Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TPC

ppra
by

Danilo soares

on 7 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TPC

Para efeito de PPRA, os riscos ambientais existentes nos ambientes de trabalho que são capazes de causar danos à saúde dos trabalhadores, em função de sua natureza, concentração, intencidade e tempo de exposição. São os agentes , E . Aprovada pela portaria n° 3.214, de 08/06/1978, e com redação determinada pela portaria n°25, de 29/12/1994 Programa de Prevenção de Riscos Ambientais Estabelecer uma programa de ação que garanta a preservação da saúde e integridade dos trabalhadores, frente aos riscos ambientais. OBJETIVO RISCOS AMBIENTAIS objetivos intermediários Promover a conscientização dos funcionários em relação a riscos e agentes existentes no ambiente do trabalho. Estes riscos são representados pelas substâncias químicas que se encontram nas formas líquida, sólida e gasosa. Quando absorvidos pelo organismo, podem produzir reações tóxicas e danos á saúde. Os riscos físicos são efeitos gerados por máquinas, equipamentos e condições físicas características do local de trabalho, que podem causar prejuízos à saúde do trabalhador. Os riscos biológicos são capazes de desencadear doenças devido à contaminação por agentes microscópcos ou não, presentes no ambiente de trabalho. Elaboração e obrigatoriedade do PPRA A elaboração, implementação e garantia de cumprimento do PPRA como atividade permanente é obrigação legal de toda instituição onde haja vínculo empregatício, não importando o grau de risco do serviço ou a quantidade de empregados. OPÇÕES DE ELABORAÇÃO Empresas com SESMT Empresas sem SESMT contratar uma uma empresa especializada Para desenvolvimento das diversas etapas do programa a empresa deverá o SESMT será responsável pelas diversas etapas do programa. ELABORAÇÃO NÃO !
Os profissionais habilitados para a elaboração do PPRA são os Técnicos de Segurança do Trabalho, os Engenheiros em Segurança do Trabalho e os Médicos do Trabalho. Qualquer um pode desenvolver o Programa ? RESPONSABILIDADE A responsabilidade de desenvolvimento do PPRA, apesar de ser de total encargo do empregador, pode ser correspondentemente auxíliada por outros grupos como: a diretoria da empresa, a gerencia pessoal, SESMT, integrantes da CIPA e os próprios empregados. EMPREGADOR DIRETORIA E GERENCIA PESSOAL SESMT INTEGRANTES DA CIPA EMPREGADOS
Estabelecer e assegurar o cumprimento do PPRA oferecendo um ambiente seguro e confortável para os funcionários;
Autorizar apenas profissionais capacitados para trabalhar nas instalações elétricas, máquinas/equipamentos e transporte de cargas;
O fornecimento gratuito de EPI com C.A. válido adequado à atividade, juntamente com o treinamento de uso;
Facilitar o exercício da fiscalização pela autoridade competente.
Zelar pelo cumprimento do PPRA e suas metas de controle;
Arquivar os registros de dados relativos ao PPRA por um período mínimo de 20 anos;
Disponibilizar o registro de dados aos trabalhadores interessados ou seus representantes e para autoridades competentes.
Assessorar na efetiva implantação do PPRA e em todos os demais assuntos relacionados com a engenharia de segurança do trabalho e medicina do trabalho, com a finalidade de promover a saúde e proteger a integridade física dos funcionários. E realizar anualmente junto com a administração e da CIPA a reavaliação do PPRA. A CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) e seus participantes devem participar da elaboração do PPRA, auxiliando na sua implementação, discutindo-o em suas reuniões e propondo idéias. Colaborar e participar na implantação e execução do PPRA;
Seguir as orientações recebidas nos treinamentos oferecidos dentro do PPRA;
Informar ao seu superior hierárquico direto, ocorrências que possam implicar riscos à saúde dos trabalhadores;
Colaborar com o órgão na aplicação das ordens de serviço expedidas pelo empregador;
Zelar pelo EPI fornecido pelo órgão e usá-lo apenas para a finalidade a que se destina e comunicar qualquer alteração que o torne impróprio para uso; DESENVOLVIMENTO DO PPRA RECONHECIMENTO ESTABELECIMENTO DE CONTROLES REAVALIAÇÕES ANTECIPAÇÃO Existem 5 fases para serem seguidas com a finalidade de realizar o PPRA de um modo dinâmico, prático e que contemple todos os dados necessários. O objetivo é a identificação dos riscos, a introdução das medidas de controle necessárias e antecipar-se a exposição aos riscos ambientais. Etapa que engloba a identificação e a explicitação, dos riscos presentes nos ambientes laborais. AVALIAÇÃO AMBIENTAL Envolve o monitoramento dos riscos ambientais visando à quantificação da intensidade dos riscos ambientais, com o objetivo de dimensionar o nível de exposição que os trabalhadores estão submetidos. São em sua totalidade os resultados que a empresa deseja alcançar após a concretização do PPRA, conforme o cronograma anual de execuções de ação. Deve ser contemplado no PPRA um plano de ação englobando as atividades, metas e prioridades a serem implementadas de um modo que elimine, minimize ou controle os riscos ambientais. PPRA NR-9 ARTICULAÇÕES DO PPRA PPRA PGR LTCAT PCMSO AVALIAÇÃO QUANTITATIVA DOS RISCOS AMBIENTAIS PPRA P D C A Antecipação e reconhecimento dos riscos Amostragem e determinação de soluções e controles dos riscos e da saúde Monitoramento do trabalhador Revisões corretivas e preventivas O PPRA faz parte de um conjunto mais amplo de iniciativas de segurança, saúde e integridade do trabalhador, por isso articula-se com demais documentos visando uma maior abordagem da prevenção dos riscos ocupacionais. Ciclo PDCA Para aferir a existência dos riscos ambientais é necessário que haja uma avaliação quantitativa para dimensionar a exposição dos trabalhadores utilizando aparelhos de medição. Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, apresentada pela NR-7 Tem por objetivo identificar precocemente todo risco que possa comprometer a saúde do funcionário monitorando por entrevista e exames laboratoriais . Programa de gerenciamento de riscos estabelecido pela a NR- 22 da Portaria 3.214/78 do MTE É um conjunto de ações e procedimentos operacionais e administrativos, que tem como objetivo controlar, remediar e prevenir riscos ocupacionais, que possa gerar danos públicos ou ao meio ambiente. É implantado em qualquer processo que haja o manuseio, fabricação e armazenamento de matéria prima, produtos intermediários, final ou de processo e o uso de substancias tóxicas e inflamáveis. RISCOS Redução de frequencia (prevenção) Redução de consequências (proteção) Redução de riscos O PCMSO deverá obedecer a um planejamento em que estejam previstas as ações de saúde a serem executadas durante o ano. O PCMSO deve incluir, a realização obrigatória dos exames médico, que são : Admissional


