Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Revolução Russa

No description
by

Aline Ribeiro

on 12 August 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Revolução Russa

Revolução Russa
Profª Aline Ribeiro SIlva
A Rússia Czarista
O maior país do mundo, com 85% da população no campo
Pan-eslavismo x opressão das minorias
Autocracia corrupta e ineficiente
Divindade do czar, censura, proibição a greves e manifestações, tribunais militares
Polícia política (Okhrana), Igreja Ortodoxa
Revolução de 1905
Expansionismo à Manchúria e à Coreia: Guerra russo-japonesa
Protestos contra o governo: operários, camponeses e militares
Domingo Sangrento: repressão às manifestações em São Petersburgo por melhore condições de vida e trabalho, reforma agrária, direito de greve, Assembleia Nacional
Sovietes: organizações de operários, tribuna revolucionária com representantes das fábricas, soldados, marinheiros e camponeses eleitos.
O Czar assinou o Manifesto de Outubro: monarquia constitucional e parlamentar (Duma)
Prisão e exílio de Lênine Trotsky
Revoluções de 1917
O Governo Lênin e a consolidação da Revolução
Disputas pelo poder
1924, morte de Lênin
Stálin: burocrata, defendia o "socialismo num só país"
Trotsky: líder do Exército Vermelho, defendia a "revolução permanente"

Vitória de Stálins, pois propunha a paz, mesmo que temporária. Trotsky foi expulso do partido e exilado no México. Mais tarde, teve sua imagem reduzida e documentos foram alterados. Morreu assassinado em 1940.
Stalinismo (1924 -1953)
Estrutura Socioeconômica
Agricultura feudal: nobreza, Igreja, Estado
1861: propriedade capitalista do solo
mujiques (camponeses pobres) tornaram-se arrendatários
kulaks (médios proprietários) compraram as terras

Industriaçização: financiamento estrangeiro
Partido Kadet: burguesia liberal buscava uma monarquia constitucional
proletariado formado por antigos mujiques
formação da consciência de classe, exploração, repressão

Proletariado
populistas: anarquistas e narodniks (ligação religiosa ao czar, socialismo agrário, democracia)
marxismo: Part. Op. Social-Democrata Russo entre mencheviques (moderados, aliança com burguesia) e bolcheviques (revolução socialista, Lênin)
Fevereiro
Primeira Guerra Mundial: soldados mal equipados, desorganização do sistema ferroviário, racionamento de alimentos e saques.
Oposição da Duma ao czar, mesmo já tendo sido manipulada

Levantes e greves de mais de 90 mil operários, apoio do Exército, invasão ao Palácio de Inverno de Petrogrado (São Petersburgo): pão, fim da autocracia, saída da Guerra

Governo provisório formado pela Duma, representantes dos trabalhadores mencheviques, da nobreza e da burguesia liberal
Oposição dos sovietes
Libertação e retorno de presos políticos e exilados
Permanência na Guerra
Outubro
Lênin, de volta à Russia, havia se pronunciado e afirmado que ainda era necessário realizar a revolução social.

Aprovaçaõ das
Teses de Abril
na conferência bolhevique: "pão, paz e terra" e "todo poder aos sovietes"
Trotsky organizou a
Guarda Vermelha
Motins de soldados e marinheiros, reforma agrária feita por camponeses, Comitês de Fábrica assumiram o controle.
Tomada do Palácio de Inverno e estabelecimento do
Conselho de Comissários do Povo
Ditadura do proletariado
fim das grandes propriedades fundiárias
terras aos camponeses
nacionalizações (grande empresas, bancos, ferrovias)
controle operário das fábricas
entrega de toda colheita de cereais
não reconhecimento das dívidas externas
etnias formariam estados independentes
regime de partido único - Partido Comunista

Tratado com Alemanha e saída da Guerra: perda de territórios, desmobilização do exército, indenização (cancelado no fim do conflito)
Guerra Civil: reação dos contrarrevolucionário kadets, mecheviques, czarista e formação do Exército Branco
Comunismo de Guerra: nacionalizações de pequenas empresas, confisco de propriedades, propriedades agrícolas coletivas, igualdade de salários, trabalho obrigatório.
apenas 20% da produção industrial de 1914, fome e desabastecimento aproximadamente 15 milhões de mortes por fome, epidemia e frio
camponeses e militares pediam a volta das eleições livres para os sovietes e a legalização de outros partidos: sufocados

1921: NEP - Nova Política Econômica
empreendimentos particulares em colaboração com o Estado (agricultira, comércio e pequena indústria)
trabalhadores assalariados pelos Kulaks e liberdade de comércio de cereais
supressão da igualdade salarial e arrendamento de usinas a investidores

Burocratização do Estado, controle da população e rígida vigilância
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS)
Partido Comunista da União Soviética (PCUS)
Centralização, totalitarismo: racionalização da economia, mas também da vida da população

Perseguições, censura, terror: prisões, exílio, hospitais psiquiátricos, campos de concentração, desaparecimentos

Paranoia política: propaganda contra os "inimigos"
Minorias étnicas, sociais e de gênero, cristãos: Gulags
Controle da arte
Planos Quinquenais
Abolição da NEP e início da planificação econômica:
planos trimestrais, anuais ou quinquenais de caráter mandatório
coletivização dos campos: fazendas do Estado (sovkhoses) e fazendas cooperativas (kolkhoses)
mecanização dos campos
expropriações dos kulaks e enfraquecimento da economia
siderúrgicas, hidrelétricas, indústrias químicas

Elevação à condição de potência econômica
valorização da identidade coletiva da nação e repressão às manifestações do individualismo
Sucedido por Nikita Khrushchev, que revelou os crimes stalinistas
página 24
página 24
página 27
página 28
página 30
página 32
página 34
página 35
Full transcript