Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Lunetas e Telescópios

Uma das maiores invenções do mundo, o telescópio, é um equipamento incrível que tem a capacidade de fazer com que objetos distantes pareçam muito mais próximos.
by

Vitória Bet

on 5 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Lunetas e Telescópios

Uma das maiores invenções do mundo, o telescópio, é um equipamento incrível que tem a capacidade de fazer com que objetos distantes pareçam muito mais próximos. Baseado nesta invenção, Galileu construiu seu próprio instrumento, um modelo refinado e melhorado e com ele, fez surpreendentes descobertas.. As Lunetas são como óculos de alcance e tem dois tipos, a luneta terrestre e a luneta astronômica. A luneta terrestre permite ver os objetos ampliados (cerca de 10x - vezes) e sem a inversão da imagem. Já na luneta astronômica ocorre a inversão da imagem, por ser usada somente na observação do céu, não importa onde é em cima ou em baixo. São compostas por duas lentes: a objetiva e a ocular. A objetiva, uma lente convergente, que concentra o raio de luz e a ocular, uma lente divergente, que espalha o raio de luz. Constituída de duas lentes, que colocadas uma na frente da outra, separadas por certa distância, faz com que objetos distantes possam ser aproximados. De um objeto real e distante, a objetiva produz uma imagem real situada no foco imagem da objetiva. Essa imagem comporta-se como objeto para a ocular, a segunda lente da luneta, é aquela que fica atrás da luneta, onde você posiciona seu olho. Esta lente geralmente é pequena, porque sua distância focal é menor e funciona como lupa, produzindo uma imagem final virtual e invertida em relação ao objeto. Luneta astronômica
Astrônomos: usam para observar os astros. ( Sol, estrelas, lua...)
Navegadores: Avistar encostas, litorais, outros navios e etc.
Atiradores: Usam para ter uma visão melhor do alvo. Exemplo: Sniper. Os profissionais da astrônomia, navegadores e também atiradores a utilizam. Mas também podem ser usados para passatempo ou diversão por pessoas comuns. é um instrumento ótico, cujo funcionamento utiliza os princípios da refração e reflexão da luz. Característica mais importante: a quantidade de luz que pode concentrar.

A quantidade é relativa ao diâmetro da lente objetiva. três tipos: •O telescópio refrator (também conhecidos como lunetas), que usa lentes de vidro;

•O telescópio refletor, que usa espelhos.

•O telescópio catadióptrico que usa lentes e espelhos combinados. Telescópio Refrator Duas lentes convergentes:

frente do telescópio: objetiva,
extremidade oposta do tubo (tubo geralmente longo que segura as duas lentes): ocular (onde se aproxima o olho no focalizador)

Sofre aberração cromática, e aberração esférica. A aberração cromatica é uma distorção na imagem onde o feixe de luz ao passar pelo vidro se divide em cores diferentes conforme sua velocidade, fazendo a imagem parecer desfocada (o caso dos prismas). inventado pelo astrônomo e matemático inglês, Sir Isaac Newton em 1671 que resolve o problema dos telescópios refratores com o uso de espelhos. A luz é refletida, não atravessando a objetiva, não sofre da aberração cromática, permitindo a fabricação de telescópios de grande abertura, com menores custos. Telescópio Refletor Newton usou um pequeno espelho plano na
diagonal, que recebe os raios vindos da lente
objetiva, e joga-os para a lente
ocular instalada na lateral do
tubo e que será usada para a
observação. Aberração esférica: superfície esférica tira o foco da imagem.
Solução: usar superfícies em formato de parábola. Telescópios Catadiopricos combinam a refração e a reflexão. Mistura dos dois tipos anteriores, com lentes e espelhos. Grande abertura e facilidade de operação. Astrônomos são os principais usuários dos telescópios, a maior parte de seu tempo vai para a análise dos dados. Telescópio
•Do Grego: Tele = Longe e Scópio = Observar.
•As estrelas não aumentam de tamanho quando são observadas pela ocular, elas apenas brilham mais.
•Já os planetas, parecem maiores e suas formas arredondadas são percebidas mais facilmente.
•Um dos telescópios mais famosos do mundo é o Hubble que está em órbita a uma distância de 600 km da superfície da Terra.

Lunetas:
•A principal diferença entre as lunetas astronômicas e terrestres é, além do porte, é a posição da imagem.
•Luneta: instrumento óptico que utilizava uma lente côncava e uma convexa, que recebera o nome de refrator.
•A Luneta astronômica é um instrumento de aproximação que utiliza de duas lentes dispostas: a objetiva e a ocular. A objetiva tem distância focal em metros, enquanto na ocular a distância focal é em centímetros.
•Podemos usar lunetas sem tripé, telescópios não.
•Úteis para observação de astros (luneta astronômica) ou para observação da superfície terrestre (luneta terrestre).
•Galileu com o uso da luneta descobriu as fases da lua. Curiosidades Em 1609, o matemático e astrônomo italiano Galileu Galilei soube da invenção do neerlandês Hans Lippershey que um ano antes construiu a primeira luneta, também conhecida por telescópio refrator, um instrumento de observação de objetos à distancia para fins bélicos, que permitia ver objetos distantes como se estivessem próximos. Grupo: Vitória, Isadora, Fernanda, Giovanna, Lucas, Matheus.
Full transcript