Periódico


Retorno ao trabalho


Mudança de função


Demissional Funcionário é contratado na empresa A cada 6 meses trabalhados Após período de afastamento Remanejamento de função desligamento do funcionário da empresa Equipamentos DECIBELÍMETRO


AUDIODOSÍMETRO


LUXÍMETRO


TERMÔMETRO DE GLOBO Equipamento utilizado para coleta instantânea de ruídos intermitentes ou de impacto. Equipamento utilizado para execução de Laudo de Ruído da jornada de trabalho.Os dados emitidos serão utilizados para verificar se o ruído presente no ambiente de trabalho se encontra em conformidade com a NR-15 anexo 1 e 2. Os dados emitidos serão usados para observar se o ambiente está de acordo com a NR-15 anexo 1 e 2. Equipamento utilizado para verificação da luminância nos ambientes, observando os limites estipulados de conforto lumínico pela NR-17 e NBR-5413. Equipamento utilizado para verificação de temperatura nos ambientes, observando os limites estipulados na NR-15 anexo 3. Laudo Técnico das Condições Ambientais de Trabalho Documento que aborda os diversos ambientes laborais de forma a identificar os riscos ocupacionais O LTCAT Procura riscos que possam causar acidentes ou prejudicar a integridade física do trabalhador, a intensidade de cada um deles, as medidas de prevenção adotadas, e se essa presença constitui ou não, o direito do adicional de insalubridade ou periculosidade. O LTCAT não é substituído pelo PPRA, o LTCAT é uma obrigação requerida pelo INSS e o PPRA pelo MTE. Mas o INSS esta aceitando os dois para a emissão do PPP. PLAN DO CHECK ACT MUITO OBRIGADO PELA SUA ATENÇÃO ALUNOS: Danilo de Oliveira Soares

Gabriel Góis Barbeto

Pedro Paulo Justiniano Bernardino Ramazzini "É melhor prevenir do que remediar" Saúde e Segurança do trabalho QUÍMICOS FÍSICOS BIOLÓGICOS
Full transcript