais

34 anos de experiência em mainframe.
Do cartão perfurado ao SSD na nuvem.
Full transcript