Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

I.3 A relação da Igreja com o desporto

No description
by

MDI Portugal

on 1 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of I.3 A relação da Igreja com o desporto

Objetivos
(cc) photo by Metro Centric on Flickr
I. O Desporto
e a Sociedade
A padronização dos regulamentos (séc. XIX) favoreceu a internacionalização do desporto consubstanciado em três linhas doutrinárias relativas à atividade física:
- a ginástica nacionalista (alemã)
- a ginástica médica (sueca)
- o movimento do desporto (inglês)
A Igreja censurou sistematicamente os torneios medievais (exercícios militares em tempos de paz), mas, no Renascimento, com o surgimento do Humanismo, a Educação Física foi revivida.
O regresso do desporto deu-se muito lentamente - as bases dos conceitos modernos do desporto surgiram na Europa do séc. XVIII.
No final deste Módulo serei capaz de:

- conhecer a evolução do Desporto e como se foi relacionando a sua prática com a Sociedade, ao longo do tempo;
- avaliar a relação do Desporto com a Igreja, ao longo do tempo.
Sumário
A tensa relação do Desporto com a Igreja.
A evolução do Desporto e a sua relação com a Sociedade, ao longo do tempo.
Introdução
Earl Warren disse:
"Leio sempre nos jornais
primeiro a página desportiva,
que regista os triunfos das pessoas.
A primeira página não me diz nada
além dos fracassos do homem”.
Há uma ligação natural dos homens
com a prática desportiva,
mas nem sempre a Igreja Cristã lidou,
ou sequer tolerou, que os seus
se dedicassem
a estas actividades,
quantas vezes consideradas
demoníacas
.
Há uma
ligação natural
dos homens com o desporto/atividade física, desde os primórdios, passando pela Grécia Antiga, pelo Império romano, pela Idade Média e princípio da Época Moderna, tendo o Cristianismo pregado sempre muito mais a purificação da alma do que a do corpo
Na segunda metade do séc. XX, o desporto foi sacudido por uma nova realidade (a conceção do
Ideal Olímpico
)
e a última década do século passado revelou uma aceleração das mudanças na prática desportiva
O desporto é hoje parte integrante da sociedade e as mudanças nesta efetuadas pelo desporto não podem ser ignoradas
II. O Desporto e a Igreja
No Império Romano, o desporto servia sobretudo como preparação para as atividades guerreiras, mas também para reforçar o caráter.
Os conflitos entre a prática desportiva e a Igreja começaram cedo.
a. O desporto é bom para a saúde, mas sem excessos;
b. O desporto, como forma de sustento, deve ser evitado;
c .O desporto está controlado por Satanás;
d. O desporto afasta as pessoas da Igreja aos Domingos;
e. O desporto é bom desde que seja com a finalidade de evangelizar.
Conclusão
Podemos entender como um desafio de Deus a arte de os cristãos se relacionarem com o desporto.
Acreditamos que a Bíblia ensina que não é expectável que Deus nos livre de problemas ou do sofrimento pelo facto de sermos seus filhos.
I. O Desporto
e a Sociedade
I. O Desporto
e a Sociedade
I. O Desporto
e a Sociedade
A relação da
Igreja
com o
Desporto

A relação da Igreja com o Desporto
A primeira metade do século passado foi marcada por um desenvolvimento relativamente lento do desporto.
I. O Desporto
e a Sociedade
Foram os pregadores e missionários dos séculos XIX e XX que (na sua maioria) formularam muitas das ideias que ainda hoje prevalecem no meio cristão acerca do desporto.
Posição cristã (generalizada)
sobre o desporto:
Posição cristã (generalizada)
sobre o desporto:
Próxima Unidade Curricular
A Proclamação do Evangelho
Full transcript