Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

No description
by

Henrique Lemos

on 17 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
O QUE FOI, E QUANDO?
Revolução Industrial foi a transição para novos processos de manufatura no período entre 1760 a algum momento entre 1820 e 1840. Esta transformação incluiu a transição de métodos de
produção artesanais para a produção por máquinas, a fabricação de novos produtos químicos, novos processos de produção de ferro, maior eficiência da energia da água, o uso crescente
da energia a vapor e o desenvolvimento das máquinas-ferramentas, além da substituição da madeira e de outros biocombustíveis pelo carvão. A revolução teve início no Reino Unido e em poucas décadas se espalhou para a Europa Ocidental e os Estados Unidos.
A Revolução Industrial foi marcada por muitas razões, entre elas, estão as mudanças causadas por ela. Algumas dessas mudanças estão: A urbanização, o crescimento demográfico e o surgimento do operariado, com a exploração do trabalho (Tanto feminino quanto infantil). Também obtiveram a descoberta das doenças: Peste Bubônica e Varíola.
O que significou na história?
A Revolução Industrial foi uma revolução técnica marcada pela passagem da manufatura, movida pela energia humana, para a maquino- fatura, que utilizava a energia mecânica, vapor, eletricidade ou motor à explosão. Essas mudanças na forma de produzir trouxeram profundas transformações sociais e econômicas, como, por exemplo, o surgimento da classe operária e a ampliação da economia de mercado.
Formas de pensamento
Liberalismo
O liberalismo tem suas origens na filosofia iluminista, expandindo-se pela Europa após a Revolução Francesa.O liberalismo propunha, no plano econômico, a liberdade de produzir, vender e comprar, onde, quando e como a burguesia quisesse. A liberdade dos empresários traria assim, segundo um dos principais teóricos do pensamento liberal, Adam Smith, a riqueza das nações.No plano político, o liberalismo significou a liberdade individual, a formação de governos representativos e constitucionais, a garantia legal da propriedade e da liberdade do pensamento.
MUDANÇAS CAUSADAS
Condições trabalhistas
Em todo o contexto de Revolução industrial exigia-se grande concentração de trabalhadores nas fábricas. O seu aspecto importante foi a separação entre os trabalhadores e os meios de produção. Com isso esses operários passaram a ter uma vida assalariada submetida aos capitalistas, donos dos meios de fabricação.

A conseqüência da revolução foi o crescimento das cidades, visto que os camponeses passaram a vir em grande quantidade para as cidades. As fabricas não tinham janelas contribuindo para o aumento da propagação das doenças. Por isso a vida dos funcionários estava sempre em perigo. Durante o início da Revolução Industrial, os operários viviam em condições precárias. Muitos dos trabalhadores tinham um cortiço como moradia e ficavam submetidos a jornadas de trabalho que chegavam até 80 horas por semana. Suas residências imaginem eram um aglomerado de pessoas que viviam em pequenos cômodos, com apenas um banheiro, e um poço artesiano de água e outro de esgoto. Os patrões com o passar dos anos resolveram criar as vilas dos trabalhadores, que eram criadas para facilitar o transporte entre eles para o trabalho. As famílias tinham que pagar muito caro por um alojamento miserável, todos dormiam em esteiras úmidas, com isso sofriam com a tuberculose (a cada 3 crianças 1 morria ainda na primeira infância), nesse período a expectativa de vida não passava dos 30 anos de idade.

Nacionalismo
O "direito dos povos a dispor de si próprios" faz parte de diversas ideologias após a Revolução Francesa. Aos poucos, devido ao próprio contexto europeu, as populações passam a incorporar o ideal nacionalista. Este ideal vai tomando a forma de um sentimento, que se instala no interior das populações europeias.Isto fez com que as pessoas começasse a ansiar e lutar pela unificação de seus países, a fim de os transformar em nações soberanas.
Impacto do uso de máquinas na sociedade inglesa
Alguns historiadores do século XX, como John Clapham e Nicholas Crafts, têm argumentado que o processo de mudança econômica e social ocorreu de forma gradual e que o termo "revolução" é equivocado. Este ainda é um assunto que está em debate entre os historiadores.4 5
O PIB per capita manteve-se praticamente estável antes da Revolução Industrial e do surgimento da economia capitalista moderna.6 A revolução começou uma era de forte crescimento econômico nas economias capitalistas7 e existe um consenso entre historiadores econômicos de que o início da Revolução Industrial é o evento mais importante na história da humanidade desde a domesticação de animais e plantas.8 A Primeira Revolução Industrial evoluiu para a Segunda Revolução Industrial, nos anos de transição entre 1840 e 1870, quando o progresso tecnológico e econômico ganhou força com a adoção crescente de barcos a vapor, navios, ferrovias, fabricação em larga escala de máquinas e o aumento do uso de fábricas que utilizavam a energia a vapor.9 10
Full transcript