Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Maurice Martenot

Educando com e para a música
by

Fernando Martins

on 19 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Maurice Martenot

MAURICE MARTENOT Educando com e para a Música Foi operador de rádio na Primeira Guerra Mundial Conheceu Theremin 1924 - Participação no Congresso da Educação Nova VIDA 1898 - Nasceu na França 1910 - Tocava violoncelo Produzia sons diferentes com o equipamento de rádio 1912 - Sua irmã cria um curso de formação pianística inovador 1920 - Abertura da Escola de Artes Martenot Publicação do livro Jogos Musicais 1928 - Fica conhecido pela invenção do seu instrumento 1930 - Realiza turnê para divulgar o Ondas de Martenot 1940 - 1950 Realizou estudos na área de Educação Musical baseado em pesquisas da medicina e da psiquiatria 1950 - 1960 Publica o livro Princípios Fundamentais da Educação Musical e sua aplicação – Método Martenot 1980 Morre em Clichy, cidade vizinha a Paris SEU LEGADO 1 LIVRO SOBRE O PRINCÍPIO DA EDUCAÇÃO MUSICAL 5 LIVROS COM JOGOS MUSICAIS 1 INSTRUMENTO MUSICAL (Ondas de Martenot) RITMO ESTRUTURA FUNCIONAL DO MÉTODO MARTENOT ESTRUTRA FUNCIONAL DO MÉTODO MARTENOT RITMO Elemento vital da música Primeiro elemento musical no desenvolvimento da humanidade Etapas do desenvolvimento 1 - Forma pura RÍTMICO 2 - Imitação - repetição de células rítmicas curtas 3 - Simultaneidade no uso do pulso e das células 4 - Automatização e interiorização da pulsação 5 - Estado rítmico 6 - Sentido musical Família deve propiciar a canção. A criança deve cantar sem receio. Associar a canção aos gestos. Pontos fundamentais do canto livre Canções curtas sem muita variação melódica. Permitir que a criança solicite a nova canção. Alternância entre o canto da criança e o canto do adulto ou instrumento. 3 - O CANTO CONSCIENTE A criança já canta interiormente. O ouvido interior é imprescindível. CANTO A criança já canta interiormente. O ouvido interior é imprescindível. LEITURA Compreensão horizontal e vertical dos sons. Memorização a partir de um sentido musical. Leitura de antecedência. Passos para
a leitura Leitura de células básicas Leitura cantada
com os nomes
das notas Reconhecimento das células
básicas em trechos musicais Automatização por repetição A leitura das notas é feita
de forma falada com poucas notas Reconhecimento de pequenas
melodias e jogos envolvendo
diferentes timbres e alturas APLICADA E SUAS RELAÇÕES A aprendizagem musical se dá mais no plano sensorial do que no plano intelectual. Questiona os métodos que impõem o estudo da teoria precedendo a prática. Reconhece a importância do estudo da teoria musical, mas defende que este só faz sentido se já forem experimentados por meio de práticas musicais espontâneas. OBRA & MEMORIZAÇÃO Utilizar movimentos vocais e corporais na primeira audição de uma música ou trecho a ser trabalhado. Explorar recursos de dinâmicas nas repetições, para despertar a atenção e a concentração. Simplicidade de linhas melódicas e sistema tonal. A eficiência da memorização é maior quando a música é percebida em sua totalidade e não em partes. As dificuldades devem ser colocadas em ordem crescente e de forma gradual, de acordo com o andamento da aula e a reação da turma. IMITAÇÃO ESPONTÂNEA TRANSPOSIÇÃO 6 1 CANTO ESPONTÂNEO OU LIVRE 2 CONSCIENTE 3 MUSICAL 4 EDUCAÇÃO SENSORIAL TEORIA 5 5 Martenot incentiva a transposição espontânea, feita exclusivamente de ouvido. Inicialmente, usa-se breves canções ouvidas na íntegra, sem palavras ou nomes de notas, que devem ser reproduzidas por imitação. Através da canção interna o aluno reconstrói mentalmente a música em um outro tom. Gradualmente, trabalha-se a transposição com os nomes das notas. Para isso, canta-se mais lentamente, iniciando com transposições em tons vizinhos. COM A ESTRATÉGIAS METODOLÓGICAS MARTENOT DESENVOLVIMENTO DO SENTIDO RÍTMICO RELAXAMENTO AUDIÇÃO INTERIOR EXERCÍCIOS - JOGOS MARTENOT analisado por Arnaus (2007) 1)As artes são parte integrante da educação; 6)A música deve favorecer o desenvolvimento do ser humano. 5)A formação musical deve estar a serviço da educação; 4)É essencial o desenvolvimento da escuta e da atenção; 3)O lúdico deve estar atrelado ao estudo diário; 2)O ensino se dirige ao ser em sua totalidade, no âmbito sensorial e intelectual; MARTENOT “A arte é a única chance de o homem ter qualidade de vida” “Investir no ensino da arte é dar ao aluno um alimento que não se encontra em atividades físicas, técnicas ou intelectuais, configurando-se assim em um antídoto contra a mecanização do mundo moderno”. MARTENOT O professor precisa ter desenvolvido os aspectos da prática musical: ouvido interno, conhecimentos técnicos musicais e instrumentais e autoconfiança. Não basta para o músico ter conhecimento analítico e técnico, mas deve ter experiência interior com a música e com a sua capacidade de influência social. O aprendizado deve estar em sintonia com as fases de desenvolvimento do aluno; O aprendizado só ocorre a partir das relações estabelecidas no mundo em que a criança está inserida. Estratégia metodológica para a integração corpo e alma - a criança mobiliza suas potencialidades e capacidades, envolve-se e motiva-se pelo entusiasmo;


No jogo deve haver estruturas definidas e flexibilidade para que sejam possíveis a confiança e a alegria. O JOGO Segundo Gagnard (1981) PARA PENSAMENTOS DE
Full transcript