Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A alegoria do patrimônio- Françoise Choay

No description
by

Amanda Costa

on 5 April 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A alegoria do patrimônio- Françoise Choay

A proteção ao patrimônio no século XIX precisou assumir duas formas:
- Legislação protetora;
- Desenvolvimento e consolidação da Disciplina de restauração.
A consagração do monumento histórico foi baseada num conjunto de práticas oriundas da ameaça a estes monumentos, consequência da era industrial.
- Destruidor

e

- Restaurador
Tipos de vandalismo
Guizot, 1º Ministro da França (entre as déc. de 1830 a 1840), criou, em 1830, o cargo de inspetor dos monumentos históricos.
Nesse mesmo período, instaura-se o procedimento do "tombamento" que, na França foi utilizado como instrumento de controle, com ação centralizada no Estado.

É contemporânea, também, a criação do "Comitê de Trabalhos Históricos", que tinha função de inventariar e descrever monumentos e publicar os
"Documents inédits de l'historie de France"
.



Ver livro completo aqui:
https://archive.org/stream/collectiondedocu831unse#page/746/mode/2up
Na década de 1840, o número de monumentos tombados mais que triplicou, sendo a maioria os edifícios religiosos, depois as ruínas galo-romanas, herança da expansão do Império Romano à região da Gália (onde hoje está situada a França, dentre outros páises).
A alegoria do patrimônio - Françoise Choay
Práticas: legislação e restauração
Full transcript