Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Transporte e Sustentação vegetal

No description
by

on 14 September 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Transporte e Sustentação vegetal

Transporte e Sustentação vegetal
Vasos Xilema e Floema
Não se ramificam, ou seja, são grossos por totalidade
Transporte de água
Ocorre em parte por difusão, zona pilífera
Até chegar nas células do Xilema
E depois que atinge as céulas, é transportada pelas células do Xilema, até as folhas.
Nas folhas, ocorre a difusão novamente
Nas folhas(parênquima clorofiliano), ocorre a elaboração de outro composto orgânico.
Que por difusão vão até o Líber ou Floema.

Então, Xilema Transporta Seiva Bruta (inorgânica) da raiz para folhas, Floema transporta Seiva Elaborada (orgânica)da folha para o resto da planta.
S
omente a parte
mais externa contém Xilema Ativo,
a parte interna (Cerne) já foi funcional.
O Floema fica colado à casca.
Tal evento demonstrado por
Malpighi
, que quando se retira um anel do tronco principal, a árvore morre.


Xilema
Formados por células mortas, resultado da lignina.
Assim, a célula fica oca e dura
Origina células condutoras:
Traqueídes - pequenas, diâmetro reduzido e primitivas, suas células se encostas no período funcional, formando
feixes
. Por toda sua externsão possuem
Pontuações
o que permite a passagem de seiva em todos sentidos (lateral e longitudinalmente)
Elementos de vaso - são menores e mais largos, também possuem pontuações, mas não ocore presença de parede, ou seja,
não tem divisão entre uma célula e outra, o que facilita a passagem de seiva longitudinalmente.
Estes elementos de vaso
formam a traqueia

Somente presente nas Angiospermas
Floema
Formado por células vivas
sem núcleo
, líber.
Contém parede celulósica e M.P.
Crivos
- são oríficios que facilitam a passagem da seiva elaborada de uma célula a outra, juntamente com filamentos citoplasmáticos
Calose
- fecham os crivos(que estão em placas crivadas (são parte das células do Floema que é formado por células crivadas que sua união formam os vasos crivados) quando não estão sendo utilizados.
Célula Companheira - > estas sim dotadas de
núcleo, que coordena as células do Xilema(anucleadas). São chamadas
células irmãs,
só ocorrem em Angiospermas.
Trajeto da Água
Condução da Seiva Inorgânica até a Copa
Coesão + Tensão = Sucção (Dixon)
Hipótese mais aceita: Coesão - Tensão - Sucção
Coesão - força entre as moléculas de H2O
Tensão - pressão externa maior, e a concentração aumenta da raiz em direção a copa
Sucção - saída do ar (estômato) transpiração
Capilaridade
Gutação
Mesmo saturada, a planta continua absorvendo-a e assim elimina em forma de gotas através dos
Hidatódios. "orvalho"
Seiva Orgânica - Açucar

Vimos o caminho da Seiva Inorgânica (bruta) até o restante da planta.
Agora veremos a
Seiva Elaborada
.


A seiva que é
elaborada
no parênquima das folhas é levada ao Floema, e passam pelos seus tubos crivados ("buraquinhos")

Em geral é transportada para os órgãos de reserva, ou consumidores mas pode acontecer de ser transportada para tecido em crescimento.
Pulgões - Seiva Orgânica
Difusão é lenta e demorada, em 1 hora percorre certa de 20 à 100cm,

Não demorou, para observar que ela precisaria de um pressão para agilizar este transporte

Aí entram os Pulgões
Estilete penetrando Floema
Pulgões ao Münch
Baseia-se na hipótese de arrastamento mecânico da solução (hipótese de fluxo de massa da solução)

O deslocamento de água é tão rápido, que arrasta os solutos presentes na solução
Solução de sacarose
mais concentrada,
"puxando" a água mais rapidamente "do que o Frasco B"
para dentro,(menos saturado para o mais saturado), sacarose seria a seiva elaborada
A água se move rapidamente, pois a solução esta muito saturada , arrastando as moléculas se sacarose, para o Osmômetro 2, que mesmo mais saturado que a água, vai fazer uma Osmose Reversa.
mesmo apresentando concentração maior, a pressão exercída força uma osmose reversa,fazendo a solução de sacarore ir para o frasco com água (raíz, que na planta consumirá a seiva elaborada)
A água volta para a copa (frasco A)
onde será usava para formação da
seiva elaborada.
Full transcript