Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Elementos da Narrativa

Descrição dos elementos da narrativa
by

Olavo Barreto

on 25 September 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Elementos da Narrativa

Síntese dos principais elementos diegéticos Elementos
da Narrativa Todo texto que conta uma "história" com uma dereminada lógica-temporal se configura como narrativo. O que é uma NARRATIVA? A tipologia "narrativa" está presente
em muitos gêneros de texto, no entanto,
existem alguns gêneros textuais em que
esta tipologia está mais fonte. Exemplos: Romance Conto Crônica Novela Narrativa longa, que envolve um número considerável de personagens, maior em conflitos, tempo e espaço dilatados. amor
aventura
policial
ficção científica
psicológico, etc. O conjunto dos fato de uma história ENRREDO Ser fictício que é responsável pelo desempenho do enrredo.

Classificações: PERSONAGENS TEMPO ESPAÇO Um conceito que aproxima tempo e espaço, pois é a confluência
destes dois referenciais, acrescido de um clima. AMBIENTE Não existe narrativa sem narrador, pois ele é o elemento estruturador da história. NARRADOR É uma narrativa mais curta que um romance.Tem como característica principal condensar conflito, tempo, espaço e reduzir o número de personagens. Texto híbrido que pode misturar a narração com a análise de um fato ou descrever algo. Sua temática, basicamente, se volta a assuntos do cotidiano. Apresentando-se, na maioria das vezes em jornais. É um romance curto, em relação à personagens, conflitos e espaços. Pode haver grande semelhanças nesses aspecto, mas com a diferença havida sobre a ação no tempo, que na novela é mais veloz. Editado por Olavo Barreto Os textos seguem adaptados de: GANCHO, Cândida Vilares.Como analisar narrativas. 7ª ed. São Paulo: Ática, 2001. Verossimilhança Lógica interna do enrredo causa consequência Partes do enrredo Enrredo Psicológico I
Quanto ao papel no enrredo: a) Protagonista: é o personagem principal b) Antagonista: - heroi: é o protagonista com características superiores às de seu grupo - anti-heroi: é o protagonista que tem características iguais ou inferiores às de seu grupo, mas que por algum motivo está na posição de herói, só que sem competência para tanto. II
Quanto à caracterização c) Secundários: Personagens planos: - tipo: - caricatura: Personagens redondos: Tempo Cronológico Tempo Psicológico Funções do Ambiente 1.Situar os personagens no tempo, no espaço, no grupo social, enfim nas condições em que vivem. 2.Ser a projeção dos conflitos vividos pelos personagens. Caracterização do Ambiente Tipos de Narrador Variantes de narrador
em 3a pessoa Variantes do
Narrador personagem é qualquer componente da história (personagens, fatos, ambiente,idéias, emoções) que se opõe a outro, criando uma tensão que organiza os fatos da história e prende a atenção do leitor. Conflito exposição complicação clímax desfecho Corresponde ao início de uma história. É o momento culminante da história, isto quer dizer que é o momento de maior tensão, no qual o conflito chega a seu ponto máximo. é a parte do enredo na qual se desenvolve o conflito. é a solução dos conflitos, boa ou má,vale dizer configurando-se num final feliz ou não. Os fatos nem sempre são evidentes, porque não equivalem a ações concretas do personagem,mas a movimentos interiores; seriam fatos emocionais que comporiam o enredo psicológico. é o personagem que se opõe ao protagonista, seja por sua ação que atrapalha, seja por suas características, diametralmente opostas às do protagonista. são personagens menos importantes na história,isto é, que têm uma participação menor ou menos frequente no enredo. caracterizados com um número pequeno de atributos que os identifica facilmente perante o leitor; de um modo geral são personagens pouco complexos. é um personagem reconhecido por características típicas,invariáveis, quer sejam ela econômicas ou de qualquer outra ordem Tipo seria o jornalista, o estudante, a dona-de-casa, a solteirona etc. personagem reconhecido por características fixas e ridículas. Geralmente é um personagem presente em histórias de humor. apresentam uma variedade maior de características que, por sua vez, podem ser classificadas em: físicas psicológicas sociais ideológicas morais É o nome que se dá ao tempo que transcorre na ordem natural dos fatos do enredo,isto é, do começo para o final. É o nome que se dá ao tempo que transcorre numa ordem determinada pelo desejo ou pela imaginação do narrador ou dos personagens, isto é, altera a ordem natural dos acontecimentos. Espaço é, por definição, o lugar onde se passa a ação numa narrativa. Se a ação for concentrada, isto é, se houver poucos fatos na história, ou se o enredo for psicológico, ha verá menos variedade de espaços; pelo contrário, se a narrativa for cheia de peripécias (acontecimentos), haverá maior afluência de espaços. 3. Fornecer índices para o andamento do enredo. • época (em que se passa a história);
• características físicas (do espaço);
• aspectos socioeconômicos;
• aspectos psicológicos, morais, religiosos. Terceira pessoa: é o narrador que está fora dos fatos narrados, portanto seu ponto de vista tende a ser mais imparcial. a) onisciência: o narrador sabe tudo sobre a história;
b) onipresença: o narrador está presente em todos os lugares da história. a) Narrador “intruso”: é o narrador que fala com o leitor ou que julga diretamente o comportamento dos personagens.
b) Narrador “parcial”: é o narrador que se identifica com determinado personagem da história e, mesmo não o defendendo explicitamente, permite que ele tenha mais espaço, isto é, maior destaque na história. Primeira pessoa ou narrador personagem: é aquele que participa diretamente do enredo como qualquer personagem, portanto tem seu campo de visão limitada isto e, não é onipresente, nem onisciente. a) Narrador testemunha: geralmente não é o personagem principal, mas narra acontecimentos dos quais participou, ainda que sem grande destaque.
b) Narrador protagonista: é o narrador que é também o personagem central.
Full transcript