Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Sistema de Comando de Incidentes

No description
by

Carlos Franco

on 5 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sistema de Comando de Incidentes

RESUMO SOBRE SCI
PARA OS ALUNOS
DO EaD SENASP
1971
- investimento em pesquisa;

1973
- primeira versão do Sistema de Comando de Incidentes;

1978
- utilizado também em incêndios urbanos;

1981
- o SCI é alterado e desenvolvido para atender aos padrões nacionais de atendimento às emergências e desastres;

2003
- Diretiva presidencial 5 sobre segurança da pátria (HSPD-5). Planejamento

Organização

Direção

Controle O SCI adota aspectos básicos de administração SICOE - Sistema de Comando em Operações e Emergência (SP);

SCO – Sistema de Comando de Operações (SC);

SCI - Sistema de Comando de Incidente (DF); NO BRASIL - 1970: 13 dias, 16 pessoas morreram, 700 edificações foram destruídas e mais de meio milhão de acres foram queimados em incêndio florestal na Califórnia.

Principais dificuldades

- Terminologia diferente entre as instituições participantes;
- Falta de adaptabilidade da estrutura a situações variantes;
- Dispersão das comunicações;
- Planos de ação não consolidados;
- Ausência de instalações com localização e denominação precisas. Histórico do SCI Inicialmente, o comando do incidente será assumido pela pessoa de maior competência ou nível hierárquico que chegue à cena;

Ao transferir o comando, o CI que sai deve entregar um relatório completo ao que o substituiu e também notificar ao pessoal sob sua direção acerca dessa mudança. O Comandante do Incidente Todas as funções devem ser cumpridas qualquer que seja o incidente desde que, assim, a cena as exija;

A organização do SCI é modular;

Todos os incidentes, independentemente de sua magnitude e complexidade, devem ter um só Comandante do Incidente (CI). ESTRUTURA DO SCI O SCI está baseado em funções, a saber: Comando do Incidente;
Planejamento; Operações; Logística; Administração/Finanças
Segurança
Informação Pública
Ligação

Obs: As funções destacadas fazem parte do chamado STAFF do Comando do Incidente. As pessoas que exercem a "chefia" destas funções são intituladas por OFICIAL, mas não quer dizer que, necessariamente, tenham que ser oficiais das forças militares. Trata-se, apenas, da padronização de nomenclaturas. ESTRUTURA DO SCI CAS/2009 - CURSO DE SISTEMA DE COMANDO DE INCIDENTES
Instrutor: TC QOC FRANCO - CBMGO O Comandante do Incidente (CI) inicialmente desempenha todas as funções. À medida que o incidente cresce em magnitude ou complexidade e necessidade de pessoal, o CI poderá ativar seções e designar responsáveis para dirigi-las. ESTRUTURA DO SCI Nível da estrutura que tem a responsabilidade de uma área funcional principal no incidente (Planejamento, Operações, Logística, Administração/Finanças).

As Seções são posições subordinadas diretamente ao CI; estão sob a responsabilidade de um Chefe (outra nomenclatura). SEÇÕES STAFF de COMANDO ADM/FINANÇAS LOGISTICA PLANEJAMENTO OPERAÇOES COMANDO do INCIDENTE ESTRUTURA DO SCI - Oficial STAF DE COMANDO - Encarregado - Supervisores - Líderes - Comandante - Coordenador - Chefes Unidades Divisões/Grupos Seções Comando INSTALAÇÕES Posto de Comando (PC);

Áreas de Espera (E) - cuidado para não confundir com estacionamento. São coisas distintas. Não se deve poscionar nesta instalação recursos indisponíveis.

Área de Concentração de Vítimas (ACV). Principais Instalações Categoria de Recursos

Recurso único (RU)
Equipe de Intervenção (EI)
Força Tarefa (FT) Definição de Recursos

Equipamento e/ou pessoal disponível ou potencialmente disponível para sua aplicação tática em um incidente. Equipe de Intervenção É o conjunto de recursos únicos da mesma classe e tipo, com um só líder e comunicações integradas. Força Tarefa

É qualquer combinação e número de recursos únicos de diferentes classes e ou tipos, sendo constituída para uma necessidade operacional particular, com um só líder e comunicações integradas. OU Recurso Único

É um equipamento e seu complemento em pessoal que pode ser designado para uma ação tática em um incidente. Indisponível Disponível Designado Estado dos Recursos Aplica-se em todos os níveis e variedades de incidentes e eventos, mas depende de ter:
Sustentação forte das Instituição;
Treinamento e exercícios intensivos e;
Processo de avaliação e de ação corretiva. APLICAÇÃO DO SCI (cont.) Eventos diversos (incidentes, shows, visitas dignitários e etc);

Sistema útil a todos os incidentes sem limites, se usado corretamente;

Objetiva a interação e articulação entre várias instituições;

O sistema não falha se for utilizado corretamente;

Largamente utilizado em incêndios florestais. APLICAÇÃO DO SCI “É uma ferramenta de gerenciamento de incidentes padronizada, para todos os tipos de sinistros, que permite a seu usuário adotar uma estrutura organizacional integrada para suprir as complexidades e demandas de incidentes únicos ou múltiplos, independente das barreiras jurisdicionais.”

Caracteriza-se como um SISTEMA porque possui funções e pessoas, como partes integrantes de sua estrutura, sem as quais devidamente treinadas e capacitadas, não poderá garantir a EFICÁCIA do SCI. O QUE É SCI O helicóptero precisa da tripulação, bem como a Ambulância, de seu motorista e socorristas. Sem este complemento em pessoal, o helicóptero e a ambulância são, apenas, RECURSOS, e não podem ser designados em um evento. Chegaram, para apoio à ocorrência, as seguintes viaturas e seus respectivos complementos em pessoal:

03 VTR ABS (AUTO BUSCA E SALVAMENTO)
02 VTR PM
03 VTR Resgates

Estabeleça sua estrutura de resposta para esta nova situação. Exercício Às 10:00h um caminhão de transporte de combustível carregado de gasolina veio a colidir com um ônibus de transporte escolar com aproximadamente 38 crianças.Você como primeiro respondedor chega ao local com duas viaturas tipo resgate e uma viatura de policiamento.
Estabeleça sua estrutura de resposta para esta situação. Exercício sobre RU, EI e FT RP 01 RESGATE 02 RESGATE 01 CI PROPOSTA
Em marrom: Recursos únicos CI Resgate 01 Resgate 02 Vtr PM Obs: A Equipe de Intervenção (EI) chamada de RESGASTE possui 3 Recursos Únicos (VTR Resgate e seu complemento em pessoal); A EI chamada de isolamento possui 3 vtrs da polícia militar e seu complemento em pessoal; A Força Tarefa (FT) de salvamento possui 2 vtrs tipo ABS e uma de Resgate ( e poderia ter outras vtr de classe e tipo diferentes, como a VTR PM, por exemplo). Por fim, no organograma percebe-se que uma viatura(VTR) de resgate ficou sozinha, pois ela foi considerada um RECURSO ÚNICO cujo responsável se reporta diretamente ao CI. Este organograma poderia ter várias outras configurações, mas esta foi a escolhida, por ora, pelo TUTOR. OBRIGADO. ESPERO QUE TODOS TENHAM COMPREENDIDO A IMPORTÂNCIA E A METODOLOGIA DO SCI. ATÉ A PRÓXIMA!

MEU CURRÍCLO PODE SER VISUALIZADO EM
http://lattes.cnpq.br/1948414935067706

SAPS (SEMPRE ALERTA PARA SERVIR)

CARLOS FRANCO - O TUTOR.
Full transcript